Posts Tagged 'Nobuo Uematsu'

Final Symphony II ganha miniturnê no Japão com a London Symphony Orchestra

Final Symphony II_JapanPor Alexei Barros

Não é a novidade que as produções da Merregnon Studios vêm invadindo o Japão, como as apresentações do Symphonic Fantasies (2012) e Final Symphony (2014) em Tóquio. Com o anúncio do Final Symphony II, concerto com músicas dos episódios V, VIII, IX e XIII de Final Fantasy, seria de esperar que esse espetáculo também aparecesse no Japão. Mas não da forma como vai acontecer.

No total, serão três apresentações do Final Symphony II na Terra do Sol Nascente: uma no Festival Hall em Osaka no dia 27 de setembro e duas no Minato Mirai Hall em Yokohama em 4 de outubro. A novidade é que, em vez de usar orquestras locais, esse trio de concertos terá a performance da renomada London Symphony Orchestra, que também vai executar essa récita em Londres, dia 12 de setembro. Nunca um concerto de games japonês teve a performance de uma orquestra ocidental, e os espetáculos no Japão serão promovidos pela KAJIMOTO, uma das maiores empresas nipônicas na área de gerência de música erudita.

Faltou comentar por aqui também que a première do Final Symphony II acontecerá no dia 29 de agosto no Beethovenhalle em Bonn, Alemanha, com a atuação da Beethoven Orchestra. Todas as apresentações terão a regência do maestro Eckehard Stier; o pianista Slava Sidorenko tocará em Londres e nas demais Mischa Cheung, do grupo instrumental Spark, será o pianista. Nobuo Uematsu e Masashi Hamauzu também estarão presentes em todas essas ocasiões, com exceção da première mundial, que só contará com Hamauzu.

Com tantas apresentações assim, fico na expectativa se alguma delas vai originar algum CD ou se o álbum do concerto será gravado em estúdio como o primeiro Final Symphony. Mesmo após o anúncio do sucessor, esse concerto não foi esquecido e ganhará uma nova apresentação no Concertgebouw em Amsterdã, com a Netherlands Philharmonic Orchestra no dia 7 de maio de 2016.

[via Spielemusikkonzerte]

Press Start Paris: report in loco do primeiro concerto da série na Europa

IMG_4479
Por Alexei Barros

Sempre imaginei o Press Start como um concerto restrito ao Japão, com uma ou duas apresentações anuais e olhe lá. No dia 11 de abril, no entanto, o espetáculo deu sinais de expansão, com duas performances no La Mutualité em Paris, França, conforme anunciado no Press Start 2014. Antes disso, somente a China havia recebido o concerto em 2007 e 2008. Portanto, pela primeira vez o Press Start aterrissou no continente europeu. Para sorte dos presentes, Yasunori Mitsuda, Yoko Shimomura e Nobuo Uematsu estiveram na ocasião.

O repertório do Press Start é notório pela diversidade de jogos. A quantidade de companhias representadas no set list foi bem limitada na apresentação em Paris: Square Enix, Nintendo, Level 5 e Konami. Isso pode deixar a impressão de que faltou variedade no programa, mas não chega a ser um problema quando essas quatro empresas possuem uma grande variedade de franquias com ampla tradição musical. Chrono, Xenogears, Final Fantasy, Kingdom Hearts pelo lado da Square Enix; e Zelda, Mario, Super Smash Bros. no que diz respeito à Nintendo.

DSCF0183Também foram executados três medleys temáticos; o “Famicom (NES) Medley” foi alterado em relação ao Press Start 2009 e 2010 para incluir somente jogos da Nintendo ou Konami; o “Classical Music Medley”, originalmente tocado no Press Start 2011; e o “Puzzle Game Medley”, que também tem algumas diferenças se comparado com a miscelânea do Press Start 2006 , como a exclusão de  Meteos e Panel de Pon. Curiosamente, esse medley contém músicas de Columns e Puyo Puyo, jogos relacionados diretamente com a Sega, mas no encarte consta apenas a marca registrada da Nintendo.

Também vale destacar os números de Professor Layton and the Curious Village (direto do Press Start 2008), cuja sonoridade tem tudo a ver com a Europa, e Castlevania, com um medley compacto e supremo do Press Start 2007. Em relação à performance, não houve coral nem solistas, apenas a orquestra com pouco mais de 60 integrantes.

Se este fosse um post convencional, minhas impressões sobre o Press Start Paris acabariam aqui. Porém, para minha surpresa, o Acid, que escreveu aquela biografia do Yuzo Koshiro que serviu de base para praticamente todos os artigos sobre o compositor, não só viu o concerto in loco, como ainda teve a bondade de compartilhar fotos e permitir que eu reproduzisse o seu relato no Hadouken! Imagino como deve ter sido a experiência descrita pelo Acid – melhor que isso só se o Koshirão também estivesse por lá.

Foram feitos alguns registros em vídeo e, por ora, este foi o melhor que encontrei, com excertos de Xenogears, Zelda, Super Mario Galaxy e “Zanarkand”.

Clicando nos links do “Ato I” e “Ato II” é possível ver as fotos do programa. Depois do set list detalhado com links para as faixas originais, o report do Acid.

Ato I
01. Chrono Trigger & Chrono Cross Medley 2010: “A Premonition” ~ “Chrono Trigger” ~ “Wind Scene” ~ “Frog’s Theme” ~ “Decisive Battle with Magus” ~ “Epilogue ~ To Beloved Friends” (Chrono Trigger) ~ “Frozen Flame” ~ “Marbule: Home” ~ “Scars of Time” (Chrono Cross)
02. Xenogears: “Knight of Fire” ~ “In a Prison of Peace and Regret” ~ “Flight”
03. The Legend of Zelda Medley 2006: “Title” (The Legend of Zelda) ~ “Dark World” (The Legend of Zelda: A Link to the Past) ~ “Zelda’s Theme” ~ “Overworld” (The Legend of Zelda: Ocarina of Time) ~ “Title” (The Legend of Zelda)
04. Super Mario Galaxy 2008: “Overture” ~ “Chico” ~ “Egg Planet” ~ “Wind Garden”
05. Final Fantasy X: “Zanarkand”
06. Professor Layton and the Curious Village: “Puzzle” ~ “Professor Layton’s Theme”
07. Famicom (NES) Medley: “Overworld” (Super Mario Bros.) ~ “Operation Intrude N313″ ~ “Theme of Tara” (Metal Gear) ~ Yie Ar Kung-Fu ~ “Reaper Theme” ~ “Game Over” (Kid Icarus) ~ “Fever” (Dr. Mario)
~ “Starker (tower BGM)” (Castlevania) ~ “Title” (Zelda II: The Adventure of Link) ~ “Title” (The Legend of Zelda) ~ “Start-up Theme” (Disk System Theme)

Ato II
08. Classical Music Medley:
– Beethoven: “Symphony No. 5: First movement”
– Mozart: “Eine kleine Nachtmusik”
– Bizet: “L’Arlésienne”
– Meacham: “American Patrol”
– J.S. Bach: “Toccata and Fugue in D minor, BWV 565″
– Mozart: “Requiem in D Minor K.626 Dies Irae”
– Bizet: “Carmen: Prelude Act 1″
– Chopin: “Piano Sonata No. 2: Marche funèbre”
– Mendelssohn: “A Midsummer Night’s Dream”
– Schubert: “Military March”
– Tchaikovsky: “Piano Concerto No. 1 in B-flat minor”
– Wagner: “Ride of the Valkyries”
– Offenbach: “Orpheus in the Underworld: Overture”
– Beethoven: “Symphony No. 9 (choral): Fourth movement”
– Tchaikovsky: “The Nutcraker: March”
– Rossini: “William Tell Overture”
09. Puzzle Game Medley: “Fever” (Dr. Mario) ~ “Tokoton” (Puyo Puyo) ~ “Clotho” (Columns) ~ “Korobuchika” (Tetris – Game Boy) ~ “Chill” (Dr. Mario) ~ “It’s a been a long time since we passed through space! (Arles theme)” (Puyo Puyo) ~ “Technotris” (Tetris – NES, Bullet Proof Software) ~ “Game Over” ~ “Troika” (Tetris – arcade)
10. Super Smash Bros. Medley: “Jungle Level” (Donkey Kong Country) ~ “Tortimer Island Medley” (Animal Crossing: New Leaf) ~ “Battle! (Trainer Battle)” (Pokémon X e Y) ~ “Theme of Samus Aran, Space Warrior” (Super Metroid) ~ “Dark Pit’s Theme” (Kid Icarus: Uprising)
11. Akumajou Dracula Medley (Castlevania): “Prologue” ~ “Vampire Killer” (Castlevania) ~ “Bloody Tears” (Castlevania II: Simon’s Quest) ~ “Prelude” ~ “Beginning” ~ “Clockwork” (Castlevania III: Dracula’s Curse) ~ “Bloodlines” (Castlevania: Rondo of Blood) ~ “Ending” (Castlevania III: Dracula’s Curse)
12. Kingdom Hearts: “Hikari”“Dearly Beloved” ~ “Fragments of Sorrow” ~ “Traverse Town”
13. Super Mario Bros.: “Overworld” ~ “Underwater” ~ “Underworld” ~ “Overworld”
14. Final Fantasy: “Main Theme”
Continue lendo ‘Press Start Paris: report in loco do primeiro concerto da série na Europa’

Final Symphony II anunciado com músicas de Final Fantasy V, VIII, IX e XIII

finalsymphony21Por Alexei Barros

Por esta eu realmente não esperava: Final Symphony II. Enquanto ainda estamos absorvendo o banquete musical do álbum do Final Symphony, já foi anunciado seu sucessor para o dia 12 de setembro de 2015, com a produção de Thomas Boecker e arranjos de Jonne Valtonen, Roger Wanamo e Masashi Hamauzu. O encarte do Symphonic Legends em Londres havia sugerido uma nova apresentação de game music e ontem foi prometido que aconteceria o anúncio. Mas, de novo, essa revelação me pegou de surpresa.

Enquanto o predecessor homenageava as músicas de Final Fantasy VI, VII e X, desta vez os capítulos escolhidos para terem as faixas arranjadas são quatro: FFV, VIII, IX e XIII. Há um imenso terreno a ser explorado por Valtonen e Wanamo, já que, com exceção do FFV, os demais jogos ainda não tinham aparecido no Symphonic Fantasies ou Symphonic Odysseys.

Embora tenha ficado triste com o esquecimento do FFIV, a trilha do FFV me empolga sobremaneira por ter sido feita em um período de grande inspiração do Nobuo Uematsu e que foi lembrada raras vezes nos concertos da série. Também estou na expectativa por FFXIII, já que a trilha original do Masashi Hamauzu está, a meu ver, entre as melhores da série. Inclusive o próprio compositor será o responsável pelo arranjo. Como o primeiro Final Symphony em Londres, o concerto terá performance da London Symphony Orchestra e regência do maestro Eckehard Stier. É interessante notar que, como antes, não haverá coral. A novidade será o ucraniano Slava Sidorenko no piano, substituindo a Katharina Treutler.

Aos interessados, os ingressos estarão à venda a partir do dia 20 de março. Antes do concerto, Nobuo Uematsu vai responder questões do público em um bate-papo que exige ingressos à parte do espetáculo e que também estarão à venda na mesma data.

[via Spielemusikkonzerte]

Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 2 of 2)

e03afec4b50d36e9e2d69091107993cfBy Alexei Barros

Finally the day has come! Today happens the worldwide digital release of Final Symphony on iTunes. The album contains 94 minutes of music from Final Fantasy VI, VII and X recorded at Abbey Road Studios with performance by London Symphony Orchestra with arrangements by Jonne Valtonen, Roger Wanamo and Masashi Hamauzu.

Surprisingly, the track list brings some new features compared to the set list of the first concert in Germany back in 2013. In the second part of the interview, producer Thomas Boecker answered these and other questions for Hadouken, which brings also more curiosities and discusses the viability of other concerts (including a concert with Yuzo Koshiro’s music!).

Track list:
01 Fantasy Overture (Circle within a Circle within a Circle)
02 Final Fantasy VI (Symphonic Poem: Born with the Gift of Magic)
03 Final Fantasy X (Piano Concerto)
04 Encore: Final Fantasy X (Suteki Da Ne)
05 Final Fantasy VII (Symphony in Three Movements)
06 Encore: Final Fantasy VII (Continue?)
07 Encore: Final Fantasy Series (Fight, Fight, Fight!)
Continue lendo ‘Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 2 of 2)’

Entrevista com Thomas Boecker, produtor de concertos de games na Alemanha (parte 2 de 2)

e03afec4b50d36e9e2d69091107993cfPor Alexei Barros

Enfim chegou o dia! Hoje acontece o lançamento digital mundial do Final Symphony no iTunes. O álbum contém 94 minutos de música de Final Fantasy VI, VII e X gravadas no Abbey Road Studios com performance da London Symphony Orchestra e arranjos de Jonne Valtonen, Roger Wanamo e Masashi Hamauzu.

Surpreendentemente, a track list possui algumas novidades em relação ao set list da primeira apresentação feita na Alemanha em 2013. Essas e outras questões foram esclarecidas pelo produtor Thomas Boecker na segunda parte da entrevista para o Hadouken, que também traz mais curiosidades e discute a viabilidade de outros concertos (incluindo até um espetáculo com músicas do Yuzo Koshiro!).

Track list:

01 Fantasy Overture (Circle within a Circle within a Circle)
02 Final Fantasy VI (Symphonic Poem: Born with the Gift of Magic)
03 Final Fantasy X (Piano Concerto)
04 Encore: Final Fantasy X (Suteki Da Ne)
05 Final Fantasy VII (Symphony in Three Movements)
06 Encore: Final Fantasy VII (Continue?)
07 Encore: Final Fantasy Series (Fight, Fight, Fight!)
Continue lendo ‘Entrevista com Thomas Boecker, produtor de concertos de games na Alemanha (parte 2 de 2)’

Bra★Bra: o primeiro álbum com arranjos de Final Fantasy para orquestra de sopro


Por Alexei Barros

As músicas da série Final Fantasy já foram arranjadas das formas mais variadas possíveis: versões chiptune, solos de piano, banda de rock e orquestra. Dessa última vertente, já existem várias frentes: a turnê Distant Worlds, que costuma exibir versões literais das composições; a turnê A New World, dos mesmos responsáveis, mas com performance de orquestra de câmara; e o Final Symphony, que traz arranjos criativos, entrelaçando diversos temas e apresentando-os de com uma abordagem erudita. E tem espaço para mais gente? Tem, como mostra o lançamento do álbum Bra★Bra Final Fantasy Brass de Bravo, que trará arranjos para orquestra de sopro. Ou seja, com trompetes, trombones, clarinetes, flautas etc.

Agendado para o dia 4 de março, o disco também vai coincidir com a realização de uma turnê que passará por várias cidades do Japão. Em todas elas e no CD, a performance será da competentíssima Siena Wind Orchestra, que tocou no álbum Elfaria Suite (do obscuro RPG Elfaria, lançado somente no Japão para Super Famicom). Também não me esqueço deles no espetacular vídeo da “Wonderful Guys” do seriado policial Seibu Keisatsu Part-II.

A iniciativa é bastante interessante, até porque arranjos de Final Fantasy nunca são demais. Assim dá oportunidade para diferentes músicas da série ganharem novas interpretações. E a tracklist, revelada recentemente, comprova isso, com excelentes surpresas e ideias promissoras – como que ainda não tinham feito medleys que reunissem os temas da airship ou das dungeons? O melhor de tudo, falando pelas minhas preferências, é o enfoque em músicas das gerações 8-bit e 16-bit. Dá só uma olhada abaixo. Os nomes das faixas que a Square Enix listou em seu site me confundiram um pouco (traduções diferentes sempre são uma dor de cabeça), mas acredito que não cometi nenhum engano nos links para as originais.

01 FF Battle 2 Medley: “Battle 2″ (FFIV) ~ “Battle 2″ (FFV) ~ “Battle to the Death” (FFVI) ~ “Battle 2″ (FFIX) ~ “Victory Fanfare” (FF)
02 The Airship Medley: “Go above the Clouds!” (FFIII) ~ “The Airship” (FFIV) ~ “Hey, Cid!” (FFIV) ~ “The Airship Blackjack” (FFVI) ~ “Ride On” (FFVIII)
03 “Moogles’ Theme” (FFV)
04 “The Red Wings”“Kingdom Baron” (FFIV)
05 FF Dungeon Medley: “Into The Darkness” (FFIV) ~ “Dungeon” (FFV) ~ “Phantom Forest” (FFVI) ~ “Find Your Way” (FFVIII)
06 FFVII Battle Medley: “JENOVA” ~ “Let the Battles Begin!” ~ “Fight On!”
07 “Zanarkand” (FFX)
08 “Aria di Mezzo Carattere”  (FFVI)
09 “Never Look Back”“Dead End” (FFVIII)
10 “FF Main Theme” (FF)
11 FF Medley: “Return of the Warrior” (FFIII) ~ “Sailing Ship” (FFI) ~ “The Way to the Top” (FFIII) ~ “Main Theme” (FFI)

“Battle 2″“The Airship”“Hey, Cid!”“The Red Wings”? “Kingdom Baron”? “Into The Darkness”?  Um álbum que traz essa montanha de músicas do Final Fantasy IV já me empolga bastante, e mesmo da era PlayStation as escolhas fogem do senso comum, como mostra as duas seleções do Final Fantasy VIII na faixa número 9. No site da Square Enix é possível baixar samples em MP3 de cinco das dez faixas do álbum, cada um com 1 minuto de duração e qualidade 128 kbps. Ainda resta saber quem foi o arranjador das peças e se as transições foram bem feitas, mas tudo que escutei me pareceu ótimo.

[ATUALIZAÇÃO] Foi publicado um vídeo do ensaio que confirma a boa impressão deixada pelos samples.

[via Square Enix]

Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 1 of 2)

By Alexei Barros

At the end of last year, the London Symphony Orchestra recorded Final Fantasy Symphony, an album with arrangements from Final Fantasy VI, VII and X. The album release, which for now will happen only in digital format with X5 Music Group distribution, was promised for the beginning of 2015. But the release date was already revealed: February 23rd, a week from today.

Taking advantage of the occasion, I bring an interview with the producer of this concert and responsible for Merregnon Studios, Thomas Boecker, that produces game concerts since 2003. He is known for various pioneering events in that area, like First Symphonic Game Music Concert (2003), the first game concert released outside Japan; Symphonic Shades (2008), the first game concert with live radio broadcasting; and, more notoriously, Symphonic Fantasies (2009), the first game concert with live video transmission. Just to name a few.

Besides the production of Symphonic Game Music Concert series in Leipzig (2003-2007) and the tetralogy Symphonic Shades, Fantasies, Legends and Odysseys in Cologne (2008-2011), Boecker was the coordinator of the albums Vielen Dank (2007) and drammatica (2008) and consultant of the world tours Play! A Video Game Symphony (2006 to 2007) and Distant Worlds: music from Final Fantasy (2007 to 2011).

Since 2008 I have exchanged e-mails with Boecker. And it surprised me that, back then, he told me he reads Hadouken – after all, the blog posts are written in Portuguese. I feel that I should have done this interview previously, but the moment has come.

In the interview, I preferred to focus on specific curiosities about the concerts, which helps to show how it is laborious to create concerts with new arrangements, but it is very rewarding. This is just the first part of the interview – the second part will be published next week. To help possible foreign readers, this interview will also be published in English.
Continue lendo ‘Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 1 of 2)’


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr brawlalliance_banner_copy

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.601 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: