Symphonic Memories: novas e surpreendentes memórias da Square Enix


Por Alexei Barros

Se há tempos não acontecia uma atualização neste espaço empoeirado, há tempos não ocorria o lançamento de um álbum da série Symphonic com músicas da Square Enix – o último foi o Final Symphony em 2015. Pois então chegou o dia: hoje, 24 de setembro, vai ser publicado o CD Symphonic Memories Concert – music from Square Enix, referente à apresentação realizada no dia 14 de dezembro de 2019 no Japão. A performance foi da Kanagawa Philharmonic Orchestra, sob regência do maestro Eckehard Stier no Culttz Kawasaki.

O disco contém uma mistura inusitada de “tradição com modernidade”, como diria o clichê. Da parte da tradição, consta uma suíte inédita de Xenogears intitulada “Slayer of God” e o arranjo da “Soaring the Skies” assinada por Andreas Hedlund. Nascido na Suécia, o arranjador já havia trabalhado com duas peças do excepcional Turrican – Orchestral Selections em 2017.

Também da geração 32-bit, Final Fantasy VIII é representado pela suíte “Mono no Aware”, aquela mesma arranjada por Roger Wanamo para o Final Symphony II. Curiosamente, esse espetáculo provavelmente não deve ter um lançamento em CD por causa de problemas de custo e licenciamento, deixando as suítes de Final Fantasy V, IX e XIII sem gravações oficiais – espero que por pouco tempo.

E do lado da modernidade aparecem: a suíte “In the Shadow of the Crystal” de Final Fantasy XV arranjada por Jonne Valtonen para a turnê europeia também chamada de Symphonic Memories que aconteceu em 2018; e o concerto para violino e orquestra de Octopath Traveler arranjado por Valtonen e um número avulso arranjado por Wanamo.

A escolha pelo RPG para Switch, PC e Stadia me chamou a atenção pelo fato de a trilha não ser composta por algum dos figurões da Square Enix, mas por Yasunori Nishiki, que, por sinal, vem ganhando mais notoriedade pelas participações nas trilhas de Final Fantasy VII Remake e Kingdom Hearts III. Certamente é um jogo que eu imaginaria em alguma edição da extinta série de concertos Press Start – e talvez o jogo só tenha sido escolhido porque a apresentação aconteceu no Japão. Além disso, as músicas são pontuadas pela presença constante de instrumentos de banda (como visto no vídeo da gravação da trilha sonora), que costumeiramente não aparecem nessas produções ao vivo.

Samples podem ser conferidos abaixo.

[via 4Gamer.net, Soundtrack Central]

1 Response to “Symphonic Memories: novas e surpreendentes memórias da Square Enix”


  1. 1 Gustavo Woltmann 17/10/2020 às 12:51 pm

    As trilhas sonoras de Final Fantasy são excelentes para relaxar!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej

%d blogueiros gostam disto: