Posts Tagged 'Masashi Hamauzu'

Final Symphony II anunciado com músicas de Final Fantasy V, VIII, IX e XIII

finalsymphony21Por Alexei Barros

Por esta eu realmente não esperava: Final Symphony II. Enquanto ainda estamos absorvendo o banquete musical do álbum do Final Symphony, já foi anunciado seu sucessor para o ano de 2015, com a produção de Thomas Boecker e arranjos de Jonne Valtonen, Roger Wanamo e Masashi Hamauzu. O encarte do Symphonic Legends em Londres havia sugerido uma nova apresentação de game music e ontem foi prometido que aconteceria o anúncio. Mas, de novo, essa revelação me pegou de surpresa.

Enquanto o predecessor homenageava as músicas de Final Fantasy VI, VII e X, desta vez os capítulos escolhidos para terem as faixas arranjadas são quatro: FFV, VIII, IX e XIII. Há um imenso terreno a ser explorado por Valtonen e Wanamo, já que, com exceção do FFV, os demais jogos ainda não tinham aparecido no Symphonic Fantasies ou Symphonic Odysseys.

Embora tenha ficado triste com o esquecimento do FFIV, a trilha do FFV me empolga sobremaneira por ter sido feita em um período de grande inspiração do Nobuo Uematsu e que foi lembrada raras vezes nos concertos da série. Também estou na expectativa por FFXIII, já que a trilha original do Masashi Hamauzu está, a meu ver, entre as melhores da série. Inclusive o próprio compositor será o responsável pelo arranjo. Como o primeiro Final Symphony em Londres, o concerto terá performance da London Symphony Orchestra e regência do maestro Eckehard Stier. É interessante notar que, como antes, não haverá coral. A novidade será o ucraniano Slava Sidorenko no piano, substituindo a Katharina Treutler.

Aos interessados, os ingressos estarão à venda a partir do dia 20 de março. Antes do concerto, Nobuo Uematsu vai responder questões do público em um bate-papo que exige ingressos à parte do espetáculo e que também estarão à venda na mesma data.

[via Spielemusikkonzerte]

Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 2 of 2)

e03afec4b50d36e9e2d69091107993cfBy Alexei Barros

Finally the day has come! Today happens the worldwide digital release of Final Symphony on iTunes. The album contains 94 minutes of music from Final Fantasy VI, VII and X recorded at Abbey Road Studios with performance by London Symphony Orchestra with arrangements by Jonne Valtonen, Roger Wanamo and Masashi Hamauzu.

Surprisingly, the track list brings some new features compared to the set list of the first concert in Germany back in 2013. In the second part of the interview, producer Thomas Boecker answered these and other questions for Hadouken, which brings also more curiosities and discusses the viability of other concerts (including a concert with Yuzo Koshiro’s music!).

Track list:
01 Fantasy Overture (Circle within a Circle within a Circle)
02 Final Fantasy VI (Symphonic Poem: Born with the Gift of Magic)
03 Final Fantasy X (Piano Concerto)
04 Encore: Final Fantasy X (Suteki Da Ne)
05 Final Fantasy VII (Symphony in Three Movements)
06 Encore: Final Fantasy VII (Continue?)
07 Encore: Final Fantasy Series (Fight, Fight, Fight!)
Continue lendo ‘Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 2 of 2)’

Entrevista com Thomas Boecker, produtor de concertos de games na Alemanha (parte 2 de 2)

e03afec4b50d36e9e2d69091107993cfPor Alexei Barros

Enfim chegou o dia! Hoje acontece o lançamento digital mundial do Final Symphony no iTunes. O álbum contém 94 minutos de música de Final Fantasy VI, VII e X gravadas no Abbey Road Studios com performance da London Symphony Orchestra e arranjos de Jonne Valtonen, Roger Wanamo e Masashi Hamauzu.

Surpreendentemente, a track list possui algumas novidades em relação ao set list da primeira apresentação feita na Alemanha em 2013. Essas e outras questões foram esclarecidas pelo produtor Thomas Boecker na segunda parte da entrevista para o Hadouken, que também traz mais curiosidades e discute a viabilidade de outros concertos (incluindo até um espetáculo com músicas do Yuzo Koshiro!).

Track list:

01 Fantasy Overture (Circle within a Circle within a Circle)
02 Final Fantasy VI (Symphonic Poem: Born with the Gift of Magic)
03 Final Fantasy X (Piano Concerto)
04 Encore: Final Fantasy X (Suteki Da Ne)
05 Final Fantasy VII (Symphony in Three Movements)
06 Encore: Final Fantasy VII (Continue?)
07 Encore: Final Fantasy Series (Fight, Fight, Fight!)
Continue lendo ‘Entrevista com Thomas Boecker, produtor de concertos de games na Alemanha (parte 2 de 2)’

Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 1 of 2)

By Alexei Barros

At the end of last year, the London Symphony Orchestra recorded Final Fantasy Symphony, an album with arrangements from Final Fantasy VI, VII and X. The album release, which for now will happen only in digital format with X5 Music Group distribution, was promised for the beginning of 2015. But the release date was already revealed: February 23rd, a week from today.

Taking advantage of the occasion, I bring an interview with the producer of this concert and responsible for Merregnon Studios, Thomas Boecker, that produces game concerts since 2003. He is known for various pioneering events in that area, like First Symphonic Game Music Concert (2003), the first game concert released outside Japan; Symphonic Shades (2008), the first game concert with live radio broadcasting; and, more notoriously, Symphonic Fantasies (2009), the first game concert with live video transmission. Just to name a few.

Besides the production of Symphonic Game Music Concert series in Leipzig (2003-2007) and the tetralogy Symphonic Shades, Fantasies, Legends and Odysseys in Cologne (2008-2011), Boecker was the coordinator of the albums Vielen Dank (2007) and drammatica (2008) and consultant of the world tours Play! A Video Game Symphony (2006 to 2007) and Distant Worlds: music from Final Fantasy (2007 to 2011).

Since 2008 I have exchanged e-mails with Boecker. And it surprised me that, back then, he told me he reads Hadouken – after all, the blog posts are written in Portuguese. I feel that I should have done this interview previously, but the moment has come.

In the interview, I preferred to focus on specific curiosities about the concerts, which helps to show how it is laborious to create concerts with new arrangements, but it is very rewarding. This is just the first part of the interview – the second part will be published next week. To help possible foreign readers, this interview will also be published in English.
Continue lendo ‘Interview with Thomas Boecker, game concert producer in Germany (part 1 of 2)’

Entrevista com Thomas Boecker, produtor de concertos de games na Alemanha (parte 1 de 2)

Por Alexei Barros

No final do ano passado, a London Symphony Orchestra gravou no Abbey Road Studios o Final Fantasy Symphony, álbum com arranjos de Final Fantasy VI, VII e X. O lançamento do álbum, que, a princípio será feito no formato digital com distribuição da X5 Music Group, estava prometido para o começo de 2015. Mas já foi revelada a data: 23 de fevereiro, daqui a uma semana.

Aproveitando a ocasião, trago uma entrevista com o produtor desse espetáculo e responsável pela Merregnon Studios, Thomas Boecker, que produz concertos de games desde 2003. Ele é conhecido por diversos pioneirismos nessa área, como o First Symphonic Game Music Concert (2003), primeiro concerto de games realizado fora do Japão; Symphonic Shades (2008), primeiro concerto de games transmitido ao vivo pelo rádio; e, mais notoriamente, o Symphonic Fantasies (2009), primeiro concerto de games com transmissão ao vivo em vídeo. Apenas para citar alguns.

Além de produzir a série Symphonic Game Music Concert em Leipzig (2003-2007) e da tetralogia Symphonic Shades, Fantasies, Legends e Odysseys em Colônia (2008-2011), Boecker foi o coordenador dos álbuns Vielen Dank (2007) e drammatica (2008) e consultor das turnês mundiais Play! A Video Game Symphony (2006 a 2007) e Distant Worlds: music from Final Fantasy (2007 a 2011).

Desde 2008 tenho trocado e-mails com Boecker, que me surpreendeu na ocasião quando ele me disse que acompanhava o Hadouken – afinal, os posts do blog são escritos em português. Sinto que deveria ter feito essa entrevista anteriormente, mas enfim chegou o momento.

Na entrevista, preferi me focar em curiosidades específicas sobre os concertos, o que ajuda a mostrar o quanto é trabalhoso criar espetáculos com arranjos novos, mas é muito recompensador. Esta é apenas a primeira parte da entrevista – a outra será publicada daqui a uma semana. Para facilitar a vida de possíveis leitores estrangeiros, a entrevista também está sendo publicada em inglês.

Continue lendo ‘Entrevista com Thomas Boecker, produtor de concertos de games na Alemanha (parte 1 de 2)’

Samples do Distant Worlds III


Por Alexei Barros

Daqui a menos de uma semana, no dia 21 de janeiro, o álbum Distant Worlds III: more music from Final Fantasy será lançado no Japão. A track list tinha sido anunciada e por ela já dava para perceber que o disco não será dos mais caprichados, com muitas músicas redundantes, especialmente do FFXIII e FFXIV. A novidade é que o site da Square Enix liberou samples de todas as músicas e, apesar da minha falta de empolgação, dá para se animar com alguma coisa ou outra.

Para começar, as duas faixas do FFVI –  “Character Theme Medley” e  “Ending Theme (short version)” – me pareceram bastante promissoras, mesmo que elas pudessem ser uma coisa só, ou seja, a “Ending Theme” completa. Em relação à primeira, o sample pega bem o trecho do tema “Locke”, que não estava acostumado a ouvir orquestrado, ainda mais com essa qualidade.

Uma suspeita minha que se confirmou é que a “Balamb GARDEN” do álbum vai ser exatamente a “Balamb GARDEN ~ Ami” do CD FITHOS LUSEC WECOS VINOSEC, uma vez que a faixa não tinha sido anunciada com a “Ami”. O arranjo, que foi preparado pelo Shiro Hamaguchi, inclusive vai ser tocado no final de janeiro em New Jersey. Essa partitura não foi executada nas produções anteriores ao Distant Worlds, apesar de o FITHOS LUSEC WECOS VINOSEC ter sido publicado em 1999. De resto, nada muito a acrescentar sobre os samples, a não ser para elogiar a limpidez e graciosidade da voz da Susan Calloway na “Kiss Me Good-bye”.

No dia posterior ao lançamento do Distant Worlds III, 22 de janeiro, a turnê vai fazer a sua centésima apresentação desde que começou a excursionar pelo mundo em 2007. O concerto comemorativo de nome Distant Worlds: The Journey 100 vai acontecer em Tóquio, com a Tokyo Philharmonic Orchestra, e a efeméride vai se estender ao dia 24 em Osaka, com a Osaka Theater Philharmony Orchestra. Acredito que vão aproveitar a ocasião para registrar mais um Blu-ray/DVD, já que o Returning Home (2011) e o The Celebration (2013) também foram gravados no Japão.

Para conferir os samples, basta entrar no site da Square Enix. O player tem um esquema meio chato que obriga a você permanecer na página: se você abrir novas abas ou janelas a música para de tocar.

[via Square Enix]

Final Symphony: concerto será gravado no Abbey Road Studios com a London Symphony Orchestra

header_finalsymphony
Por Alexei Barros

Chegou o momento: o espetáculo Final Symphony finalmente vai ganhar um álbum, previsto para o início de 2015. Com extensas suítes de Final Fantasy VI, VII e X arranjadas, respectivamente, por Roger Wanamo, Jonne Valtonen e Masashi Hamauzu, o concerto estreou lá em maio de 2013 na Alemanha e já havia passado pela Inglaterra, Suécia, Dinamarca, Finlândia e Japão. Até então apreciá-lo com a qualidade que a apresentação merece era um privilégio só para quem viu ao vivo nas respectivas casas de espetáculos desses países (a não ser pelo fantástico vídeo da “Final Fantasy VI Symphonic Poem (Born with the Gift of Magic)” gravado em Estocolmo).

Diferentemente dos CDs do Symphonic Shades, Symphonic Fantasies e Symphonic Odysseys, que foram registrados ao vivo, a gravação será feita em estúdio, mas não em qualquer estúdio: no renomado Abbey Road Studios em Londres (a mixagem e a masterização também), com a supervisão de Nobuo Uematsu, compositor original da maioria das músicas da série que foram arranjadas para esse espetáculo (as demais foram assinadas pelo Masashi Hamauzu). Cada local contou com a participação de uma orquestra diferente, mas a escolhida para a performance foi a London Symphony Orchestra, que evidentemente tocou na apresentação do Final Symphony em Londres, no que foi o primeiro concerto de games dessa afamada orquestra.

O maestro Eckehard Stier, que conduziu a maioria das apresentações do Final Symphony, regerá a gravação e quem tocará piano é a Katharina Treutler – ela foi a solista nos concertos na Dinamarca, Suécia e Japão. A distribuição será feita pela X5 Music Group, que recentemente fez o lançamento digital do Symphonic Fantasies Tokyo. “O álbum vai mostrar a game music em sua qualidade mais alta e eu mal posso esperar para compartilhá-lo com o mundo”, afirma o produtor Thomas Boecker.

O anúncio foi feito hoje na rádio britânica Classic FM, a maior rádio de música erudita do planeta, que reservou um especial na sua programação com as melhores composições de game music de 2014 (acompanhei parte da transmissão e achei bem interessante). O melhor é que antes do lançamento do Final Symphony, a Classic FM vai transmitir com exclusividade um trecho do álbum.

[via Spielemusikkonzerte]


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr brawlalliance_banner_copy

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.595 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: