Posts Tagged 'FILMharmonic Orchestra Prague'

The Orchestral SaGa -Legend of Music-: à espera de um álbum lendário

The Orchestral SaGa_003

A FILMharmonic Orchestra Prague é conhecida por um longo histórico de performances em concertos e trilhas de games


Por Alexei Barros

Apesar da qualidade e da excelência musical da série SaGa, a franquia tem uma representatividade muito pequena em arranjos orquestrais, seja em concertos ou álbuns. Mais isso vai mudar um pouco com o lançamento do CD duplo The Orchestral SaGa -Legend of Music-, que acontece hoje, dia 23 de março no Japão.

Gravado no Rudolfinum’s Dvořák Hall com a FILMharmonic Orchestra Prague na cidade de Praga na República Tcheca, o primeiro disco contém dez faixas em formatos de medleys. As seleções percorrem músicas de todos os compositores da série, desde o início com Nobuo Uematsu e Kenji Ito, até a era impressionista de Masashi Hamauzu, passando pelas faixas de Ryuji Sasai e Chihiro Fujioka em Jikuu no Hasha: SaGa 3.

A melhor decisão que podiam tomar é deixar os arranjos sob os auspícios de Kousuke Yamashita. Já pude ouvir diferentes trilhas de games, animes, J-dramas e tokusatsus e é impressionante o talento do japonês com músicas orquestrais. Entre tantos arranjos para os concertos de Monster Hunter, ele também arranjou e regeu o Nobunaga no Yabou 30th Anniversary Concert. Curiosamente, é a primeira colaboração de Yamashita com a Square Enix.

Na página oficial do The Orchestral SaGa -Legend of Music-, é possível ouvir diversos samples. Destaco a surpreendente aparição da “Battle Theme I” do Unlimited Saga na faixa 1, a “Decisive Battle! Saruin” do Romancing SaGa na faixa 5 e a “Feldschlacht I” do Saga Frontier II na faixa 9.

O segundo CD, por sua vez, traz apenas quatro faixas e foi gravado no Japão. Pelo que entendi nesta entrevista que Kenji Ito concedeu ao 4Gamer.net, na verdade são arranjos originalmente preparados para o Imperial SaGa, jogo da série para browser, mas acabaram ficando de fora. As releituras desse disco foram feitas pela Natsumi Kameoka e se diferem por terem bateria, baixo elétrico e guitarra. Chamo a atenção para a “Seven Heroes Battle” do Romancing Saga 2 e a “Four Demon Nobles Battle 1” do Romancing SaGa 3 na faixa 4 desse disco.

Claro que nem tudo é perfeito: ainda vou ficar sonhando com a “Searching for the Secret Treasure” do SaGa 2 Hihou Densetsu, a “Battle #1” do SaGa Frontier e a “Battle 1” do Romancing SaGa orquestradas. Já posso imaginar outro álbum nesse formato?

The Orchestral SaGa_005

O compositor Kenji Ito e o arranjador Kousuke Yamashita foram até Praga para supervisionar a gravação das partituras

[via 4Gamer.net e Square Enix]

Samples do Distant Worlds III


Por Alexei Barros

Daqui a menos de uma semana, no dia 21 de janeiro, o álbum Distant Worlds III: more music from Final Fantasy será lançado no Japão. A track list tinha sido anunciada e por ela já dava para perceber que o disco não será dos mais caprichados, com muitas músicas redundantes, especialmente do FFXIII e FFXIV. A novidade é que o site da Square Enix liberou samples de todas as músicas e, apesar da minha falta de empolgação, dá para se animar com alguma coisa ou outra.

Para começar, as duas faixas do FFVI –  “Character Theme Medley” e  “Ending Theme (short version)” – me pareceram bastante promissoras, mesmo que elas pudessem ser uma coisa só, ou seja, a “Ending Theme” completa. Em relação à primeira, o sample pega bem o trecho do tema “Locke”, que não estava acostumado a ouvir orquestrado, ainda mais com essa qualidade.

Uma suspeita minha que se confirmou é que a “Balamb GARDEN” do álbum vai ser exatamente a “Balamb GARDEN ~ Ami” do CD FITHOS LUSEC WECOS VINOSEC, uma vez que a faixa não tinha sido anunciada com a “Ami”. O arranjo, que foi preparado pelo Shiro Hamaguchi, inclusive vai ser tocado no final de janeiro em New Jersey. Essa partitura não foi executada nas produções anteriores ao Distant Worlds, apesar de o FITHOS LUSEC WECOS VINOSEC ter sido publicado em 1999. De resto, nada muito a acrescentar sobre os samples, a não ser para elogiar a limpidez e graciosidade da voz da Susan Calloway na “Kiss Me Good-bye”.

No dia posterior ao lançamento do Distant Worlds III, 22 de janeiro, a turnê vai fazer a sua centésima apresentação desde que começou a excursionar pelo mundo em 2007. O concerto comemorativo de nome Distant Worlds: The Journey 100 vai acontecer em Tóquio, com a Tokyo Philharmonic Orchestra, e a efeméride vai se estender ao dia 24 em Osaka, com a Osaka Theater Philharmony Orchestra. Acredito que vão aproveitar a ocasião para registrar mais um Blu-ray/DVD, já que o Returning Home (2011) e o The Celebration (2013) também foram gravados no Japão.

Para conferir os samples, basta entrar no site da Square Enix. O player tem um esquema meio chato que obriga a você permanecer na página: se você abrir novas abas ou janelas a música para de tocar.

[via Square Enix]

Distant Worlds III anunciado para janeiro; álbum terá 14 faixas

logo
Por Alexei Barros

Interrompo a sequência não planejada de vídeos do Distant Worlds para falar do… Distant Worlds. No dia 21 de janeiro de 2015 será lançado no Japão o álbum Distant Worlds III: more music from Final Fantasy com número de catálogo SQEX-10482. Como o nome diz, trata-se do terceiro disco gravado em estúdio da turnê de concertos produzida pelo maestro Arnie Roth.

Diferentemente dos dois discos anteriores lançados em 2007 e 2010, que tiveram a performance da Royal Stockholm Philharmonic Orchestra (de concertos como LEGENDS, além das apresentações do Symphonic Fantasies e Final Symphony na Suécia), as 14 músicas serão tocadas pela FILMharmonic Orchestra Prague, que já havia tocado no Final Fantasy Orchestral Album, além de diversas trilhas sonoras e dos espetáculos Second ao Fifth Symphonic Game Music Concert na Alemanha.

Agora confira a tracklist com links para as faixas originais antes das minhas considerações.

– Final Fantasy VI: “Character Theme Medley” (“Terra” ~ “Kefka” ~ “Celes” ~ “Locke”)
– Final Fantasy VI: “Ending Theme (short version)”
– Final Fantasy VIII: “Balamb GARDEN”
– Final Fantasy IX: “You’ re Not Alone”
– Final Fantasy IX: “Rose of May”
– Final Fantasy IX: “Hunter Chance”
– Final Fantasy X: “Song of Prayer ~ Farplane Sending”
– Final Fantasy XII: “Kiss Me Good-bye”
– Final Fantasy XIII: “Blinded By Light”
– Final Fantasy XIII: “Fabula Nova Crystallis”
– Final Fantasy XIV: “Answers”
– Final Fantasy XIV: “Primal Judgment”
– Final Fantasy XI, V e XIII: “Chocobo Medley 2012” [“Choc-a-bye Baby” (FFXI) ~ “Mambo de Chocobo!” (FFV) ~ “Chocobos of Pulse” (FFXIII)]
– Final Fantasy V, X e VII: “Battle & Victory Fanfare Medley” [“Clash on the Big Bridge” (FFV) ~ “Seymour Battle” (FFX) ~ “Those Who Fight” (FFVII) ~ “Fanfare” (FF)]

– Não há nenhuma música dos quatro capítulos iniciais da série, o que não chega a ser uma surpresa. Mas não me esqueço daquele medley exclusivo do FFIV do Press Start 2011 que algum dia precisa vir à tona.

– Os dois novos segmentos do FFVI que estrearam em junho na apresentação em Chicago e já publiquei por aqui são os que vão entrar no álbum. Considerando a quantidade de faixas redundantes que ainda vou citar e que ambos os números deveriam ser um só, dava muito bem espaço no CD para a “Ending Theme” aparecer orquestrada na totalidade dos seus 21 minutos. Decepcionante ler esse “short version”. No álbum não deveria ter desculpa para a versão completa.

– Por algum motivo, a “Balamb GARDEN” nunca foi tocada em concertos da série, mesmo a música do FFVIII tendo sido orquestrada pelo Shiro Hamaguchi no arranjo “Balamb GARDEN ~ Ami” do álbum FITHOS LUSEC WECOS VINOSEC. Muito provavelmente será a mesma partitura e apenas se esqueceram de citar a “Ami”.

– Em relação às faixas do FFIX, a “You’ re Not Alone” já é um arranjo conhecido do Shiro Hamaguchi que estreou no Tour de Japon. As outras duas são de fato releituras novas que debutaram novembro em Londres e ainda pretendo publicar por aqui.

– Não entendi muito bem por que o segmento “Song of Prayer ~ Farplane Sending” do FFX foi anunciado assim. A “Song of Prayer” já tinha sido tocada sozinha no Voices, mas na apresentação em Chicago de 2014 estreou um medley com as outras variações da “Song of Prayer” que aparecem ao longo do jogo. Muito provavelmente essa miscelânea é a que estará no álbum e se confundiram na nomenclatura.

– Já considerava um milagre a turnê tocar a “The Dalmasca Eastersand” do Hitoshi Sakimoto, mas é meio decepcionante ver mais uma rendição da “Kiss Me Good-bye”, a única composição do Nobuo Uematsu na trilha do FFXII. Isso porque a canção muito provavelmente deverá ter a voz da vocalista Susan Calloway como nas apresentações da turnê. A versão com a Calloway não é nada mal, mas ela não canta E toca piano como a Angela Aki fez na trilha original e também no concerto Voices.

– As faixas do FFXIII e FFXIV já foram registradas nos lançamentos das gravações ao vivo da turnê Distant Worlds. A “Blinded By Light” e a “Primal Judgment” estão no Returning Home, ao passo que a “Fabula Nova Crystallis” e a “Answers” estão nesse DVD e também no The Celebration. Com exceção da “Primal Judgment”, todas já eram orquestradas nas trilhas originais, multiplicando a redundância. Se fosse em vídeo, até daria para entender a presença delas para ver a performance da orquestra, mas será somente em áudio e, como nos concertos, muito possivelmente sem a presença da guitarra (no caso da “Blinded by Light” e da “Answers”). Bem que essas faixas podiam se retirar e ter dado licença para a “Ending Theme (full complete integral uncut extended master supreme version)” do FFVI…

– O “Chocobo Medley 2012” e o “Battle & Victory Fanfare Medley”, arranjos bem qualquer coisa, já tinham sido registrados em vídeo no The Celebration como comentei no outro post. Como dá para perceber, no geral, o álbum não parece muito esforçado em apresentar novidades realmente interessantes, como vem acontecendo, infelizmente, com outros produtos da turnê.

Grato ao Fabão por me alertar sobre a relação de faixas do CD.

[via Square Enix]


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej

%d blogueiros gostam disto: