Posts Tagged 'Final Fantasy XV'

Symphonic Memories: novas e surpreendentes memórias da Square Enix


Por Alexei Barros

Se há tempos não acontecia uma atualização neste espaço empoeirado, há tempos não ocorria o lançamento de um álbum da série Symphonic com músicas da Square Enix – o último foi o Final Symphony em 2015. Pois então chegou o dia: hoje, 24 de setembro, vai ser publicado o CD Symphonic Memories Concert – music from Square Enix, referente à apresentação realizada no dia 14 de dezembro de 2019 no Japão. A performance foi da Kanagawa Philharmonic Orchestra, sob regência do maestro Eckehard Stier no Culttz Kawasaki.

O disco contém uma mistura inusitada de “tradição com modernidade”, como diria o clichê. Da parte da tradição, consta uma suíte inédita de Xenogears intitulada “Slayer of God” e o arranjo da “Soaring the Skies” assinada por Andreas Hedlund. Nascido na Suécia, o arranjador já havia trabalhado com duas peças do excepcional Turrican – Orchestral Selections em 2017.

Também da geração 32-bit, Final Fantasy VIII é representado pela suíte “Mono no Aware”, aquela mesma arranjada por Roger Wanamo para o Final Symphony II. Curiosamente, esse espetáculo provavelmente não deve ter um lançamento em CD por causa de problemas de custo e licenciamento, deixando as suítes de Final Fantasy V, IX e XIII sem gravações oficiais – espero que por pouco tempo.

E do lado da modernidade aparecem: a suíte “In the Shadow of the Crystal” de Final Fantasy XV arranjada por Jonne Valtonen para a turnê europeia também chamada de Symphonic Memories que aconteceu em 2018; e o concerto para violino e orquestra de Octopath Traveler arranjado por Valtonen e um número avulso arranjado por Wanamo.

A escolha pelo RPG para Switch, PC e Stadia me chamou a atenção pelo fato de a trilha não ser composta por algum dos figurões da Square Enix, mas por Yasunori Nishiki, que, por sinal, vem ganhando mais notoriedade pelas participações nas trilhas de Final Fantasy VII Remake e Kingdom Hearts III. Certamente é um jogo que eu imaginaria em alguma edição da extinta série de concertos Press Start – e talvez o jogo só tenha sido escolhido porque a apresentação aconteceu no Japão. Além disso, as músicas são pontuadas pela presença constante de instrumentos de banda (como visto no vídeo da gravação da trilha sonora), que costumeiramente não aparecem nessas produções ao vivo.

Samples podem ser conferidos abaixo.

[via 4Gamer.net, Soundtrack Central]

Final Fantasy XV Live at Abbey Road Studios: quase uma hora da genialidade musical de Yoko Shimomura

Por Alexei Barros

Neste movimentado feriado de 7 setembro, com os anúncios do PlayStation 4 Pro e de Super Mario Run para iPhone e iOS, a Square Enix organizou um concerto de Final Fantasy XV no Abbey Road Studios. Alguns afortunados puderam presenciar a performance da London Philharmonic Orchestra e do London Philharmonic Choir, mas o espetáculo foi transmitido ao vivo no YouTube e no Twitch. O mais bacana de tudo é que a própria compositora Yoko Shimomura esteve presente com toda a sua simpatia e ainda tocou piano na última música.

A Shimomura havia sido escalada para o jogo quando Final Fantasy XV ainda era Final Fantasy Versus XIII. Aliás, o projeto vem de tão longe que a primeira faixa que ela compôs para o jogo, a “Somnus”, estreou no álbum drammatica lá de 2008. Tanto essa música, como a “Omnis Lacrima”, presente no disco memória!, foram executadas.

O concerto comprova mais uma vez a capacidade da Shimomura de criar melodias memoráveis, seja em músicas mais introspectivas ou mais pomposas, com direito a coral em latim e ênfase em passagens no piano. Entre as faixas, surpreendeu a aparição, ainda que breve, da bateria e das guitarras na “Veiled Agression”, em um recinto adjacente ao da orquestra e do coral. No mais, a trilha do Final Fantasy XV promete estar entre as melhores da série apenas por essa breve amostragem.

Para assistir o espetáculo na íntegra, vá direto ao play ali embaixo. Se preferir ouvir as faixas individualmente, clique no nome da música correspondente.

01. “Song of the Stars / Dawn”
02. “Fight Fantastica”
03. “Nox Aeterna”
04. “Luna”
05. “End of the Road”
06. “Wonferful View”
07. “Starlit Waltz”
08. “Noctis”
09. “Omnis Lacrima”
10. “Veiled Agression”
11. “Somnus”
12. “Appocalypsis Noctis”

Uma fantasia baseada no calendário da realidade

00_capa

Por Claudio Prandoni

Há algumas semanas rolou o evento Uncovered: Final Fantasy XV, que revelou uma porrada de novidades do RPG road trip da Square Enix, e, olha só que coisa: este que vos escreve estava lá.

Além de trabalhar e conhecer pessoalmente o fantasioso bigodudo traidor, Hironobu Sakaguchi, acompanhei o evento e recebi como brinde um bonito calendário de parede temático de FFXV.

Verdadeiro tributo aos fãs do game que nem saiu, mas já carrega uma década de desenvolvimento nas costas e angariou um bocado de fãs pelo planeta, o calendário traz artes feitas justamente pelos fãs.

Item exclusivo do Uncovered – cheguei a ver gente no eBay vendendo por até R$ 180! -, tomei a liberdade de digitalizar o item, para quem quiser apreciar melhor as ilustrações, usar mesmo como calendário ou, sei lá, ambos!

Veja abaixo na galeria ou lá no Issuu, em um formato bem bonito e simpático, ou clica aqui para salvar/baixar/ver/coisa e tal o PDF do calendário.


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej

%d blogueiros gostam disto: