Posts Tagged 'Siena Wind Orchestra'

Bra★Bra 2: uma nova rodada de arranjos para orquestra de sopro

top_logo
Por Alexei Barros

Outro álbum digno de nota que sai hoje, dia 23 de março, no Japão, é o Bra★Bra Final Fantasy Brass de Bravo 2. Há pouco mais de um ano comentei com entusiasmo a respeito do lançamento do álbum anterior, que se provou ser realmente fantástico. O grande atrativo dos discos é a performance da orquestra de sopro Siena Wind Orchestra.

Se o o primeiro CD possuía gratas surpresas que fugiam do senso comum, como “The Airship Medley”, “FF Dungeon Medley” e outras, o segundo já entra na mesmice de hits do Distant Worlds e do Piano Opera. Faixas como “Festival of the Hunt” e “The Man with the Machine Gun” foram arranjadas à exaustão, embora eu goste sobremaneira de ambas. Mesmo assim, “Main Theme FFI/II/III” e especialmente a “Mambo de Chocobo” (FFV) me surpreenderam. Veja o set list abaixo.

01 “Battle at the Big Bridge” (FFV)
02 “Main Theme Of Final Fantasy IV” (FFIV)
03 “Cosmo Canyon” (FFVIII)
04 “Festival of the Hunt” (FFIX)
05 “Main Theme FFI/II/III”: “Main Theme” (FFI) ~ “Main Theme” (FFII) ~ “Eternal Wind” (FFIII)
06 “Something to Protect” (FFIX)
07 “Kefka” (FFVI)
08 “Gold Saucer” (FFVII)
09 “The Man with the Machine Gun” (FFVIII)
10 “Fight With Seymour” (FFX)
11 “Fragments of Memories” (FFVIII)
12 “Mambo de Chocobo” (FFV)

O time de arranjadores é o mesmo de antes, com o quinteto Yasumasa Sato, Tsutomu Narita, Rika Ishige, Youhei Kobayashi e Nobuhiko Kashiwara. O experiente Shiro Hamaguchi, que foi o principal arranjador de Final Fantasy no passado, também está creditado na “Fragments of Memories”, mas acho que isso se deve apenas pelo fato de Yasumasa Sato provavelmente ter se baseado na partitura feita para o álbum FITHOS LUSEC WECOS VINOSEC.

Samples de todas as faixas podem ser conferidos no site da Square Enix.

No ano passado foi realizada uma turnê de apresentações no Japão e algumas músicas presentes no Bra★Bra Final Fantasy Brass de Bravo 2 já foram tocadas ao vivo, como mostra este vídeo promocional.

[via Square Enix]

Anúncios

Bra★Bra: o primeiro álbum com arranjos de Final Fantasy para orquestra de sopro


Por Alexei Barros

As músicas da série Final Fantasy já foram arranjadas das formas mais variadas possíveis: versões chiptune, solos de piano, banda de rock e orquestra. Dessa última vertente, já existem várias frentes: a turnê Distant Worlds, que costuma exibir versões literais das composições; a turnê A New World, dos mesmos responsáveis, mas com performance de orquestra de câmara; e o Final Symphony, que traz arranjos criativos, entrelaçando diversos temas e apresentando-os de com uma abordagem erudita. E tem espaço para mais gente? Tem, como mostra o lançamento do álbum Bra★Bra Final Fantasy Brass de Bravo, que trará arranjos para orquestra de sopro. Ou seja, com trompetes, trombones, clarinetes, flautas etc.

Agendado para o dia 4 de março, o disco também vai coincidir com a realização de uma turnê que passará por várias cidades do Japão. Em todas elas e no CD, a performance será da competentíssima Siena Wind Orchestra, que tocou no álbum Elfaria Suite (do obscuro RPG Elfaria, lançado somente no Japão para Super Famicom). Também não me esqueço deles no espetacular vídeo da “Wonderful Guys” do seriado policial Seibu Keisatsu Part-II.

A iniciativa é bastante interessante, até porque arranjos de Final Fantasy nunca são demais. Assim dá oportunidade para diferentes músicas da série ganharem novas interpretações. E a tracklist, revelada recentemente, comprova isso, com excelentes surpresas e ideias promissoras – como que ainda não tinham feito medleys que reunissem os temas da airship ou das dungeons? O melhor de tudo, falando pelas minhas preferências, é o enfoque em músicas das gerações 8-bit e 16-bit. Dá só uma olhada abaixo. Os nomes das faixas que a Square Enix listou em seu site me confundiram um pouco (traduções diferentes sempre são uma dor de cabeça), mas acredito que não cometi nenhum engano nos links para as originais.

01 FF Battle 2 Medley: “Battle 2” (FFIV) ~ “Battle 2” (FFV) ~ “Battle to the Death” (FFVI) ~ “Battle 2” (FFIX) ~ “Victory Fanfare” (FF)
02 The Airship Medley: “Go above the Clouds!” (FFIII) ~ “The Airship” (FFIV) ~ “Hey, Cid!” (FFIV) ~ “The Airship Blackjack” (FFVI) ~ “Ride On” (FFVIII)
03 “Moogles’ Theme” (FFV)
04 “The Red Wings”“Kingdom Baron” (FFIV)
05 FF Dungeon Medley: “Into The Darkness” (FFIV) ~ “Dungeon” (FFV) ~ “Phantom Forest” (FFVI) ~ “Find Your Way” (FFVIII)
06 FFVII Battle Medley: “JENOVA” ~ “Let the Battles Begin!” ~ “Fight On!”
07 “Zanarkand” (FFX)
08 “Aria di Mezzo Carattere”  (FFVI)
09 “Never Look Back”“Dead End” (FFVIII)
10 “FF Main Theme” (FF)
11 FF Medley: “Return of the Warrior” (FFIII) ~ “Sailing Ship” (FFI) ~ “The Way to the Top” (FFIII) ~ “Main Theme” (FFI)

“Battle 2”“The Airship”“Hey, Cid!”“The Red Wings”? “Kingdom Baron”? “Into The Darkness”?  Um álbum que traz essa montanha de músicas do Final Fantasy IV já me empolga bastante, e mesmo da era PlayStation as escolhas fogem do senso comum, como mostra as duas seleções do Final Fantasy VIII na faixa número 9. No site da Square Enix é possível baixar samples em MP3 de cinco das dez faixas do álbum, cada um com 1 minuto de duração e qualidade 128 kbps. Ainda resta saber quem foi o arranjador das peças e se as transições foram bem feitas, mas tudo que escutei me pareceu ótimo.

[ATUALIZAÇÃO] Foi publicado um vídeo do ensaio que confirma a boa impressão deixada pelos samples.

[via Square Enix]

Quase game music: seleção de cinco músicas orquestradas com guitarra

Por Alexei Barros

Orquestra e guitarra. Unir os dois elementos é um desafio e tanto em espetáculos, sobretudo em salas de concerto, onde o som dos instrumentos da orquestra é reproduzido sem auxílio de microfones, enquanto que da guitarra é amplificado evidentemente. Quando bem executada, a mistura tem um resultado esplendoroso, pois abundam músicas de games com a junção.

Exemplos não faltam. Nem sonhando dá para dizer que no Video Games Live a mescla é um sucesso, já que, pelo menos nos shows que vi no Brasil, a pequenez da orquestra é eclipsada pelo guitarra – veremos se no Video Games Live: Level 2 a coisa toda funcionou pelo menos. Nos demais concertos, foram convocadas bandas de rock, como a -123min no Third Symphonic Game Music Concert, Machinae Supremacy no PLAY! em Estocolmo em 2007, After Forever no Games in Concert 3, além de todas as vezes que o The Black Mages tocou a “Advent One-Winged Angel”. No Press Start, desde a primeira edição, o guitarrista Haruo Kubota participou de diversos segmentos. Para completar as exemplificações, no próprio Games in Concert a Metropole Orchestra possui um guitarrista que talvez seja o responsável pelos melhores resultados da mistura em concertos de games, a exemplo da versão suprema da “Moon Over the Castle” (Gran Turismo 4). Todas têm em comum o fato de as gravações oficiais inexistirem ou serem amadoras. Mesmo no Games in Concert, em que há registro profissional, mal se consegue ver onde está o guitarrista.

Mas você sabe como é. Aquela coluna lateral de vídeos relacionados do YouTube é uma bênção, e por meio dela em deparei com performances orquestradas sensacionais com guitarra, só que não de game music. Antes que alguém diga “esse de games virou blog de musica”, todos os vídeos tem relação indireta com compositores que eventualmente fizeram músicas para jogos ou pela orquestra que tocou em determinada trilha. Por certo, quem acompanha o blog há algum tempo não se surpreenderá ao constatar que quatro são de compositores nipônicos, e o que não é foi tocado no Japão.

A ideia do post é justamente mostrar como a guitarra poderia ser aproveitada de várias formas diferentes na companhia da orquestra, e de como os espetáculos de games, em especial os japoneses, estão atrás do que se faz em outros nichos, tanto em performance, como em disponibilidade de gravação. Claro que isso depende do estilo. Não estou dizendo que a guitarra é obrigatória. Por fim, você sabe que quase não gosto de comparar e dar indiretas. Então, em todos os casos não vi o guitarrista saltitar ou fazer estripulias exibicionistas.

Os bons achados depois do Hadouken que provavelmente você discordará da ordem.
Continue lendo ‘Quase game music: seleção de cinco músicas orquestradas com guitarra’


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: