Posts Tagged 'Yakuza'

Para comer com lamen: saquê de Yakuza 3

Por Claudio Prandoni

ryu_booze_1Ontem foi dia de conferir por aqui nossas impressões sobre a demo de Yakuza 3, então nada melhor do que comemorar o belo jogo que a Sega está fazendo para o PS3!

Se for menino, traga para a festa o macarrão que já mostramos aqui, temático do jogo. Caso seja guria o seu departamento é o das bebidas em nossa celebração, então por que não trazer uma garrafa de saquê oficial do jogo?

Duas qualidades distintas, preço de cerca de 35 reais por cada uma – só lá no Nihongo, claro. Maluquices do produtor de bronze…

Anúncios

micro IMPRESSÕES: Demo japonesa de Yakuza 3

microimpressoes_yakuza3-copia

Por Claudio Prandoni

Como de praxe, o oriente é agraciado com os jogos da série Yakuza muito, muito, muito mesmo antes de o pessoal deste lado do meridiano de Greenwich, não por acaso a gente.

Na geração alta definição a premissa vale até para demonstrações. E que demo generosa! A versão teste de Yakuza 3 – e/ou Ryu Ga Gotoku lá em território do sushi – apresenta cerca de meia hora de brincadeira, regada a muitas porradas e ainda mais diálogos, infelizmente todos apenas em japonês.

Já dono de identidade própria e longe das comparações com Shenmue, este quarto capítulo da franquia – não esqueçamos do nostálgico Kenzan! – se estabelece como um promissor jogo de ação e porrada beat’em up. O que não necessariamente se traduz em inovações neste título exclusivo para PS3.

O pouco tempo que tive com o primeiro Yakuza deixou bem marcada a sensação vibrante de dar porradas nos inimigos. É divertido, prazeroso, cheio de estilo. Não sei dizer ao certo se a jogabilidade apresenta novidades e tal, mas certamente empolga. Além dos punhos, Kazuma Kiryu dispõe na demo de um bastão à la Donatello das santas tartarugas, um nunchaku e soco inglês – cada um com velocidade de golpes diferente, combos e por aí vai. Ou seja, realmente faz diferença qual arma se usa, cada uma se adapta a um estilo de jogador.

Enfim, o visual apresenta cenários absolutamente críveis e elaborados, marcados por detalhes e iluminação bonita, mas totalmente precários em termos de interação. Nada se mexe. Nada quebra. No máximo você pega o abajur e – kabong! – dá na cabeça do bandido. As pessoas humanas tem aquele jeitão esquisito de Sega: animações esquisitas, cabelos de laquê e mãos de proporções dignas de Chun-Li em dias ruins.

Rua, bar chique. Luta com manos (bizarros) japoneses de terno. Rua, beco. Mais um lutinha contra clones do Agente Smith, direto da Matrix. No meio, um monte de diálogos, bate-papo no codec, celular e tal. Não dá pra sacar muito, mas as porradas divertem. E nem precisam de Sixaxis.

Deu vontade de jogar os Yakuza de PS2.

Para fechar este quadro com chave de bronze, depois do pulo duplo uma propaganda especial do game veiculada lá no Japão.

Continue lendo ‘micro IMPRESSÕES: Demo japonesa de Yakuza 3’

Mais comida gamer: lamen de Yakuza 3

 yakuza_ramen

Por Claudio Prandoni

No Japão realmente há de tudo relacionado a games para vender – e o mais impressionante, tudo vende mesmo. Depois das comidas temáticas de Street Fighter IV, a SEGA anunciou o macarrão oriental que fica pronto num instantinho temático do iminente Ryu Ga Gotoku 3 (que se sair por aqui será Yakuza 3), jogo exclusivo de PlayStation 3.

ryu-ga-gotoku-udonNão é a primeira vez que isso acontece, a meninada marota amiga do Geraldão já tinha lançado macarrão para celebrar o lançamento de Ryu Ga Gotoku KENZAN!, episódio paralelo da franquia ambientando no Japão medievalmente feudal e cheio de samurais – que relaxavam em cachoeiras com sonhos futuros de meninas com roupas de couro. Ah, as maluquices de Toshihiro Nagoshi, o japonês dourado…

Só que não era lamen, mas sim udon, que é um macarrão mais firme e consistente feito de farinha mais grossa.


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: