Posts Tagged 'Xenoblade Chronicles 3D'

Xenoblade Chronicles: miniconcerto com cinco músicas do RPG


Por Alexei Barros

Não foram poucas as vezes que me recomendaram Xenoblade Chronicles, mas não é nada fácil encontrá-lo na versão original para Wii. A distribuição do jogo foi limitada e no eBay os preços não são muito convidativos. O relançamento Xenoblade Chronicles 3D também não resolve o problema, afinal o jogo é compatível apenas com o modelo New Nintendo 3DS (o meu é o 3DS XL). Fora que visualmente minha impressão não foi das melhores: no portátil, o jogo ganhou uma cara de PlayStation 1.

Enquanto não arrumo um jeito de jogar o RPG da Monolith Soft, eu me contento em apreciar a trilha sonora. Xenoblade Chronicles já havia recebido um medley no Press Start 2011 e reprisado em 2013 que até hoje não veio à tona. Porém, não chega perto do que foi preparado por ocasião do lançamento do citado Xenoblade Chronicles 3D.

Entremeando as declarações do diretor Tetsuya Takahashi durante o live stream do jogo, foram exibidas cinco músicas arranjadas especialmente para a ocasião em vídeos previamente gravados. Algumas performances contam até com a participação de Tomori Kudo (violão e guitarra) e CHiCO (vocal), integrantes do trio ACE+ (o terceiro é o compositor Kenji Hiramatsu) que foi um dos principais responsáveis pela autoria da trilha sonora.

01. “Main Theme”

Composição: Yoko Shimomura
Arranjo: Sachiko Miyano
Piano: Takuro Iga
Violino: Yu Manabe e Naomi Urushibara
Viola: Misato Futaki
Violoncelo: Masutami Endo

A releitura da Sachiko Miyano (arranjadora de diveros arranjos dos concertos de Final Fantasy) não é muito diferente do belo tema original, mas, ainda assim, apresenta algumas diferenças. Na versão do jogo se ouve uma espécie de flauta doce (aparentemente sintetizada) que aqui não tem equivalente. Em compensação, essa parte é reproduzida pelo violoncelo em uma participação afiada do instrumento. A riqueza nas cordas é maior nesse arranjo. Aliás, o violinista Yu Manabe também tocou na trilha original do jogo.

02. “Gaur Plains”

Composição: ACE+
Arranjo: Tomori Kudo (ACE)
Violão: Tomori Kudo (ACE) e Fumito Machida
Baixo: FIRE
Bateria: Shuntaro Kado
Piano: Takuro Iga
Violino: Yu Manabe, Tomomi Tokunaga, Naomi Urushibara e Yuya Yanagihara
Coral: CHiCO (ACE) e Sierra

Essa participação da banda em total sintonia com o conjunto de violinos e piano me pegou de surpresa quando vi o vídeo pela primeira vez. O arranjo é simplesmente fantástico. Não há aquele conflito de instrumentos elétricos e acústicos muito comum nesse tipo de performance. O trecho com sons eletrônicos próximo do final ficou estupendo no piano.

03. “Mechanical Rhythm”

Composição: ACE+
Arranjo: Tomori Kudo (ACE)
Guitarra: Tomori Kudo (ACE) e Fumito Machida
Baixo: FIRE
Bateria: Shuntaro Kado
Teclado: Takuro Iga
Violino: Yu Manabe, Tomomi Tokunaga, Naomi Urushibara e Yuya Yanagihara

E não é que essa mistura das cordas também funcionou muito bem com guitarras no lugar dos violões? A performance mantém toda a empolgação do pesado tema original e reproduz com fidelidade o trecho mais calmo, fazendo desse o final da música, que foi originalmente composta para ser tocada em looping.

04. “Confrontation with the Enemy”

Composição: ACE+
Arranjo: Tomori Kudo (ACE)
Guitarra: Tomori Kudo (ACE) e Fumito Machida
Baixo: FIRE
Bateria: Shuntaro Kado
Teclado: Takuro Iga
Violino: Yu Manabe, Tomomi Tokunaga, Naomi Urushibara e Yuya Yanagihara
Coral: CHiCO (ACE) e Sierra

A introdução no piano e o solo de guitarra arrebatador foram feitos com maestria nessa música empolgante. Além dos violinos, a participação do solo da cantora CHiCO, amparada pela Sierra, também é fundamental nessa performance exímia. Os instrumentistas interpretaram com perfeição a música em todas as nuances.

05. “Those Who Bear Their Name”

Composição: ACE+
Arranjo: Tomori Kudo (ACE)
Guitarra: Tomori Kudo (ACE) e Fumito Machida
Baixo: FIRE
Bateria: Shuntaro Kado
Teclado: Takuro Iga
Violino: Yu Manabe, Tomomi Tokunaga, Naomi Urushibara e Yuya Yanagihara

Esse tema poderosíssimo ficou ainda melhor que o original pela participação dos violinos, que dialogam com as guitarras de maneira incrível – na original só se ouvem as guitarras. O timbre de metais que aparece eventualmente na música do jogo foi descartado. É uma faixa mais curta, mas não menos empolgante.

Agradecimentos ao Thales Nunes Moreira pela dica dos vídeos.

[via Wii U Brasil]

Anúncios

RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: