Posts Tagged 'Sekaiju no MeiQ³'

Álbum Sekaiju no MeiQ³ Super Arrange Version terá arranjos do estúdio Basiscape

Por Alexei Barros

Pois é, duas notícias relacionadas com o Yuzo Koshiro na sequência. Por mais que a Sekaiju no MeiQ³ *seikai no raihousya* Original Soundtrack seja fantástica, isso que nem escutei tudo ainda, o que estava interessado mesmo era no lançamento do CD Sekaiju no MeiQ³ *seikai no raihousya* Super Arrange Version, que acontece dia 12 de maio.

Se os dois excepcionais discos correspondentes aos predecessores incluíam gente como Norihiko Hibino, Motoi Sakuraba, Michio Okamiya, Kenichiro Fukui e, os arranjos que mais me agradavam, da [H.], ultrapassando as fronteiras da Sega, o terceiro álbum vai trilhar por uma senda diferente, porque está inteiramente sob os cuidados do estúdio Basiscape chefiado por Hitoshi Sakimoto. Contudo, nem ele e seu comparsa Masaharu Iwata vão participar, mas sim os outros músicos, a saber, Noriyuki Kamikura, Mitsuhiro Kaneda, Kimihiro Abe, Yoshimi Kudo e Azusa Chiba. Embora não sejam pessoas que costumo mencionar por aqui, são nomes constantes em muitas trilhas recentes, como GrimGrimoire, Tekken 6, Valkyria Chronicles 2, Let’s Tap e Muramasa: The Demon Blade.

Minha primeira reação foi de decepção, porque não ouviria um arranjo como a “Town – The Wind Doesn’t Draw Heroes”, que devo ter elogiado algumas milhares de vezes, ou mesmo uma “Battlefield – Last Battle ~ Battlefield – Heavens’ Governor”, em releitura do próprio Koshiro. Mas que nada. No site da 5pb Records é possível ouvir os samples das 13 faixas selecionadas e todas, de uma forma ou de outra, me agradaram à primeira vista. Agora da quarta faixa, que corresponde à “Battlefield – The First Campaign”, com violino e tudo mais, está fora de série.

[via VGMdb]

Três samples, e as datas das trilha original e arranjada de Sekaiju no MeiQ³


Por Alexei Barros

Estava em dívida com o Sekaiju no Meikyuu III. Não perco tempo publicando os três samples que faltavam, e ainda trago duas boas notícias. Primeiro as amostras. Não me empolgaram muito, mas são no mínimo interessantes: a de número seis não achei nada de mais, a sétima sombria e a oitava agradável.

Agora as melhores notícias. Não me recordo se havia falado antes, mas no dia 7 de abril sai a Sekaiju no Meikyuu III Seikai no Raihousya Original Soundtrack, com três CDs e número de catálogo VGCD-0185. Como de costume, inclui as versões do DS e as pioradas, por assim dizer, do antigo computador PC-8801. Mas mais empolgado estou para a Sekaiju no Meikyuu III Seikai no Raihousya Super Arrange Version, prevista para 12 de maio, com catálogo VGCD-0189. Se repetir a qualidade dos antecessores promete ser o álbum arranjado do ano – aguardo por releituras do Norihiko Hibino, integrantes do Black Mages (já tivemos Michio Okamiya e Kenichiro Fukui) e principalmente a [H.].

“Music 06”
“Music 07”
“Music 08”

[via Sekaiju no Meikyuu III]

E mais outros dois samples de Sekaiju no MeiQ³


Por Alexei Barros

Alguém me diga que haverá um álbum Super Arrange Version do Sekaiju no MeiQ³. Com participação da [H.] como no Sekaiju  no MeiQ², por favor. Porque o quarto sample liberado no site oficial retomou a minha empolgação da primeira amostra: uma música animada, grudenta, que a mim combinaria com um arranjo jazz fusion. Também saiu a quinta, e esta tem toda a cara de tema de tela-título, com a abertura à la Actraiser.

Ouça, enfim:

“Music 04”
“Music 05”

[via Sekaiju no Meikyuu III]

Mais dois samples de Sekaiju no MeiQ³


Por Alexei Barros

Quando fui visitar o site do Sekaiju no MeiQ³ na expectativa de uma nova amostra, não havia um, mas dois novos samples da trilha criada pelo Yuzo koshiro. Depois do espanto causado pela primeira faixa, as duas não impressionaram tanto. A “Music 02” me parece uma música de dungeon, ao passo que a “Music 03” tem o estilo de tema de combate, com timbres de bateria. Ambas têm aquela roupagem retrô típica do chip do PC-8801.

Como sempre, subi no Goear para o seu conforto, e alertarei se surgirem novidades.

“Music 02”
“Music 03”

[via Sekaiju no Meikyuu III]

O primeiro sample de Sekaiju no MeiQ³


Por Alexei Barros

Não é só o Yasunori Mitsuda que está oferecendo presentes natalinos auditivos para os fãs. O Yuzo Koshiro resolveu fazer o mesmo com o recém-anunciado Sekaiju no MeiQ³ para DS, oferecendo o sample do tema de batalha do jogo, à moda do que aconteceu com as amostras homeopáticas do 7th Dragon – esse sim que estava curioso para jogar não anunciam no ocidente.

Se os meus ouvidos não me traíram, a música traz o característico timbre do chip de som do PC-8801 – as OSTs dos dois primeiros jogos da série Etrian Odyssey vinham com as faixas na qualidade do DS e na desse antigo computador da NEC Corporation que o Koshirão adora. Achei a composição alucinadamente empolgante. Permita-me um comentário que eu nunca fiz antes: já vislumbro a versão orquestrada.

O sample de cerca de 50 segundos pode ser escutado no site oficial do jogo, mas, mais uma vez, eu subi no Goear se assim você preferir:

“Music 01”

[via Nobuooo]

A terceira odisseia koshiriana

Por Alexei Barros

Parece até que foi combinado: no sábado, 12 de dezembro, o mestre Koshirão completou 42 anos de vida e, dois dias depois, 14 de dezembro, foi apresentado o trailer de Sekaiju no MeiQ³, terceira iteração da série conhecida por aqui como Etrian Odyssey.

Ultimamente tenho acompanhado mais as trilhas dos jogos do que os jogos em si, e nesse caso então… devo ficar apenas com a parte musical. Eu tentei gostar dos dois primeiros, mas não dá. Antes que dois meses depois de ter escrito este post brotem do nada os defensores da série proferindo impropérios que questionam a qualidade do sistema de educação nacional, justifico: não me empolgo com dungeon crawlers, em especial os de dificuldade impiedosa, injusta e injustificada como de Etrian Odyssey.

Posto isto, aguardo somente pelo álbum promocional que virá com o jogo (sai 4 de março de 2010), que dará uma amostra das músicas que o Yuzo Koshiro prepara para a continuação. Mais do que nunca torcerei para uma reedição da parceria com o abrasileirado Norihiko Hibino para um álbum como o Live Music by Piano and Strings: Sekaiju no MeiQ I & II Super Arrange Version e, sobretudo, como os superarranjados Sekaiju no MeiQ Super Arrange Version e Sekaiju no MeiQ² *shoou no seihai* Super Arrange Version – não me canso de ouvir a “Town – The Wind Doesn’t Draw Heroes” da [H.].

Abaixo o mencionado trailer, com as características faixas old-school de fundo.


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej

%d blogueiros gostam disto: