Textos categorizados 'Sayuri Sugawara'

Final Fantasy XIII: trailer japonês x trailer internacional

Por Alexei Barros

Cá estou para comentar novamente a utilização da “My Hands” na versão em inglês de Final Fantasy XIII. Aquela música do álbum Echo da Leona Lewis que a Square Enix nem se deu ao trabalho de fazer um arranjo novo para o jogo. E vai ser quase impossível alguém me convencer de que não ficou completamente deslocada. Talvez seja prematuro afirmar com tanta contundência baseando-se em um mero trailer, mas o vídeo com a canção licenciada parece uma montagem amadora feita por usuários do YouTube – quase sempre de resultado nefando.

Seja com “My Hands” ou com “Kimi ga iru kara”, a canção-tema é apenas uma música do total de 85 faixas da trilha sonora que sairá dia 27 de janeiro, e estou cada vez mais ansioso porque os samples no site da Square Enix já prometem bastante. Masashi Hamauzu parece ter ousado sobremodo: a faixa 10 do terceiro disco, por exemplo, é uma releitura eletrônica cantada do tema dos chocobos. A primeira do mesmo CD tem uma levada smooth jazz que nunca ouvi nada parecido antes em Final Fantasy.

Trailer japonês:

Trailer internacional:

Tudo baseado nas dicas do Fabão via Twitter.

A canção-tema e as quatro novas músicas do site oficial de Final Fantasy XIII

Final Fantasy XIII

Por Alexei Barros

As novidades da parte musical de Final Fantasy XIII não param de aparecer em decorrência da iminência do lançamento do jogo. A expectativa só aumenta…

Em recente nota em seu blog, o compositor Masashi Hamauzu revelou que a trilha sonora conta com performance da Warsaw National Philharmonic Orchestra, que tem um currículo considerável de jogos japoneses, como Suikoden II, Ominusha 3, Ace Combat V: The Unsung War, Phantasy Star Universe e Ragnarok Online II. Além da popularidade entre compositores nipônicos, Hamauzu comentou que a orquestra polonesa foi usada em doramas (novelas) e animes, e se especializou nas músicas de Karol Szymanowski.

No que se refere à gravação, os engenheiros e o maestro compreenderam rapidamente o que os japoneses ambicionavam, e o regente achou as músicas empolgantes e muito intensas.  Yoshihisa Hirano (Dirge of Cerberus), que cuidou da orquestração, disse que a gravação não foi muito fácil. De volta ao Japão, os responsáveis pela trilha ficaram satisfeitos com o resultado. O trabalho principal está cumprido, mas falta Hamauzu definir as ordens das faixas, o que é uma tarefa complexa dado o grande volume de músicas, e escrever as liner notes do álbum que sai dia 27 de janeiro.

Ademais, o site oficial trouxe quatro novas composições (os nomes abaixo não são os oficiais), devidamente separadas e comentadas abaixo. Também já é possível ouvir a versão completa da canção-tema com a voz da Sayuri Sugawara.

- “Kimi ga iru kara”

O single Kimi ga iru kara só sairá no dia 2 de dezembro, mas uma figura solidária ripou a faixa de uma transmissão de rádio, e um usuário do fórum do SEMO tratou de avisar a boa notícia. Para completar, o Fabão não se contentou em transcrever a letra da canção para o alfabeto romano, como a verteu para português no Gamer Lifestyle.

Genérica é um termo forte, porém achei a canção apenas OK. É uma balada J-pop à moda de Nobuo Uematsu, só que a composição foi feita pelo Masashi Hamauzu, que poderia ter ousado um pouco mais – se bem que ele deve ter sido impelido pelos produtores a escrever uma música nos moldes dos temas anteriores.

- “Battle Theme (Piano & Strings)”

Lembra-se do “Battle Theme”? Das conhecidas, é uma das músicas mais marcantes até agora, que ficou sublime nessa versão mais tranquila, salientando as notas no piano e a singeleza das cordas. Se o álbum Vielen Dank tivesse faixas do FFXIII o arranjo ficaria muito perto disso.

- “Valliant”

Uma música que remete ao estilo característico do Hayato Matsuo, com ênfase na percussão ditando o compasso da orquestra. Transmite tensão, nervosismo.

- “Patriotic (Variation)”

Minimalista a princípio, a faixa começa de fato a partir de 1:30, com as cordas majestosas reproduzindo uma melodia lindíssima, até o minimalismo retomar a música.

- “Chocobo Theme”

Por favor me responda: o que é esse tema do Chocobo? Não sei nem se a composição será creditada ao Nobuo Uematsu, porque é uma injustiça dar somente o crédito de arranjo ao Hamauzu. Ele simplesmente reinventou a música. Guiada por uma levada jazzística ainda mais inspirada que a “Brass de Chocobo” do Final Fantasy X, a percussão e os trompetes soam maravilhosos. A melhor versão da faixa dos Chocobos.

Extremamente grato ao Fabão pela tradução das informações.

Os destaques musicais da Final Fantasy XIII Premiere Party

Final Fantasy XIII Premiere Party

Por Alexei Barros

Aconteceu há tanto tempo que até dá vergonha de voltar a falar. Mas ao menos a demora foi o suficiente para informações serem confirmadas e o trailer divulgado. No dia 8 de setembro aconteceu em Tóquio, Japão a Final Fantasy XIII Premiere Party para maiores novidades referentes ao lançamento que no Japão acontecerá dia 7 de dezembro. Provável que já nesse ano seja publicada a Original Soundtrack. Aqui no Brasil aconteceu às 7 horas da manhã, e se soubesse que haveria novidades das músicas – não só novidades, mas uma apresentação – também acordaria mais cedo.

Como a princípio toda a trilha seria do Masashi Hamauzu e a canção assinada pelo Nobuo Uematsu, logo chamou a atenção a ausência do segundo no evento. Porém, o SEMO confirmou com o compositor em entrevista feita na Alemanha em decorrência do Symphonic Fantasies que ele não mais participará de Final Fantasy XIII, tornando-se o primeiro jogo da série principal (FFX-2 conta?) sem faixas novas de Uematsu – como no FFXII, acho pouco provável que sejam ignorados os temas icônicos “Prelude”, “Final Fantasy”, “Chocobo!” e “Fanfare”. De acordo com o diretor da Dog Ear Records, Hiroki Ogawa, Uematsu decidiu deixar a trilha inteira a cargo do Hamauzu depois que ele foi escalado para o FFXIV, que será o seu primeiro trabalho solo desde FFIX. Com isso, tenho quase certeza de que jamais haverá FFXIII em uma apresentação da série se prevalecer a tradição do monopólio do Uematsu. Nunca ouviremos versões ao vivo de obras-primas como o concerto para piano “Decisive Battle” (FFX).

Sayuri SugawaraHamauzu então compôs duas canções para o jogo: “Kimi ga Iru Kara” (“Because You Are” em inglês) e “Eternal Love”, ambas cantadas pela pouco conhecida artista J-pop Sayuri Sugawara, que escreveu as letras juntamente com a Yukino Nakajima. O musicista sin fez o arranjo. O single com as canções está programado para sair dia 2 de dezembro.

Em relação ao restante, Hamauzu completou a maior parte da trilha no ano passado. Como a mixagem, arranjo, orquestração e gravação foram terceirizados, foi possível que ele composse de 20 a 30 músicas por mês, um feito e tanto. O site do compositor Yoshihasa Hirano revelou que foram gravadas performances da Warsaw Symphony Orchestra na Polônia. Embora não tenha sido confirmado, é provável que Hirano repetiu a participação no Dirge of Cerberus: Final Fantasy VII.

Na FFXIII Premiere Party, a “Kimi ga Iru Kara” foi tocada na hora e outras faixas orquestradas com um grupo de cerca de 30 instrumentistas. Nenhum relato lista detalhadamente quais músicas foram tocadas e, para piorar, todos os registros estão picotados – como odeio isso. Mas também do que reclamo, esse tipo de apresentação não costuma ser gravada. Sei que há outros, mas me concentrei em três vídeos: o primeiro com panorama geral, o segundo com a performance completa da “Boss Battle” e o outro com o trailer revelado na TGS 2009, já com outras músicas e a amostragem da canção-tema.

Flashes da apresentação

Tema de chefe

Trailer da TGS 2009

Agradecimentos ao Fabão por muitas das informações aqui publicadas.

[via Square Enix, SEMO e 4Gamer.net]


RSS

Twitter

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.513 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: