Posts Tagged 'Noriko Matsueda'

“Battle Medley” – Chrono Trigger (Meine Meinung)

Por Alexei Barros

Por mais que existam centenas e centenas de arranjos de Chrono Trigger, os temas de combate acabam sendo deixados para escanteio – exceção ao “Battle with Magus”, que de uns tempos para cá ganhou interpretações orquestrais.

Veja, por exemplo, a “Battle 1” . É uma das músicas que você mais escuta durante o jogo pela grande fartura de batalhas ao longo do jogo. Isso que os combates não são aleatórios. Outro caso é a “Boss Battle 1”, a única faixa da trilha assinada pela Noriko Matsueda. Por não ser do Yasunori Mitsuda e do Nobuo Uematsu, a ótima composição, acelerada e tudo mais, também não é muito lembrada. Justamente as duas estão presentes no medley da banda Meine Meinung. Excelente? Sem dúvidas. Japonesa? Evidente.

Vou fazer uma confissão: não sou lá muito fã de arranjos 100% acústicos. Sinto falta dos instrumentos elétricos. Mas, neste caso, a qualidade é tão suprema que não fiquei com saudade de baixo elétrico ou guitarra. Claro que muito se deve pela excelência dos instrumentistas e microfonação profissional na captação de áudio.

Dois violões, percussão e baixo acústico formam o quarteto plenamente entrosado e inspirado. Mal a “Battle 1” é tocada – destaque para as linhas graves reproduzidas pelo incansável contrabaixista –, um dos violões já faz um solo espetacular. Na sequência, vem a “Boss Battle 1”, na qual o contrabaixista toca em dado momento usando o arco do instrumento. Fugindo daquele formato convencional de uma única referência a cada música no medley, a peça volta rápido para a “Battle 1” , vai de novo para a “Boss Battle 1”, culminando na “Fanfare 1 (Lucca’s Theme)”. Uma perfeição.

– “Battle Medley”
“Battle 1”“Boss Battle 1”“Battle 1” ~ “Boss Battle 1” ~ “Fanfare 1 (Lucca’s Theme)”

Anúncios

“1000 Words Orchestra Version” – Final Fantasy X-2 (Beginning of Fantasy)

Por Alexei Barros

Vou me abster de comentar sobre Final Fantasy X-2. Primeiro, porque vergonhosamente (ou felizmente) nunca joguei. Segundo, porque é muito provável que se eu inserir qualquer adjetivo na frente do jogo, daqui a alguns meses, do nada, surgirá um comentário desse naipe. Ou pior.

Independentemente disso, o fato é que todos os concertos de Final Fantasy monopolizam o trabalho de Nobuo Uematsu. A “Song of Prayer” (FFX) no Voices music from Final Fantasy é uma exceção da regra, pois foi executado um tema de outro músico, mas talvez não dê para considerar porque é uma composição conjunta do Uematsu com o Masashi Hamauzu.

A outra vez foi nesse espetáculo indonésio Beginning of Fantasy, em que tocaram a “1000 Words Orchestra Version” do mencionado FFX-2, precisamente o único episódio da série principal sem qualquer envolvimento de Uematsu – se é que dá para considerar o FF X-2 canônico.

Assinada pela dupla Noriko Matsueda (compositora de “Boss Battle 1” do Chrono Trigger) e Takahito Eguchi (participou de Sonic the Hedgehog da nova geração), a canção que segue o estilo pop do Uematsu tem a voz da Kumi Koda nas originais: “1000 Words (FFX-2 Mix)” e a orquestrada “1000 Words Orchestra Version”. Na apresentação, é a cantora Sherina quem reproduz com perfeição a bela música. O solo de violino também é pleno – na música com banda o solo é feito pelo violão.


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: