Posts Tagged 'Nederlands Philharmonisch Orkest'

Final Symphony II: sucesso absoluto em 2015

l_561c726a566b3

Thomas Boecker, Mischa Cheung, Masashi Hamauzu, Nobuo Uematsu, Eckehard Stier e os instrumentistas da LSO são ovacionados ao fim de uma das apresentações no Japão

Por Alexei Barros

Faz tempo que não falo do Final Symphony II, mas o concerto com músicas de Final Fantasy V, VIII, IX e XIII foi um imenso sucesso nas apresentações na Alemanha, Inglaterra e Japão em 2015.

Aliás, no espetáculo de Londres Nobuo Uematsu e o produtor Thomas Boecker ganharam prêmios do Guinness World Records. Uematsu recebeu o prêmio de compositor mais tocado em concertos de games e Boecker foi condecorado por ter produzido o primeiro concerto de games fora do Japão, o First Symphonic Game Music Concert em 2003. Não bastasse isso, Boecker também foi agraciado em novembro com o prêmio “Cultural and Creative Pilots” do governo federal da Alemanha.

Como não poderia deixar de ser, outro momento marcante neste ano foi a miniturnê do Final Symphony II no Japão, com uma apresentação em Osaka e duas em Yokohama com a London Symphony Orchestra e as presenças de Nobuo Uematsu e Masashi Hamauzu. Além deles, os compositores Koji Kondo, Yoko Shimomura, Mahito Yokota e Takenobu Mitsuyoshi assistiram ao espetáculo e ninguém menos do que Hironobu Sakaguchi, criador de Final Fantasy, também esteve presente. O público japonês, tradicionalmente tímido, aplaudiu efusivamente o concerto.

E não vai parar por aí. Em 2016, o Final Symphony II terá novas apresentações. No dia 1 de abril, o Tampere Hall na Finlândia receberá a Tampere Philharmonic Orchestra e o pianista Mischa Cheung, com a regência de Kimmo Tullila. Já em 9 de junho, será a vez da Royal Stockholm Philharmonic Orchestra e do pianista Terés Löf tocarem no Stockholm Concert Hall na Suécia sob a batuta da maestrina Giedré Slekyté. Nesta última apresentação, Masashi Hamauzu será um convidado.

Além disso, o primeiro Final Symphony vai ganhar uma apresentação em Amsterdã, Holanda, no dia 7 de maio de 2016, com a Nederlands Philharmonisch Orkest e a pianista Katharina Treutler com o maestro Eckehard Stier. Da mesma forma, em 21 de outubro esse concerto chegará à cidade de Auckland, na Nova Zelândia. Novamente com Eckehard Stier na regência, a performance será da Auckland Philharmonia Orchestra e do pianista Stephen de Pledge no Aotea Centre.

E no dia 6 de outubro, o Symphonic Fantasies, originalmente tocado em 2009, ganhará uma reapresentação no Barbican Hall em Londres, Inglaterra, dessa vez com a London Symphony Orchestra e o London Symphony Chorus com Eckehard Stier. Além de Slava Sidorenko no piano, o concerto terá o percussionista Rony Barrak na darbuka.

Falando do Barbican Hall, os dois vídeos abaixo dão uma amostra da excelência do Final Symphony II. No primeiro aparecem apenas as músicas, enquanto que no outro há depoimentos de fãs de game music intercalados com as cenas do concerto em Londres. Agora é esperar pelo álbum do Final Symphony II…

Anúncios

RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: