Posts Tagged 'Michiru Oshima'

“ICO -You were there-” – ICO (Nonsuke)

Por Alexei Barros

Graças ao relançamento em alta definição na coletânea ICO and Shadow of the Colossus: The Collection para PlayStation 3 programado para o primeiro semestre, o primeiro clássico de Fumito Ueda está em alta. O tema de encerramento “ICO -You were there-” foi tocado no Press Start 2010, sendo que a série japonesa já havia executado no Press Start 2006, cinco anos depois do lançamento original – ou seja, sem hype algum.

Já havia mostrado em abril de 2009 a “ICO -You were there-” na versão do Fukuman, com o violino sobrepondo a canção original. Mas a performance do Nonsuke é superior, criando um fabuloso duo de piano e violoncelo, sendo que ele tocou os dois. Além da habilidade multiinstrumentista, é de se elogiar a sensibilidade na interpretação, o que é essencial para uma composição emotiva como a da Michiru Oshima.

Press Start 2010: ICO, Mega Man 2 e Rhythm Heaven

Por Alexei Barros

A mais nova trinca de atualizações do set list do Press Start 2010 tem tudo para ser a última, pois totaliza 13 números, a menos que por comemorar os cinco anos da série seja feito um programa maior, o que duvido muito. Acredito que é a mais decepcionante de todas, porque os três jogos são reprises de concertos passados. Com um desânimo que normalmente não encararia o Press Start, vamos às novidades:

– ICO: “ICO -You were there-”

Em 2006, já existia Shadow of the Colossus. Mesmo assim, no concerto de estreia, o time de organizadores preferiu ir contra o hype e tocar o tema de encerramento do cult ICO, lançado em 2001 e, pelo que me consta, não vendeu lá muito bem no Japão. Escolhas como estas fizeram crescer o respeito para o concerto. No texto de anúncio, Kazushige Nojima salienta que ICO está prestes a completar dez anos (dá para acreditar?), e que ocasionalmente o joga, porque fica fascinado pelo conceito minimalista. Também relembrou o nome da compositora Michiru Oshima, que fez o arranjo especialmente para o concerto. Aliás, muito talentosa e que merecia ter performances de músicas de outros trabalhos mais obscuros (Genghis Khan e Taikou Risshiden, por exemplo, ambos da Koei). Como curiosidade, vale lembrar que a canção, na trilha original, era cantada pelo jovem britânico Steven Geraghty, nascido em 1987. Ao vivo, o garoto foi substituído pela Maki Kimura. Acredito que ela volte em 2010.

– Mega Man 2

De novo vou bater na mesma tecla das outras atualizações: por que Mega Man 2 mais uma vez e não Mega Man 3 ou Mega Man X? Pelo menos, o arranjo do Kazuhiko Toyama executado no Press Start 2008 era bem interessante (ouvi só o da versão chinesa), e valeu pelo pioneirismo – as energéticas músicas, uma das mais memoráveis de todos os tempos, jamais tinham sido orquestradas. Masahiro Sakurai, como em 2008, comunicou a novidade, falando a respeito do quanto ele gosta do jogo desde 1988.

– Rhythm Heaven: “Ninja”

Como que nunca teve Metroid e Donkey Kong, mas sim Rhythm Heaven não me pergunte, porque não faço ideia. O jogo de ritmo para DS conhecido no Japão como Rhythm Tengoku Gold originou no Press Start 2009 um segmento interativo à moda do Video Games Live, em que uma pessoa da plateia era convidada para subir ao palco e acompanhar o ritmo da música com tamborins. Pelo jeito, deve ter feito o maior sucesso, como Nobuo Uematsu comentou no texto.

Set list até o momento:

01 – Chrono Trigger & Cross
02 – NES Medley
03 – Muramasa: The Demon Blade
04 – Mother
05 – New Super Mario Bros. Wii
06 – The Legend of Zelda
07 – Metal Gear Solid: Peace Walker
08 – Wild Arms
09 – Namco Arcade Medley 2010
10 – Final Fantasy X

[via PRESS START]

“ICO -You were there-” – ICO (Fukuman)

Por Alexei Barros

Michiru Oshima é mais uma que fez músicas para as mais variadas esferas: comerciais, filmes, programas de TV e videogames. Compôs para obscuros Taikou Risshiden (Mega Drive e Super Famicom) e Genghis Khan (MSX, NES e PC) da Koei – duas trilhas fabulosas, aliás – e o RPG Legend of Legaia (PlayStation). Mas o mais renomado trabalho gamístico dela é ICO, para não falar do arranjo das três peças orquestradas de The Legend of Zelda: Twilight Princess.

O tema dos créditos “ICO -You were there-” cantado pelo vocalista britânico Steven Geraghty e lembrado no Press Start 2006, foi escolhido por mais um exímio violinista do Nico Nico Douga, e que não é o The Screamer. Em versão instrumental, a climática canção ficou simplesmente sublime com a melodia entoada pelo violino, que estava inexistente na original. Mais uma típica amostra de criatividade e ousadia nipônica.


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej

%d blogueiros gostam disto: