Posts Tagged 'Mega Drive'

Time Trax: uma trilha à frente do tempo no Mega Drive que só veio à tona em 2013


Por Alexei Barros

Acredito que 98% dos posts que escrevo aqui são de compositores japoneses – o restante é dedicado a poucos nomes ocidentais que gosto, como David Wise e Richard Jacques. Mais recentemente, entre tantos caras citados em sites de game music, passei a admirar o trabalho do britânico de nome Tim Follin, que os mais inteirados em jogos antigos já devem conhecer.

Como Yuzo Koshiro, o Tim Follin é um daqueles compositores das antigas que tiravam leite de pedra, conseguindo reproduzir timbres inacreditáveis com chips de som limitados – incrível que, seja por falta de orçamento ou talento, mesmo sem essas restrições, há músicos de hoje em dia que não acertam a mão nos timbres (estou pensando na trilha sintetizada do The Last Story quando falo isso).

Seja no NES, SNES ou então computadores como o Amiga e Commodore 64, ele deixou sua marca com aquelas músicas que você coloca em dúvida se aquilo saiu mesmo de um videogame – ou de um computador.

Um dos trabalhos dele que mais me impressionaram foi para a lata do lixo – isso até julho de 2013. A série de ficção científica de TV Time Trax (desconheço por completo) originaria duas adaptações 16-bit, uma para SNES e outra para Mega Drive. Como de praxe na época, isso ia provocar mais uma discussão entre usuários dos consoles para ver qual delas era melhor. Só que, nesse caso, quem teve um Mega Drive, nem teve chance de argumentar, porque essa versão foi cancelada.

Para cada versão foi escalado um compositor diferente: Richard Joseph, compositor falecido em 2007, ficou com o SNES, ao passo que Tim Follin ficou com o Mega. Por ironia, com todo o respeito ao Joseph que descansa em paz, o trabalho dele não foi nem sombra do Follin, justamente a trilha que foi feita para nada porque o jogo não foi lançado. Para completar, a trilha do Time Trax foi a única que Follin compôs para o Mega Drive e que usaria um driver de som relativamente avançado desenvolvido por Dean Belfield, programador da época do ZX Spectrum e Amstrad CPC.

Já há algum tempo, alguém subiu no YouTube o tema da tela-título e fiquei completamente absorto pela genialidade da música. Felizmente, em julho de 2013, a ROM do protótipo foi dumpada e a trilha ripada, permitindo conhecer mais cinco músicas que Tim Follin havia feito para o jogo. Os nomes acredito não serem oficiais, apenas são identificações genéricas para diferenciar uma faixa da outra.

Comentarei brevemente cada uma delas e peço que você faça o favor de ouvi-las. Todas. Mais de uma vez, se possível. As faixas estão separadas aí embaixo, mas, se você preferir, pode escutá-las continuamente via YouTube.

00:00 – “Title”

Choque… É inacreditável que essa densidade tenha saído do chip YM2612 da Yamaha. Se você prestar atenção, a sonoridade não deixa mentir que se trata de um Mega Drive. Em meio às múltiplas camadas de sons, surge um timbre que lembra mais uma guitarra, seguindo por linhas melódicas criativas. Genial!

04:42 – “Mission Objective”

Essa música provavelmente tem os cinco segundos iniciais mais fantásticos da história do Mega (frase que não deve ser levada a muito sério, porque foi dita por alguém que jogou poucos clássicos do console). Reminiscências dos sons espaciais da tela-título aparecem e, lá para um minuto, a música ganha uma pegada mais jazzística. Mais um pouco e e eu me sentiria navegando pelos menus do Gran Turismo…

12:28 – “Ingame 1”

A meu ver não tão inspirada quanto as demais, a faixa apresenta uma introdução com muita cara de música de jogos de computador em MIDI. Quem jogava FPSs na época do DOS deve se sentir em casa (eu me senti).

04:42 – “Ingame 2”

Retornando à pegada do tela-título, o timbre de guitarra dá o ar da graça, mas os solos alternados são alucinantes e surpreendentes. Para fechar, a guitarra também surge em um solo empolgante.

12:28 – “Ingame 3”

Tema mais pesado que, entre grandes momentos da guitarra sintetizada, apresenta timbres bem característicos do chip de som do Mega Drive.

17:49 – “Game Over”

Apenas 15 segundos de uma guitarra berrante e sons psicodélicos. Tira na hora a frustração de o jogo ter acabado…

Você quer saber um segredo, digo, ver uma reportagem?

Por Claudio Prandoni

Mais Beatles: Rock Band? Sim, mais Beatles: Rock Band. E não, você não acessou o Gamer.BR, capitaneado pelo multimusical Pablo Miyazawa que vem se dedicando a uma robusta cobertura do game.

No caso, trata-se de uma reportagem veiculada nesta madrugada de 8 de setembro para 9 de setembro (vulgo também dia de lançamento do jogo) no Jornal da Globo.

O vídeo encerrou o programa jornalístico e falou brevemente sobre o título, divagando – ainda que de forma meio tropeçante – no Guitar Idol, belo jogo musical produzido pela Tectoy para Mega Drive que conta com bandas brasileiras, um feito inédito no gênero.

Comerciais gamers: Sonic the Hedgehog japonês

Por Alexei Barros

Quando os aficionados do Sonic se decepcionam com as recentes afrontas do Sonic Team, a única forma de se recuperar da overdose de mediocridade é com doses de nostalgia. Mas se você for fã dele, recomendo que não assista ao comercial referente ao primeiro jogo para Mega. Pode estragar todas as suas boas memórias da era 16-bits. Vemos o pobre ouriço feito de massa de modelar dançar break em cima de um carro com uma animação deplorável. Tente não achar ridículo.

Pré-venda especial de SEGA Mega Drive Ultimate Collection virá com trilha sonora promocional… em vinil!

SEGA Mega Drive Ultimate Collection Limited Edition Vinyl Soundtrack
Por Alexei Barros

Em tempos de MP3, iPod e iTunes, há sempre os saudosistas que sentem saudade de manipular os CDs e, voltando mais tempo, as caixas dos ultrapassados LPs. Isso de música em geral. Como de game music os lançamentos são menos velhos, coisa de 25 anos para cá, poucas trilhas foram publicadas nos discos de vinil, como o pioneiro Video Game Music (1984), e  dois dos primeiros trabalhos do Nobuo Uematsu: Cruise Chaser Blassty (1986) e Alpha (1986). A maioria é em CD mesmo.

Em pleno 2009, na iminência da segunda década do século XXI, na era da alta definição, a SEGA toma uma medida inusitada, ensandecida e ao mesmo tempo sensacional. Na Europa e Austrália, quem comprar a coletânea SEGA Mega Drive Ultimate Collection (Sonic’s Ultimate Genesis Collection nos Estados Unidos) do PlayStation 3 e Xbox 360 em pré-venda especial, levará um bolachão 12’’ com seis músicas de jogos do Mega Drive nas versões originais. Apenas 3500 unidades do SEGA Mega Drive Ultimate Collection Limited Edition Vinyl Soundtrack foram fabricadas. O número 1 está à venda no eBay, e o montante arrecadado será doado para instituições de combate ao câncer na Austrália.

O lançamento é um paradoxo – HD e vinil? -, sem falar que mesmo na época do Mega Drive o formato estava em decadência. Quem comprar deve guardar o artefato lacrado na estante, não por querer preservá-lo, mas por não ter uma vitrola para reproduzir as faixas.

Lado A
01 “Main Theme” – Space Harrier (Hiroshi Kawaguchi)
02 “Star Humming” – Ristar (Tomoko Sasaki)
03 “Day 3 (Tidal Surge)” – Vectorman (Jon Holland)

Lado B
04 “Turtle Village” – Golden Axe (Tohru Nakabayashi)
05 “Restration” – Phantasy Star II (Tokuhiko Uwabo)
06 “Scene 18 (Shout and Twist)” – Vectorman 2 (Jon Holland)

Comerciais gamers: Moonwalker + bonequinho do Michael Jackson no Thriller

Por Claudio Prandoni

moonwalker_genesisQuando comecei a fazer este post eu estava apenas procurando algo aleatoriamente bacana sobre o Moonwalker para justificar a galeria de imagens do fantástico bonequinho do Michael Jackson no clipe de Thriller logo abaixo. Porém, acabei lembrando de toda aquela história que o Geraldão adora de “SEGA does what Nintendon’t” (trocadalho genial, hein).

Procura vai, procura vem e topei com o próprio e verdadeiríssimo comercial do Moonwalker de Mega Drive. Completo com excertos do clipe de Smooth Criminal, o bordão brega acima e até imagens do MJ Daileon robótico.

Mas vamos ao prato principal: miniaturas em plástico PVC de MJ no clipe de Thriller. Duas versões, Michael Jackson (o verdadeiro) e Zombie Michael. Produção da Plastic Arts e Neugramm.

10720-550x-mjthrillerfigures28

Caso seja mais purista em relação ao único rei do pop, em breve terá a opção também de adquirir a action figure comemorativa ao visual Billie Jean na turnê HIStory. Custará 200 doletas, mas é tão bem feita que não me parece tão absurdamente cara quanto as figuras de Final Fantasy.

10367-550x-391adsc_0788a_3x4a 10362-550x-391dsc_5214a_3x4

Imagens mil depois do pulo intercontinental logo abaixo:

Continue lendo ‘Comerciais gamers: Moonwalker + bonequinho do Michael Jackson no Thriller’

Comerciais gamers: Mega Drive na Índia

Por Claudio Prandoni

Maestro Barros deu início de maneira esplendorosa à categoria Comerciais Gamers e agora dou continuidade com um vídeo que quase estreou também a classe – só perdeu para a falta de brilho marcante da fraude que é Super Mario Bros. 2.

Neste caso aqui, um comercial divulgado pela SEGA na Índia para promover o Mega Drive de maneira, err… inusitada. E um Sonic com voz de taquara rachada.

All your Mortal Tetris The IT Crowd Kombat Lemmings are belong to us!

Por Claudio Prandoni

Momento nostalgia túnel do tempo laborial: eu e maestro Barros fomos responsáveis durante muito tempo pela Arena Magazine, uma revista digital sobre cultura pop exclusiva do portal Arena Turbo.

Maestro editava e eu fazia o café alguns textos.

Certa vez, na edição número 23, de agosto de 2007, o Alexei dissertou sobre o genial seriado The IT Crowd, uma comédia geek cujos alusões a games abundavam. Isso transparecia também nos menus dos DVDs do programa, que mimetizam games clássicos.

A dose foi repetida na segunda temporada e o resultado absolutamente fantástico você confere no vídeo logo acima em que paródias totalmente hilárias de Tetris, Mortal Kombat (o primeiro) e Lemmings são feitas.

Mas a melhor de todas as homenagens é a última que referencia uma das cutscenes mais antológicas de toda a história dos videogames: a abertura da versão ocidental do shooter Zero Wing, de Mega Drive, com o célebre bordão “All Your Base Are Belong To Us”!


RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej

%d blogueiros gostam disto: