Posts Tagged 'Atsuko Asahi'

Arms: um envolvente tema principal e sua deliciosa rendição 8-bit


Por Alexei Barros

O que eu ultimamente mais estou gostando de ver na Nintendo é o ímpeto para apostar em novas franquias, ainda mais numa época em que o mercado se mostra muito mais receptivo para novas IPs do que há 15 anos. E a parte mais interessante disso é ver compositores novatos da casa criando temas icônicos, o que antes parecia ser privilégio de nomes da velha guarda, como Koji Kondo e Hirokazu Tanaka (obviamente estou me limitando aos principais nessa rápida menção).

O caso mais recente dessa ousadia nintendista é Arms, jogo de luta cujo tema principal já me fisgou desde o vídeo de revelação do Switch em janeiro deste ano. Antes mesmo do lançamento do jogo, essa música já podia ser ouvida na íntegra.

Os atabaques, os apitos e o canto de torcida me trouxeram lembranças da já saudosa trilha do Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Game, embora não tenham nenhum compositor em comum. Infelizmente, ainda não existe um álbum da trilha sonora de Arms para revelar os instrumentistas das músicas, já que o jogo é bem lacônico nos créditos, citando apenas a performance da Arms Band, além dos nomes dos compositores Atsuko Asahi e Yasuaki Iwata (os mesmos que trabalharam na magnífica trilha de Mario Kart 8).

De toda forma, a maioria da trilha de Arms passeia por variações desse tema, mas as faixas dos estágios reservam algumas surpresas, como o tema “Ninja College (Ninjara’s Stage)”, com solos de shamisen que me lembraram a “Daddy Mulk” do Ninja Warriors.

Além do tema principal que muitos já devem ter ouvido, deixo como recomendação esta excelente versão chiptune de autoria do Loeder, o que nos faz confundir a cabeça e imaginar que essa franquia poderia existir desde a geração 8-bit.

Anúncios

Super Mario Bros. 30th Anniversary Live: o melhor espetáculo da galáxia

Mario 30th_01

O palco recriou os detalhes do cenário de Super Mario Bros., mas as cortinas lembram mais a abertura de Super Mario Bros. 3

Por Alexei Barros

Tenho para mim o Mario & Zelda Big Band Live CD como uma das apresentações mais importantes de game music de todos os tempos, mas ela foi facilmente superada pelo Super Mario Bros. 30th Anniversary Live. Realizado nos dias 20 de setembro em Osaka e 21 do mesmo mês em Tóquio, o espetáculo fez por merecer o legado musical de 30 anos da série e contou com as aparições de Koji Kondo, Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuka.

Por que estou tão convicto disso? Normalmente, eu recorro aos sites japoneses para garimpar informações usando o tradutor do Google e dessa vez foi feito até um report em inglês do evento no US Gamer assinado pelo jornalista Jeremy Parish. Pois então, o post nesses moldes já estava praticamente redigido, quando descobri que uma alma caridosa publicou no YouTube uma gravação da plateia do espetáculo em Osaka. Lá fui eu ouvir sem muita expectativa… Resultado: por diversas vezes eu tive que parar o que estava fazendo porque fiquei extasiado com a performance simplesmente alucinante com um humilde registro de qualidade 160 kbps. Essa experiência me fez lembrar o já saudoso Press Start, finalizado neste ano, cujas primeiras edições eu me deliciava com meros bootlegs.

Na incerteza de um lançamento oficial – por favor, Nintendo, o CD de um show desse naipe é uma obrigação! –, eu me empolguei a ponto de querer falar individualmente dos segmentos. No caso de o álbum sair, eu me sinto no dever de revisitar o show e me aprofundar nos comentários.

O Super Mario Bros. 30th Anniversary Live contou com uma big band (banda e metais), formada por instrumentistas japoneses (além do trompetista cubano Luis Valle). Em relação àquela relação inicial de músicos, foi feita uma substituição no violino (Sayaka no lugar de Toshihiro Nakanishi). A banda ainda teve os reforços de Hironori Akiyama (guitarra e banjo) e Tomomi Oda (teclado), que chegou até a cantarolar algumas músicas como veremos adiante.

Super Mario Special Band
Direção musical e teclado: Masanori Sasaji
Baixo: Shingo Tanaka
Bateria: Senri Kawaguchi
Guitarra: Kenji Kitajima
Guitarra e banjo: Hironori Akiyama
Percussão: Asa-Chang
Trompete: Koji Nishimura e Luis Valle
Trombone: Eijiro Nakagawa
Trombone baixo: Katsuhisa Asari
Saxofone: Osamu Yoshida, Takuo Yamamoto e Ryoji Ihara
Violino: Sayaka
Teclado e vocal: Tomomi Oda

Mario 30th_02

A big band parece pequena, mas com instrumentistas dessa qualidade nem precisou ser maior. A performance foi fenomenal

Sobre o programa, agora enfim justifico minha afirmação no parágrafo inicial de que o Super Mario Bros. 30th Anniversary Live supera fácil o Mario & Zelda Big Band Live CD. Embora evidentemente esse espetáculo de agora não tenha Zelda, naquela época (2003) não existia as vertentes Super Mario Galaxy, New Super Mario Bros. e Super Mario 3D Land/World. Além disso, os números referentes a jogos antigos, como Super Mario Bros. 3 e World, são muito melhores e, sim, eles tocaram músicas que anos eu esperava por versões arranjadas. A maior surpresa nesse sentido é, enfim, um medley de Mario Kart que ficou simplesmente fantástico. Talvez eu não sobrevivesse se visse esse segmento ao vivo.

Sem mais enrolações, abaixo as considerações sobre cada número. Subi faixa por faixa no Goear, mas, se você preferir, pode escutar o show continuamente no link do YouTube, que também possui o falatório entre um segmento e outro – se você não entender japonês, não tem muito o que ouvir mesmo.
Continue lendo ‘Super Mario Bros. 30th Anniversary Live: o melhor espetáculo da galáxia’


RSS

Twitter

RSS Box art do dia

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: