Press Start 2014: a celebração musical de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS

Como na época do Super Smash Bros. Brawl, o Press Start foi no embalo de um lançamento da série. Neste ano, o primeiro ato inteiro e o bis tiveram relação com o novo jogo para o 3DS


Por Alexei Barros

Se você estava contando os dias para o lançamento de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS eventualmente soube que o jogo saiu 13 de setembro no Japão. Aproveitando a ocasião, o Press Start 2014 aconteceu nesse dia, com duas apresentações no Tokyo Metropolitan Art Space e performance da Kanagawa Philharmonic Orchestra com programa idêntico em ambas as ocasiões. O primeiro ato foi todo dedicado às músicas relacionadas com o jogo portátil, ao passo que o segundo foi mais variado. Seguindo a tradição, confira o set list detalhado para depois saber minhas observações sobre o concerto baseado nas informações que consegui filtrar do report da Famitsu.

Ato I

01. Super Smash Bros. for Nintendo 3DS: “Main Theme”
02. Super Mario Bros.: Medley
03. Super Metroid: “Space Warrior – Samus Aran’s Theme”
04. Star Fox: “Planet Corneria”
05. Donkey Kong Country: “Jungle Level”
06. Animal Crossing: New Leaf: Kotobuki Land Medley
07. Kirby’s Dream Land: “Green Greens”
08. Kid Icarus Uprising: “Dark Pit’s Theme”
09. The Legend of Zelda: Ocarina of Time: “Gerudo Valley”
10. Mega Man 2: Medley
11. Fire Emblem: Shadow Dragon: “Fire Emblem”
12. Pokémon X & Y: Battle! (Trainer Battle)

Ato II

13. Persona 4: “Poem for the Souls of Everybody” ~ “Reach Out To The Truth” ~ “A Corner of Memory”
14. Castlevania: Symphony of the Night: “Dracula’s Castle” ~ “Wood Carving Partita” ~ “Lost Painting” ~ “Dance of Pales” ~ “Death’s Ballad”
15. Etrian Odyssey: “Labyrinth I – Emerald Woodlands [Dungeon 1F~5F]” ~ “Battle – Initial Strike [Normal Battle – First Part]” ~ “Battle – Destruction Begets Decay [Normal Battle – Last Part]” ~ “Labyrinth V – The Fallen Capital of Shinjuku [Dungeon 21F~25F]”
16. Suikoden: “Into a World of Illusions”
17. Toukiden: “The Time of Oni” ~ “Ephemeral” ~ “March of Heroes” (Toukiden: The Age of Demons) ~ “ウタカタ・秋艶” ~ “千年ヲ駆ケシモノ” (Toukiden Kiwami)
18. Pokémon X & Y: “Title Screen” ~ “Kalos Region Theme” ~ “Lumiose City” ~ “Snowbelle City” ~ “The Sun Shines Down”
19. Final Fantasy XIII: “Vanille’s Theme” ~ “Blinded By Light” ~ “Final Fantasy XIII – The Promise”

Bis

20. The Legend of Zelda: Ocarina of Time: “Zelda’s Lullaby” ~ “Song of Storms” ~ Epona’s Song ~ “Song of Time” ~ “Saria’s Song”
21. EarthBound: “Onett”
22. Super Smash Bros. for Nintendo 3DS: “Staff Roll (Super Smash Bros.) Ver. 2”

Frequentemente o Press Start toca composições e/ou arranjos do Koshirão e na maioria das vezes ele está lá para conferir o resultado

– Apropriadamente, o tema principal do jogo abriu o concerto, assim como o “Main Theme” do Super Smash Bros. Brawl fez no Press Start 2007. Com lembranças de diversos temas originais (incluindo o próprio Brawl), a música já é tocada por instrumentos reais na versão original. Resta saber se a performance seguiu a mesma partitura e contou com tudo o que ela tem direito, como guitarra, bateria e saxofone. Não consegui pistas.

– Pela descrição, o medley do Mario é o mesmo do OGC1 e que inclusive já foi tocado no Press Start 2009 e 2013. Quando não é isso, o concerto escolhe muito bem os jogos mais recentes do bigodudo (Super Mario Galaxy, Super Mario Galaxy 2, New Super Mario Bros. Wii), mas ignora por completo o que tem no meio disso (Super Mario Bros. 3, por exemplo, que inclusive possui um medley na própria trilha do Super Smash Bros. for Nintendo 3DS).

– Finalmente teve Metroid! E Star Fox enfim ganhou um segmento exclusivo no Press Start. Aparentemente, o autor do report da Famitsu diz que foram apresentados exatamente os mesmos arranjos tocados no Dairantou Smash Brothers DX Orchestra Concert, concerto realizado em 2002 por ocasião do lançamento do Super Smash Bros. Melee que pode ser considerado um pré-Press Start. O maestro desse espetáculo foi o Taizo Takemoto, o mesmo do Press Start. Eles lembraram que naquele mesmo ano aconteceu o 20020220 music from Final Fantasy, também regido pelo Takemoto. Graças a esses concertos o maestro fortaleceu laços com Masahiro Sakurai e Nobuo Uematsu. Entretanto, apenas Star Fox provém do Dairantou Smash Brothers DX Orchestra Concert, visto que em ambos está creditado o nome do Hirokazu Ando do arranjo da “Planet Corneria”. No caso de Metroid, o segmento em 2002, “Depth of Brinstar”, era somente com as músicas do Hirokazu Tanaka para o primeiro jogo e arranjo do Shogo Sakai. No Press Start 2014 o número é do Super Metroid, com composição de Kenji Yamamoto e arranjo de Shuhei Kamimura.

– E finalmente também teve Donkey Kong Country! Curiosamente, o Dairantou Smash Brothers DX Orchestra Concert  igualmente conta com um arranjo do Shogo Sakai, mas no Press Start 2014 foi executada uma nova releitura do talentoso Kousuke Yamashita. No entanto, com tantas faixas incríveis, me parece meio preguiçoso executar somente o tema da primeira fase. Nesse segmento e no seguinte, do Animal Crossing: New Leaf, que também foi arranjado pelo Yamashita, a Famitsu elogiou o uso de instrumentos de percussão. A minha completa inexperiência com esse segundo jogo me impediu de tentar entender alguma coisa além disso.

A Michiru Yamane vinha aparecendo em muitos concertos no Ocidente, mas isso é incomum no Japão (em 2009, ela também tinha comparecido no Video Games Live em Tóquio)

– O segmento de Kirby aparentemente só contou com a “Green Greens”, o que parece simplório demais para um concerto que já apresentou medleys de Kirby’s Dream Land (2009) e Kirby Air Ride (2012). O atual dublador da bolota rosa, Makiko Ohmoto, subiu ao palco após a performance da música.

– Kid Icarus: Uprising voltou a aparecer no programa, mas com uma música diferente do Press Start 2012, que teve a “Chapter 12: Wrath of the Reset Bomb”, faixa do Yuzo Koshiro. A selecionada em 2014 foi a “Dark Pit’s Theme”, assinada pelo Motoi Sakuraba, um compositor que costuma ser negligenciado em concertos. Como não poderia deixar de ser, o violão foi o grande destaque nessa performance da música e, na seguinte, a “Gerudo Valley” do The Legend of Zelda: Ocarina of Time. Ambas estão presentes no Super Smash Bros. for Nintendo 3DS.

– Contrariando o detalhismo dos reports de concertos japoneses, o segmento de Mega Man 2 não teve as faixas especificadas, dificultando a minha vida na hora de comentar alguma coisa. A julgar pela falta de ousadia da maioria dos segmentos, deve ser o mesmo medley do Mega Man 2 mostrado no Press Start 2008 e 2010. Em se tratando de convidados no Super Smash Bros., não entendo por que só teve Mega Man e não Sonic (que apareceu somente em 2008) e Pac-Man, que faria sua estreia no Press Start.

– Fire Emblem: Shadow Dragon fez parte do programa, mas em um segmento aparentemente muito convencional do tema principal. Sou mais a versão “Fire Emblem Main Theme” com coral do Press Start 2007.

– Persona 4 e Suikoden foram reprises do Press Start 2009 sem quaisquer modificações.

– Castlevania: Symphony of the Night enfim foi executado no Press Start, em um medley com seleções magistrais (a “Dracula’s Castle”, que reclamei da ausência na revelação inicial, foi adicionada posteriormente). Promete ter sido um arranjo e tanto, considerando o estouro que é o “Castlevania Medley” (Press Start 2007), com músicas de jogos precedentes ao SOTN. A Michiru Yamane esteve lá para prestigiar a performance do arranjo que ela mesma preparou.

Após quatro anos do lançamento de FFXIII, o Press Start enfim tocou músicas do RPG em um arranjo exclusivo de Kousuke Yamashita

– Considerando a genialidade das faixas originais, Etrian Odyssey deve ter sido épico. Yuzo Koshiro compareceu ao concerto e no bate-papo no palco foi questionado do motivo para o uso do som FM na trilha. Pelo que entendi, ele queria dar um sentimento nostálgico ao moldes de jogos como Ys e Sorcerian. Aliás, o autor do arranjo não foi ele, mas do pouco conhecido Nijuhachi Haneda.

– Toukiden contou com a participação da imbatível dupla de shamisen e shakuhachi HIDE+HIDE e depois da performance da série não só o compositor Hideki Sakamoto subiu ao palco, como também o produtor Takashi Morinaka.

– Além do Pokémon X & Y presente no bloco do programa correspondente ao Super Smash Bros. for Nintendo 3DS, o mesmo jogo ganhou um medley no segundo ato. O diretor, produtor e compositor Junichi Masuda compareceu, assim como o autor das faixas e arranjador Shota Kageyama, o mesmo responsável pelo medley de Pokémon do Press Start 2011.

– A escolha de faixas do medley do Final Fantasy XIII nem me impressionou muito. Cadê “Born Anew”? Todavia, fiquei empolgado ao saber que a partitura não foi importada do Distant Worlds. Trata-se de um arranjo exclusivo do já citado Kousuke Yamashita. Fiquei curioso…

– O bis se estendeu por mais três números, com mais uma dose de The Legend of Zelda: Ocarina of Time, desta vez em um medley de músicas da Ocarina, além de um pouco de EarthBound e o tema de encerramento do Super Smash Bros. for Nintendo 3DS, que, por sua vez, é arranjo da “Ending ~ Staff Roll” do Super Smash Bros. de Nintendo 64. Foi uma bela jornada musical.

categorie-2-11-avril-2015-press-start-la-mutualite-14h-place-de-concert– Nobuo Uematsu não esteve presente por conta da apresentação da turnê Distant Worlds em Viena, Áustria, mas deixou duas mensagens em vídeo para os espectadores. Uma delas foi de saudação e a outra para anunciar uma novidade incrível. Haverá uma apresentação do Press Start no Mutualité concert hall em Paris, França, no dia 11 de abril de 2015, marcando a estreia do concerto no continente europeu. Além do Japão, o Press Start só havia feito anteriormente duas apresentações na China (em 2007 e 2008) bem modestas para dizer no mínimo. Estarão presentes nada mais, nada menos do que Nobuo Uematsu, Yasunori Mitsuda e Yoko Shimomura (se o Hiroki Kikuta comparecesse, seria praticamente um revival do Symphonic Fantasies em Colônia, Alemanha). Fiquei empolgado com essa novidade porque sendo esse concerto fora do Japão aumenta a probabilidade de surgir uma gravação da plateia, o que permitiria conhecer alguns arranjos que há anos quero ouvir.

Grato ao Fabão por vários detalhes de tradução.

Nobuo Uematsu é recorrente em concertos pelo mundo e uma hora as datas iam entrar em conflito. Resultado: ele só apareceu em vídeo

[via Famitsu, Wildfary, plaza.rakuten.co.jp/lighota]

7 Responses to “Press Start 2014: a celebração musical de Super Smash Bros. for Nintendo 3DS”


  1. 1 Felipe 11/11/2014 às 11:42 pm

    Fui todo empolgado na parte do Suikoden e terminei chorando ao ler a informação que, apesar de curta, causa um impacto semelhante ao de um búfalo desembestado…

    • 2 Alexei Barros 12/11/2014 às 12:17 am

      Hahaha! Putz, pior que desde a revelação já tinha ficado mais ou menos claro que seria uma reprise de 2009. Algo que considero decepcionante mesmo, dada a fartura e qualidade musical de Suikoden (confesso que joguei pouquíssimo, mas sou fã dos diversos álbuns arranjados da série).

      Suponho que você tenha visto este vídeo que publiquei quatro anos atrás (como o tempo passa!) da performance do concerto Score dessa mesma música?

      Eles também tocaram o Suikoden II, mas não publiquei porque o vídeo da gravação está incompleto… =(

      • 3 Felipe 13/11/2014 às 9:36 am

        Tinha visto, mas vi novamente pra afogar as mágoas. O que foi bom porque, nos videos relacionados, apareceram ótimas performances amadoras ao piano!

        Olha que eu nem estava com tanta expectativa, mas a decepção veio mesmo assim. Talvez porque goste muito do game.

        Alexei, depois de tanto tempo, que tal você fazer um novo post da série “músicas que não podem faltar…”? Estava ouvindo outro dia The Legendary Beast, do Final Fantasy VIII, e pensando o quão sensacional seria um arranjo dela pra orquestra.

  2. 4 Farley 13/11/2014 às 8:30 am

    Essa execução do Etrian Odyssey deve ter sido incrível, afinal as faixas originais são excepcionais, me dá arrepios só de imaginar, haha XD
    Dark Pit Theme é uma das minhas composições favoritas do Kid Icarus: Uprising por conta de não cair na mesmice da música do Sakuraba, fiquei curioso em saber como ficou. E Castlevania: Symphony of the Night também parece ter sido bem interessante.

    Sabe se esse Press Start foi gravado? Ou ficaremos no limbo?

    Ah, a música tema desse novo Smash Bros. é a minha favorita na série até o momento (a que eu menos gosto, acredite, é a do Brawl — megalomaníaca demais para o meu gosto). Mas um mistério persiste: quem é o compositor dessa música?

  3. 5 Alexei Barros 13/11/2014 às 2:06 pm

    @Felipe

    Hahaha! É verdade, se não são muitas as performances com orquestra de Suikoden, ao menos os amadores compensam um pouco.

    Hehe, você desenterrou o “músicas que não podem faltar…”, hein… Em um primeiro momento não pretendo fazer e, se escrever, seria mais um “Músicas que não podem faltar no Distant Worlds” mesmo. =p

    Curioso você ter lamentado que a “The Legendary Beast” jamais foi orquestrada, porque, pelas minhas anotações, o Final Fantasy VIII é um dos jogos com maior quantidade de arranjos em concertos de Final Fantasy, superando até mesmo o FFVII.

    Eu procurei pela música no Goear para refrescar a memória e me dei conta que já tinha subido a faixa lá. Procurei pelo título da música no blog e encontrei este post que mal me lembrava dessa medley da Famicom Band que tem essa faixa. Você chegou a ouvir? Não é uma perfeição de performance (sem falar que a Famicom Band não tem instrumentos de corda), mas talvez alivie um pouco o seu desejo de ouvir a “The Legendary Beast” orquestrada.

    @Farley

    Pois é, também fiquei sonhando com esse arranjo do Etrian Odyssey. Por mais que existam diversos álbuns arranjados, ainda queria ouvir um com uma orquestra completa. Não consegui descobrir quem fez o arranjo da Dark Pit Theme, mas, se seguir a tradição dos arranjos do Press Start, deve ter sido bem próximo da música original.

    Sobre o CD, não falei no post para não ficar repetitivo. Infelizmente, o normal é não ter mesmo o álbum. Se um dia acontecer, deve ser no formato de coletânea ou de disco promocional dados os problemas de direitos autorais (ou ainda vídeos de faixas específicas). Tenho esperanças de que uma compilação não está tão longe de virar realidade. Em 2010, o álbum Press Start The 5th Anniversary saiu para comemorar cinco edições do concerto. Como em 2015 serão dez edições… Só é meio chato sonhar com isso de cinco em cinco anos… =/

    Não o culpo por não ter gostado da música-tema do Brawl. Eu curto muito, mas tenho dúvidas se não gostava mais do tema do Melee. Também achei incrível o tema do novo Smash Bros., só que, aparentemente, é um mistério insolúvel a autoria da composição. Descobri apenas que o arranjador é o Junichi Nakatsuru. Muito estranho…

  4. 6 Felipe 14/11/2014 às 12:25 am

    Não tinha visto esse post, valeu Alexei! Realmente a performance não é aquela maravilha, mas achei ótima, ainda mais por começar com a Ride On, outra que gosto muito e fazia tempo que não escutava.

    Sobre a quantidade de arranjos do Final Fantasy VIII, sempre achei curioso como a trilha sonora do jogo parece dividir opiniões. Nos idos de 99, o review na Gamers 38 ousou dizer que a trilha tinha qualidade igual ou superior à do VI. Já o Gamespot diz que ela é o ponto mais fraco do jogo. Ambos, no entanto, parecem concordar que é melhor que a do VII.

    Gosto muito do jogo e da trilha sonora, mas lembro-me que num Hadoukast, o Gustavo Hitzschky falou que apesar de gostar do game, acha a trilha fraca. Vai entender…

    • 7 Alexei Barros 14/11/2014 às 2:25 am

      Ah, legal que gostou, Felipe!

      Hadoukast? Puxa, você anda desenterrado cada coisa…rs Saudades de gravar!

      Eu me lembro vagamente desse comentário do Gustavo, mas sou meio suspeito nesse tema “trilhas da série Final Fantasy”, porque gosto mais da fase 16-bit.

      Agora, não sabia que a trilha dividia tantas opiniões assim. Pensei que ela fosse uma unanimidade. Outra coisa que me esqueci de falar é que foi o jogo com o maior número de arranjos do Black Mages também.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: