“Persona 4 Medley” – Persona 4 (Game Addict’s Music Ensemble 4th Concert)

Por Alexei Barros

Persona 4 foi uma imensa surpresa no PlayStation 2 em 2008, quando a atual geração já estava em voga. Seu impacto ecoa até hoje. Afinal, foi por causa desse clamor que o PS Vita teve a versão Golden no final do ano passado. Infelizmente, mais uma vez, não estive preparado para uma jornada de 100 horas e me limitei a ouvir a trilha sonora. Até já perdi a conta de quantos shows da série foram feitos enfocados nesse jogo (alguns inclusive eu creio ter passado batido), mas sempre com os vocalistas acompanhados por uma banda muito competente. A única tentativa de levar o jogo para uma sala de concerto foi, claro, no Press Start 2009. O segmento “Persona 4”, que, por sorte, está registrado no Press Start 5th Anniversary, é ótimo, enfocando o lado sinfônico/erudito da trilha. Mas para que existem as orquestras japonesas pró-amadoras senão para misturar as duas coisas em performances imprevisíveis?

Novamente temos a excelente orquestra de sopro Game Band, acompanhada pelo coral Chor Crystal Mana. Antes do medley principal, há uma minimiscelânea com três músicas, simulando a troca de canal de um televisor. Eu imagino que isso deve ser uma referência ao jogo que só quem conhece vai compreender, então peço desculpas pela ignorância. A “Jika Net Tanaka”, aliás, é do Persona 3. Mas já lamento pela referência à “specialist” ser tão breve – nem deu para sentir o gostinho.

Chegado o medley, temos a impactante “Pursuing My True Self” reproduzida maravilhosamente no piano e na bateria. A Game Band já mostra a que veio com o naipe de metais no trecho da abertura que, na original é sintetizado, e nos shows com banda é reproduzido por um mero saxofone. Com todos os metais, fica outra coisa. Mas aí vem a parte cantada que definitivamente tira o brilho da performance. É muito interessante a ideia de colocar o coral todo para cantar a parte que é entoada apenas pela Shihoko Hirata na original, mas o sotaque japonês muito forte (a letra é em inglês), deixa um clima de karaokê na performance.

Sem nenhuma transição (a Game Band não se importa muito com elas), temos na sequência a erudita “Poem for the Souls of Everybody”, que também tem toda a participação do coral e não só de uma soprano. Como o coro não articula nenhuma palavra, o resultado é muito melhor do que na “Pursuing My True Self”.

Mudando da água para o vinho, o medley volta a ficar animado com a jazzística “Like a dream come true”, com o sax fazendo a vez do teclado da original. De novo alterando o clima, a misteriosa “Who Is There?” aparece, seguido pela obrigatória “Reach Out To The Truth”. O guitarrista está de parabéns por escolher um timbre muito semelhante à original, e os metais mais uma vez roubam a cena por desbancar aquele solitário saxofone dos shows oficiais. Só a parte cantada não é tão boa quanto, até porque as apresentações tem os cantores originais, mas mais uma vez é válida a ideia de colocar o coral para encorpar a parte cantada. Aqui, o sotaque não comprometeu muito.

Finalmente o medley tem uma cadência melhor com a inserção da “The Genesis”, que, na trilha original, é uma versão instrumental da “Reach Out To The Truth”. Até já poderia ter acabado aí, mas vem a empolgante “Period”. Para finalizar, tem a “Never More” com o coral arrematando a performance que você nunca vai ver igual em um concerto ocidental.

– “Persona 4 Medley”
“Jika Net Tanaka” ~ “Theme of Junes” ~ “specialist”

“Pursuing My True Self” ~ “Poem for the Souls of Everybody” ~ “Like a dream come true” ~ “Who Is There?” ~ “Reach Out To The Truth” ~ “The Genesis” ~ “Period” ~ “Never More”

2 Responses to ““Persona 4 Medley” – Persona 4 (Game Addict’s Music Ensemble 4th Concert)”


  1. 1 jejepinheiro 30/06/2013 às 6:31 pm

    Muita dose de amor nesse medley. A The Poem for Everyone’s Souls me arrepiou como nenhum outro arranjo conseguiu até hoje, muito bom! E a Never More pra mim foi a melhor música do medley, isso por não gosto muito da canção original. Mas não posso negar o quanto ela ficou fofa nesse excerto e arrancou suspiros aqui, hahaha. Belo achado, maestro!

    • 2 Alexei Barros 01/07/2013 às 12:59 am

      Só achei o vídeo por acaso mesmo. Havia dois vídeos deles que eu transportei do Nico Nico Douga para o YouTube e, para minha surpresa, no próprio canal da Game Band havia uma playlist com os vídeos que eu subi e mais outros que eles subiram que não tinha visto. O Persona 4 estava no meio desses.

      Realmente a “The Poem for Everyone’s Souls” ficou inspiradora. Espero que essa performance motive concertos profissionais a cantarem a música com coral e não apenas com vocal de soprano, como é a original.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: