O espantoso regresso do Game Music Festival


Por Alexei Barros

Nem em meus mais ensandecidos sonhos poderia imaginar que viveria para ouvir isto: o retorno do Game Music Festival, que vai acontecer nos dias 29 e 30 de junho, vulgo este final de semana… Mas o que é, afinal, o Game Music Festival?

Quem se aprofundou um pouco mais na história da game music deve ter esbarrado por essa série de shows realizada de 1990 a 1995 no Japão que reuniu bandas de diversas produtoras, como Capcom, Sega, Konami e Taito. Nem tudo foi gravado, mas quem ouviu o material lançado de grupos como S.S.T. Band, Kukeiha Club, Zuntata, Gamadelic e outros sabe que é coisa fina. E aqui faço uma ressalva importantíssima. As bandas eram formadas por compositores mesmo, os caras que faziam as músicas nessas empresas e saíam dos estúdios para mostrar que também eram grandes instrumentistas no palco. Isso representa muito mais do que um grupo de fãs que surge do nada para homenagear suas músicas preferidas. Claro que nem todos compositores tocavam e também nas bandas havia instrumentistas que não trabalhavam nas produtoras. De qualquer forma, não tem nem como comparar.

Não que nesse meio tempo não tenha acontecido nada parecido. A primeira lembrança que vem à mente é o Hyper Game Music Event 2007. O primeiro volume, com gravações parciais dos shows foi lançado, mas o segundo, embora tenha sido anunciado, nem saiu, assim como um prometido DVD. o evento repetiu a dose em 2008 (inclusive assistido in loco por um tal de Fabio Santana) e nem sinal do álbum das apresentações desse ano. Nos anos seguintes, os shows foram substituídos por apresentações de seiyuus, que dão muito mais ibope que bandas de videogame. Fora isso, tivemos, felizmente, inúmeros shows desses estimados grupos, mas, pelo que me recordo, poucos que reunissem nomes tão diversos como o Japan Game Music Festival 2013.

Quando vejo que um mesmo evento vai reunir Zuntata (ainda que não seja tão boa quanto a antiga), jdk Band (que é infinitamente superior à velha) e a [H.], as lembranças são as melhores possíveis do GMF. Mesmo que não seja fã número 1 da Crush 40, acho muito legal eles participarem. A maior surpresa talvez seja a dupla Yumi Kawamura x Lotus Juice, repetindo a dobradinha dos shows de Persona.

Permita-me agora apresentar os nomes desconhecidos. A banda TEKARU é liderada pelo Hideki Sakamoto, do estúdio noisycroak. Eles já lançaram dois álbuns muito bons chamados TEKARU TECHNICAL e TEKARU MECHANICAL, com músicas de jogos como Echochrome e Time Travelers. LivestRow Basiscape Band representa evidentemente o estúdio Basiscape, tocando faixas de jogos como o Muramasa: The Demon Blade.

Da dupla Mitsuto Suzuki x Tomoyuki Sugimoto eu espero alguma coisa eletrônica, mas não faço ideia do que seja exatamente. The Musicolors é uma banda liderada pelo Kenji Ito; a Nanaa Mihgo’s tocará músicas de Final Fantasy XI e a The Death March do The World Ends With You. A Square Enix está representada em peso, apesar da ausência da Earthbound Papas do Nobuo Uematsu.

Falando em faltas, a maior de todas é mesmo a Blind Spot, novo nome da recém-renascida S.S.T. Band. Mesmo que o timbre da guitarra venha me decepcionando, o Motoaki Furukawa com a Voyager também é outra ausência, ele que era da Kukeiha Club da Konami.

Veja a programação de cada dia logo abaixo. Se você entender japonês, no canal do evento no YouTube há recados dos integrantes das bandas, que estão devidamente listadas no site oficial. Como sempre, torço para que o Japan Game Music Festival 2013 seja mais bem registrado e lançado do que suas antigas e saudosas encarnações.

29/06/2013

1 – Zuntata
2 – Falcom jdk BAND
3 – Yumi Kawamura x Lotus Juice
4 – TEKARU
5 – Mitsuto Suzuki (SQUARE ENIX) x Tomoyuki Sugimoto (VJ)
6 – Crush 40
7 – The Music Colors

30/06/2013

1 – SEGA sound Unit [H.]
2 – LivestRow Basiscape Band
3 – Yumi Kawamura x Lotus Juice
4 – Nanaa Mihgo’s (SQUARE ENIX)
5 – Crush 40
6 – The Death March (SQUARE ENIX)
7 – The Music Colors

A S.S.T. Band voltou, o Casiopea voltou e agora o Game Music Festival voltou. Posso começar a sonhar com o retorno do Orchestral Game Concert?

[via JAPAN GAME MUSIC FESTIVAL 2013]

14 Responses to “O espantoso regresso do Game Music Festival”


  1. 1 Fabão 29/06/2013 às 5:03 pm

    Já tem report do primeiro dia no Watch Impress. Foi o primeiro e único que achei. Embora tenha algumas fotos, infelizmente, é claro, nada de vídeos. =/

    http://game.watch.impress.co.jp/docs/news/20130629_605808.html?ref=rss

    • 2 Alexei Barros 29/06/2013 às 7:48 pm

      Valeu, Fabão, nem tinha me ligado! Uma pena que o report não tem sequer fotos do show em si. Nem deu para ver como é o palco… =(

      Quem sabe façam reports mais detalhados depois de domingo…

      • 3 Fabão 12/07/2013 às 2:01 am

        A questão das fotos/vídeos em locais públicos no Japão é complicada. Seguem alguns links sobre o assunto:

        http://www.dannychoo.com/en/post/896/Japan+Portrait+Rights.html (aspectos gerais sobre o problema)

        http://commons.wikimedia.org/wiki/Commons:Country_specific_consent_requirements#Japan (legislação)

        http://tonymcnicol.com/2009/01/26/photography-in-japan-what-are-your-rights/ (discussão interessante nos comentários)

        http://meta.neojaponisme.com/2008/02/04/johnnys-new-insane-compromise-on-web-photo-usage/ (razões comerciais para uma agência não permitir fotos de seus talentos)

        Assim, acredito que a maioria dos veículos evite publicar fotos em locais com multidões (perceba que o artigo do Watch Impress tem apenas pessoas de costas, e os poucos anônimos que aparecem têm os rostos borrados; apenas os artistas posam nas fotos, sem anônimos à vista), para evitar questões legais. É possível também que a organização tenha proibido captação de imagens durante o evento, mesmo pela mídia. E, para se precaver, quando pretende soltar material de divulgação ou lançar gravações oficiais, a organização avisa no próprio ingresso que haverá câmeras no ambiente (lembro que o ingresso do EXTRA 2008 inluía este aviso). A organização por lá gosta de ter o controle exclusivo do que é fotografado/filmado, mesmo que depois não divulguem nada publicamente (como é o caso do EXTRA =/).

        • 4 Alexei Barros 19/07/2013 às 3:18 pm

          Muito interessante, já não era de hoje que me chamou a atenção essa precaução de borrar os rostos dos blogs japoneses (e sites também). Incrível que no Watch Impress até as pessoas de costas estão com as cabeças borradas!

          Agora que você falou, puxando pela mente acho que é muito raro ver shows japoneses em que deem destaque para uma pessoa no público a ponto de ser possível reconhecê-la… No máximo, eles mostram a multidão (como nos shows do Persona). Embora isso não seja sempre… No 20020220, por exemplo, quando a câmera focaliza o Taizo Takemoto, é possível ver várias pessoas atrás dele, na plateia.

          Valeu pela pesquisa, Fabão!

  2. 5 Storm 30/06/2013 às 10:50 am

    Estou ansioso para ouvir Mitsuto Suzuki e suas trilhas de Lightning Returns: FFXIII. Infelizmente, ainda não achei nenhuma gravação ou algo do tipo.

  3. 6 jejepinheiro 30/06/2013 às 6:07 pm

    Nossasenhora, que coisa linda de se ver. Agora estou ansiosa por sair alguma coisa amanhã, vídeos e semelhantes para nos deliciarmos. <3

  4. 7 Alexei Barros 01/07/2013 às 12:43 am

    @ Storm / Jejé

    Não querendo acabar com o otimismo de vocês, mas já acabando, acho bastante difícil que liberem vídeos, ainda mais tão rapidamente… =(

    Isso só acontece em situações muito específicas em que liberam vídeos em canais oficiais, já que o público japonês costuma respeitar o pedido para não fazer gravações.

    A não ser que o pessoal esteja tramando alguma coisa no canal do YouTube do evento. Se isso acontecer, ficarei imensamente surpreso.

    Sobre o Mitsuto Suzuki, é bem interessante como ele conseguiu encontrar espaço num terreno que parecia totalmente dominado pelo Masashi Hamauzu.

  5. 12 Fabão 07/07/2013 às 2:45 pm

    Avistei um report mais completinho no 4Gamer (em japa, claro):
    http://www.4gamer.net/games/999/G999903/20130701073/


  1. 1 Game Music Tribute Live: mais um novo Game Music Festival? | Hadouken Trackback em 19/07/2013 às 3:40 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: