A track list final do primeiro álbum da [H.]


Por Alexei Barros

Para você ver como game music é um nicho extremamente específico e estranho: em que outra área uma banda demoraria uma década para lançar o primeiro álbum? É o caso da [H.], o conjunto musical formado por instrumentistas da Sega o qual já me aprofundei neste post.

Não que a [H.] não tenha gravado nada em dez anos. Além dos recorrentes shows ao vivo, a banda colocava uma ou duas versões arranjadas em coletâneas de jogos da Sega. Muitas dessas faixas estão compiladas no Sega Sound Unit [H.] 1st Album, que será lançado dia 21 de dezembro no Japão, com publicação da Wave Master ao preço de 3150 ienes (por volta de 72 reais sem impostos). Aparentemente, há tantas outras versões inéditas. Porém, minha inabilidade em tentar decifrar os nomes das músicas e até dos jogos atingiu nível crítico e, em alguns, eu me limitei a copiar os kanjis e hiraganas da nota do Game Watch.

As 16 faixas foram eleitas por fãs em uma votação no site da [H.] e, do que consegui compreender, fiquei parcialmente desapontado. A sonoridade da [H.] é especial para mim pela toada jazzística, com aquelas trombetas explodindo nos ouvidos e o baixo elétrico marcado, como, por exemplo, na “After Burner 20th Anniversary Medley [H.] Arrange Version”. Mas a [H.] também possui no repertório músicas cantadas que pendem mais para o excêntrico, haja vista a “Light Song -[H.] Arrange Ver.-” do Sword of Vermilion (“Last City” que é bom nada). Apesar disso, eu me surpreendi pelas duas escolhas do Cyber Troopers Virtual-On Force, cuja trilha acabei deixando de lado no passar dos anos: “515 Hours” (com um pique totalmente Mega Man) e “Primitive Jam” (puro Sonic).  Melhor de tudo, vai ter “Burning Hearts ~Angel~” do Burning Rangers! Mais tokusatsu impossível.

A despeito de o álbum estar mais para uma compilação, é interessante perceber a ausência da “Let’s Go Away” do Daytona USA, uma das mais icônicas da banda. Considerando os melhores trabalhos, não há os três arranjos para a série Etrian Odyssey, os únicos feitos para jogos que não são da Sega. Caso não tenha ouvido, entre no post e comprove que a mistura Yuzo Koshiro e [H.] não tem como dar errado.

Enfim, acompanhe a track list abaixo. Ficou um pouco confuso eu sei, mas alguns links são das originais (que vão ter arranjos inéditos no álbum) e outros dos arranjos da [H.] já lançados. Fora outras que nem links têm.

01 – “出囃子 Kensaku Mad Version” ([H.]10周年記念出囃子)
Composição e arranjo: Hiroshi Kawaguchi

02 – “After Burner -[H.] Live Studio Edition Ver.-” (After Burner)
Composição e arranjo: Hiroshi Kawaguchi

03 – “In the Blue Sky 2007 -[H.] Arrange Ver.-“ (Cyber Troopers Virtual-On Force)
Composição: Kentaro Koyama
Arranjo: Mitsuharu Fukuyama

04 – “Fantasy Zone Medley 2008 Version” (Fantasy Zone)
Composição, arranjo e letra: Hiroshi Kawaguchi
Vocal: Takenobu Mitsuyoshi

05 – “モバってますか~っ(^o^)丿” (「セガモバ」メインテーマソング)
Composição: Tsuyoshi Kaneko
Arranjo: Tsuyoshi Kaneko e Hiroshi Kawaguchi
Vocal: 宮岡 志帆
Cora: Takenobu Mitsuyoshi e Tsuyoshi Kaneko

06 – “Light Song -[H.] Arrange Ver.-” (Sword of Vermilion)
Composição e arranjo: Hiroshi Kawaguchi
Coral: todos os integrantes da banda

07 – “Kamuro Setsugekka -[H.] Special Verson-” (Yakuza 2)
Composição, arranjo e letra: Hidenori Shoji
Vocal: Takenobu Mitsuyoshi

08 – “Thank You! Zunoland” (Touch de Zuno!)
Composição e arranjo: Mitsuharu Fukuyama
Vocal: 原田 奈美, Kana Asumi, エナポゥ
Coral: Mitsuharu Fukuyama e Takenobu Mitsuyoshi
Letra: 林 誠司 e 船井 麻貴子

09 – “Last Wave [H.] Vocal Version” (OutRun)
Composição e arranjo: Hiroshi Kawaguchi
Letra: Dai Takemura
Vocal: Takenobu Mitsuyoshi

10 – “515 Hours” (Cyber Troopers Virtual-On Force)
Composição: Kentaro Koyama
Arranjo: Takahiro Kai

11 – “Answer Answer” (Network Taisen Quiz Answer×Answer)
Composição: Yuichi Kanatani
Arranjo: Hiroshi Kawaguchi

12 – “The Alex Kidd Song” (Alex Kidd in Miracle World)
Composição: Tokuhiko Uwabo
Arranjo: Takahiro Kai
Vocal: Takenobu Mitsuyoshi
Letra: 浅井敏典

13 – “Primitive Jam” (Cyber Troopers Virtual-On Force)
Composição: Yuko Iseki
Arranjo: Mitsuharu Fukuyama

14 – “Quartet Medley 2005” (Quartet)
Composição: Katsuhiro Hayashi
Arranjo: Mitsuharu Fukuyama

15 – “Burning Hearts ~Angel~” (Burning Rangers)
Composição: Naofumi Hataya
Arranjo e vocal: Takenobu Mitsuyoshi
Letra: Tomoko Sasaki e Naofumi Hataya

16 – “Love’s Not Enough” (anime do Virtua Fighter)
Composição: Hideyuki Yonekawa
Arranjo e vocal: Takenobu Mitsuyoshi
Letra: Yukinojo Mori

Agradecido ao passageiro seguista Rafael Fernandes pelo link enviado há… tantos dias.

[via Game Watch]

11 Responses to “A track list final do primeiro álbum da [H.]”


  1. 2 Cosmonal 05/12/2011 às 3:44 pm

    Além de agradecer ao Alexei pela notícia detalhada, só pontuar uma coisa: “Light Song” de Vermilion, COM um corozinho da banda… olha só: eu sou cardíaco e estarei infartado muito em breve. Pra você ver como as coisas são: se fosse Last City ou Statts do mesmo RPG do Yu Suzuki eu teria um infarto fulminante… mesmo assim, para um fã de Sword Of Vermilion como eu, o ano está fechado com chave de ouro!

  2. 3 Rafael Fernandes 05/12/2011 às 4:04 pm

    Olha, acho que a seleção de faixas está bem decente, viu. E é até bom saber que eles nomearam como “o primeiro álbum”, ou seja, deve vir mais por aí.

    Por isso, acho que a Let’s Go Away deve entrar no próximo álbum, até porque eles gravaram uma versão em estúdio para aquele vídeo infame… Acho que o trabalho que tiveram não foi em vão.

    E aliás, pelo que pude constatar nos shows da banda pelo Ustream que assisti até hoje, parece que o sucesso da banda está nas músicas cantadas mesmo, não só pelo Mitsuyoshi, como por outros convidados. Não sei se te mandei isso, mas olha aí o show deles no JAMMA 2011. Ali inclusive eles falam ainda da votação, que na época estava ocorrendo

    http://www.ustream.tv/channel/sega-jamma-show-2011

  3. 4 Alexei Barros 05/12/2011 às 6:31 pm

    @ Cosmonal

    Ainda bem que você não deve ter lido os comentários não muito favoráveis meus e de um tal de 00 Agent no post do Vermilion vs Rent a Hero Original Soundtrack. =p

    Eu ia preferir muito mais a “Last City” e mesmo a “Statts”, mas, de todo modo, a versão da “Light Song” que eu linkei aí no post, Cosmonal, muito provavelmente vai ser a que estará na coletânea pelos créditos do site do Game Watch.

    Falando do Sword of Vermilion, Cosmonal, você chegou a terminá-lo? Das pessoas que ouvi falarem mal do jogo acho que ninguém finalizou, até mesmo pela dificuldade excessiva.

    @ Rafael

    Bem reparado sobre o “primeiro álbum”. Eu ia gostar também se uma hora desse a louca e eles fizessem um álbum original tipo o Blind Spot.

    Aliás, serei obrigado a copiar o Passagem e publicar aquele vídeo infame do Mitsuyoshi qualquer dia desses.

    Acho que não me mandou o link. Mas é verdade o que você falou. Pelo que tinha visto no Nico Nico Douga a maioria das performances é dessas músicas vocais meio bizarras.

    • 5 Rafael Fernandes 05/12/2011 às 6:36 pm

      Já eu não gostaria disso. A não ser que eles seguissem à risca o estilo Jazz Fusion, acho que as músicas ouvidas em um álbum original seriam todas essas coisas J-pop que o Mitsuyoshi grava às vezes. E eu não gosto muito disso não.

      Agora, que absurdo você me dizer que vai copiar o MEU conteúdo que postei com exclusividade! Ah, vou denunciar pro Google!

      Brincadeira, fique à vontade para compartilhar aqui também.

  4. 9 erikamth 13/12/2011 às 10:38 am

    Ouvi as músicas do seu outro post do H e adorei as “HANG-ON ~Theme of Love”, “Beyond The Galaxy”, “Battle – Destruction Begets Decay” e “Town – The Wind Doesn’t Draw Heroes”
    Tbm sou mais fã das versões jazzísticas, mas tbm não me surpreendo essas nunca ganharem voto popular,
    Muitas vezes eu prefiro q não seja voto do público porque acaba sempre sendo a mesma coisa (rock, temas de batalha, etc.)

    • 10 erikamth 13/12/2011 às 1:36 pm

      Deixei para ouvir a cantada por último sem esperanças, (músicas cantadas japonesas em inglês de jogos não costumam ser excelentes vai, raras excessões claro) porém me surpreendi! Muito boa, eu gostei. :)

      Realmente gostaria que tivesse um único album (facilitando nossa vida) com essas músicas boas jazzísticas.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: