“BioShock 2 Suite” – BioShock 2 (Score)

Por Alexei Barros

O estilo modernista em trilhas sonoras de jogos foi importado dos filmes. Do cinema para os games. Dos games para os concertos. BioShock é um exemplo de como um gênero avesso às melodias acessíveis dos jogos pode ser apreciado normalmente em uma apresentação de game music, como a “Welcome to Rapture” do Games in Concert 3 e o “BioShock Medley” – pasme – do Video Games Live.  Pasme porque é um show que procura ser básico e mainstream ao extremo na abordagem. Mais recentemente, o arranjo “Super Metroid (Suite: Samus Aran – Galactic Warrior)” do Torsten Rasch para o Symphonic Legends trilhou pela mesma vereda, surpreendendo quem imaginava reconhecer músicas do Super Metroid com mais facilidade.

A tendência é que a safra modernista aumente, e o concerto Score sai à frente por tocar uma suíte da continuação, BioShock 2, com trilha de Garry Schyman como no predecessor. Da mesma maneira que achar que “videogames são apenas diversão” é uma leitura simplista da coisa, é igualmente superficial pensar que “concertos de games servem somente para divertir o público com as músicas mais nostálgicas e conhecidas”. O segmento é totalmente perturbador, transmitindo tensão e medo como poucas vezes se ouviu em espetáculo similar.

“Pairbond – Bioshock 2 Theme” (0:55) parte das cordas melancólicas para um solo de violino tristonho à la “Welcome to Rapture”, seguindo para um diálogo com o violoncelo. Sublime a interpretação dos instrumentistas. Mesmo sem uma transição, caiu bem a “Big Sister On The Move” (3:22) em seguida porque é uma faixa para impactar, com violinos nervosos na sequência. O clima acalma um pouco com a música que começa em 4:40 e vai até 5:49, em participação marcante da celesta. Não consegui encontrar de forma alguma no Sounds From The Lighthouse: Official BioShock 2 Score tal excerto. Se alguém souber a resposta não hesite em se manifestar. A última, “Escape” (5:51), foi aproveitada a partir de 2:01 na original. Permita-me perguntar em caixa alta: O QUE É ESSE CORAL? Na versão do jogo surgem uns bramidos (provavelmente feitos por um coro sampleado). Aqui as 80 vozes esparsas do Gothenburg Symphony Chorus criam uma atmosfera assustadora inigualável.

Pelo estilo incomum, é para ficar contente com as palmas efusivas do público, importante salientar, quando a performance acaba.

– “BioShock 2 Suite”
“Pairbond (Bioshock 2 Theme)” ~ “Big Sister On The Move” ~ “Escape”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: