A track list final do Benyamin Nuss Plays Uematsu

Por Alexei Barros

Já eram de conhecimento 13 das 15 faixas do álbum solo de piano Benyamin Nuss Plays Uematsu, que sai dia 17 de setembro. Agora não só se sabe todas as músicas arranjadas como a ordem. As duas surpresas, contudo, podem não ser aquilo que eu e você estávamos imaginando. Serão duas composições novas: uma criada pelo Benyamin Nuss em homenagem ao Nobuo Uematsu e a outra vice-versa.

Eis a relação com os links das originais disponíveis e os arranjadores de cada uma:

01 “Prologue” (Lost Odyssey): Shiro Hamaguchi
02 “A Sign of Hope” (Lost Odyssey): Shiro Hamaguchi
03 “A Mighty Enemy Appears!” (Lost Odyssey):  Shiro Hamaguchi
04 “Terra’s Theme” (Final Fantasy VI): Bill Dobbins
05 “Liberi Fatali” (Final Fantasy VIII): Bill Dobbins
06 “Where I Belong” (Final Fantasy VIII): Bill Dobbins
07 “The Serpent Trench” (Final Fantasy VI): Bill Dobbins
08 “Nobuo’s Theme” – Dedicated to Nobuo Uematsu
09 “A Place to Call Home” (Final Fantasy IX): Torsten Rasch
10 Fantasy over Themes of Final Fantasy VII: Alexander Roseblatt
11 “Main Theme” (Blue Dragon): Jonne Valtonen
12 “Waterside” (Blue Dragon): Jonne Valtonen
13 “My Tears and the Sky” (Blue Dragon): Jonne Valtonen
14 “Release the Seal” (Blue Dragon): Jonne Valtonen
15 “Years & Years” – Dedicated to Benyamin Nuss

Além dessas, não se esqueça do bônus arranjado por Francesco Tristano Schilmé, “Rad Racer Medley”, número de 10 minutos que será vendido digitalmente.  Como a lista foi finalizada, é possível constatar que há uma boa mescla entre peças obscuras e famosas, Final Fantasy e Mistwalker.  Mas talvez tenha faltado mais coisa da velha guarda da Square além de Rad Racer, como Makaitoushi SaGa, SaGa 2 Hihou Densetsu, Hankuju Hero, King’s Knight… o problema é que jogos como esses não são nada populares fora do Japão, e o álbum vai ser lançado a princípio no ocidente. Nada que comprometa, evidentemente, afinal estamos diante de várias faixas inspiradoras de Blue Dragon e Lost Odyssey para começo de conversa.

Também tiveram a piedade de publicar no YouTube duas amostras em vídeo com as performances de Benyamin Nuss, uma delas presenciada por Nobuo Uematsu:

“Nobuo’s Theme”

“Terra’s Theme”

[via Facebook]

10 Responses to “A track list final do Benyamin Nuss Plays Uematsu”


  1. 1 Lia 15/07/2010 às 1:38 pm

    Whoa, que Terra’s Theme lindo. E o tema do Nobuo é muito bonitinho, apesar de ter um jeitão… Hamauzu? =P

    É legal mesmo essa varidade um tanto mais ousada da seleção. The Serpent Trench é uma faixa que eu nunca esperaria ver numa coletânea de arranjos.
    Adoraria ver The Phantom Train numa dessas um dia. Ela é tão “malvada” hehe, sempre achei que ficaria legal num arranjo jazzístico.

    Mal posso esperar pra ouvir Waterside ^^

    • 2 Alexei Barros 15/07/2010 às 3:28 pm

      Como não pensei nisso? A “Nobuo’s Theme” tem toda cara de Hamauzu mesmo!

      “Waterside” promete porque exige a criatividade do arranjador, no caso o Jonne Valtonen, uma vez que a original já é um solo de piano.

      Sobre a “Phanton Train”, não sei se escutou ou será de seu agrado, mas o “Final Fantasy VI Suite: First Movement” da Famicom Band que publiquei aqui possui exatamente a faixa a partir de 7:39. Só lamento jamais ter encontrado as suítes dois e três. =(

      • 3 Lia 16/07/2010 às 5:00 pm

        Haha, yeah. Podia escorregar pro FF XIII Piano Collections e ninguém ia notar.

        Eita, tem uma suite do VI também, que legal! Phantom Train ficou bem cabaret =)
        Eu gostei muito da suite do VIII, que aliás, também só vi o First Movement =S
        Você chegou a dar uma olhada nos fóruns do FF Shrine? Tem um tópico bem extenso para trilhas raras, e o pessoal é bem hardcore. Vou dar uma garimpada por lá.

        • 4 Alexei Barros 16/07/2010 às 5:21 pm

          Hehe, realmente. Não seja por isso, quando puder ouça o “Second Movement” e o “Third Movement”, este até gostei mais do que o primeiro.

          Volta e meia dou uma passada lá sim, é tanta coisa (não só de games, como animes e afins) que é difícil de dar conta de tudo.

          • 5 Lia 18/07/2010 às 9:43 pm

            Ha, olha eles logo ali =)

            Realmente, e o sistema de busca do fórum não ajuda. Bom, pelo menos tentei todo truquinho de buscas, aspas, asterisco, traço, ponto e vírgula, e nada de buscar termos absolutos. Achei zlhões de “alguma-coisa-band”, algumas Famicom, mas yeah, nada da suite.

  2. 6 Alexei Barros 18/07/2010 às 10:15 pm

    Concordo, é uma bela porcaria o sistema de busca daquele fórum. Sempre cai naqueles tópicos de 1 milhão de trilhas orquestradas…

    Noto que a Famicom Band é obscura até mesmo para fóruns com coisas obscuras, para você ter uma ideia da obscuridade. =P

    Além do canal deles do Nico Nico Douga, achei algumas performances em um torrent que nem sei se deve existir mais. Mas tudo que encontrei já foi publicado.

  3. 7 Igor 22/07/2010 às 12:47 am

    O moço tem requintes de pianista erudito, muito bem! Pelo que eu vi está anos luz de Martin Leung etc., etc. Vou conferir este CD com certeza (nem que seja por meios ilícitos! hehe).

    • 8 Alexei Barros 22/07/2010 às 1:00 am

      Há quanto tempo, Igor! Sim, sim, eu achava o Martin Leung o supra-sumo da performance pianística, mas o Geraldo Figueras abriu o meu olho para constatar que apesar de ser um virtuose ele ainda carece de maior polimento na interpretação, porque parece mais um robô em dados momentos. Tocar piano bem não é só acertar os acordes e tocar o mais rápido possível.

      Se você quiser ouvir um solo do Nuss, recomendo a “Turrican 3 – Payment Day (Piano Suite)” do álbum Symphonic Shades. Acho sublime.

      O álbum promete pelas seleções ousadas, e uma faixa que estou especialmente ansioso é o medley do Rad Racer, que vai ser vendido à parte.

  4. 9 Radical Dreamer 29/07/2010 às 11:52 am

    Bem ousada essa tracklist. O que “Serpent Trench” e “Where I Belong” estão fazendo aí quando o FFVI E VIII têm uma pletora de temas muito melhores é algo que eu não entendi. Se fizerem mudanças que as tornem melhores, o que é praticamente certo considerando os arranjadores e a proposta do álbum, então isso pode ser muito bom. O único incoveniente é que qualquer um que ainda não conheça game music, que assistir as performances e decidir ir atrás do material original, irá provavelmente começar por algumas das mais medíocres faixas dos respectivos álbuns.

    “Liberi Fatali”, Rad Racer” e “Final Fantasy VII” são as que mais aguardo. Por falar nesta última, há uma sample dela no link abaixo. Só é possível ouvir o famoso prelúdio, mas isso já é demais.

    http://www.4players.de/4players.php/tvplayer/4PlayersTV/Alle/23828/57818/Benyamin_Nuss_Plays_Uematsu/Fantasy_over_Themes_of_Final_Fantasy_VII___Sample.html

    • 10 Alexei Barros 29/07/2010 às 2:00 pm

      Até gosto das duas mencionadas, mas concordo plenamente que existem outras do FFVI e FFVIII mesmo que são muito mais inspiradas. Só por não ter apenas as mais badaladas, que já estão nas respectivas coletâneas de piano, e que seria um grande desperdício de arranjadores já me dá um alento.

      E valeu pelo sample, não havia conferido ainda.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: