Press Start 2010: Wild Arms, Namco Arcade Medley 2010 e Final Fantasy X

Por Alexei Barros

Se a última safra de novidades do Press Start 2010 chocava pela rapidez com que jogos recentes foram selecionados, nesta volta o amargor dos retornos, das meias-novidades. Ainda que desde 2006 os programas sejam os mais diversificados entre os concertos de game music, fico com a sensação que as escolhas andam em círculos em vez de partir para novos horizontes, com o perdão dos clichês. Por exemplo: por que mais uma vez Wild Arms e não Grandia? Por que Namco Medley e não Konami Medley? E, principalmente, por que “At Zanarkand” de novo?

– Wild Arms

E eu achando que as reprises eleitas pelo público haviam acabado. No Press Start 2008 o medley de Wild Arms serviu como uma coroação por todo o talento da compositora Michiko Naruke, que arranjou o segmento em parceria com a Natsumi Kameoka. Afinal, ela tem toda a carreira dedicada à série, a não ser por um ou outro jogo, como o The Wizard of Oz: Beyond the Yellow Brick Road, aquele RPG para DS que perdeu o charme do anagrama do RIZ-ZOAWD no título japonês. Com performance de Haruo Kubota no violão para ajudar a recriar o clima de velho oeste que permeia a trilha, o número passeava mais até por seleções do Wild Arms 2 do que do Wild Arms original. Claro que a “Into the Wilderness” não faltou. Ao que tudo indica no depoimento de Shogo Sakai, que comentou que a melodia evoca sentimentos de tristeza e coragem, será o mesmo arranjo para este ano.

– Namco Arcade Medley 2010

A Namco não só é proprietária de marcas poderosas, como também de arcades famosíssimos no começo da década de 1980. Época sem internet e sem celulares que Kazushige Nojima diz se lembrar ao ouvir as músicas das máquinas de fliperama. Na primeira apresentação, no Press Start 2006, foi tocado um medley com jogos da empresa, mas como o título do segmento mostra e o depoimento confirma, a configuração de 2010 será diferente. No final, Nojima insinua que Tower of Druaga e Libble Rabble estão confirmados. Só não entendo que em 2006 não teve, acredite você, Rally-X e, mais incrível, Pac-Man, e vai ser pior ainda se pelo menos o come-come de 30 anos recém-completos não aparecer novamente.

– Final Fantasy X: “At Zanarkand”

Com todo o respeito… DE NOVO? Verdade que não acontece um concerto exclusivo de Final Fantasy no Japão desde 2006, o Voices, que já não teve o tema de abertura do FFX, mas, convenhamos, a mim já cansou. A música, com aquele mesmo arranjo magistral do Shiro Hamaguchi que estreou no 20020220 que insere a participação da orquestra ao solo de piano da original, tinha sido tocada ano passado no Press Start 2009 no bis. Inclusive arrancou lágrimas de Nobuo Uematsu na primeira apresentação. Mesmo assim, não vejo objetivo nesta repetição, ainda que o público continue a clamar pela faixa do jogo que está prestes a completar uma década, como lembrado pelo próprio Uematsu. E “Decisive Battle” que é bom, nada…

Set list até o momento:

01 – Chrono Trigger & Cross
02 – NES Medley
03 – Muramasa: The Demon Blade
04 – Mother
05 – New Super Mario Bros. Wii
06 – The Legend of Zelda
07 – Metal Gear Solid: Peace Walker

[via PRESS START]

0 Responses to “Press Start 2010: Wild Arms, Namco Arcade Medley 2010 e Final Fantasy X”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: