Track list parcial do Distant Worlds II

Por Alexei Barros

A única faixa 100% confirmada do Distant Worlds II: more music from Final Fantasy era a “J-E-N-O-V-A” por conta daquele promissor preview em vídeo. Mas como o lançamento está se aproximando, no Twitter da turnê há uma contagem regressiva para revelar a cada dia uma faixa do CD. A data do disco físico foi confirmada para 1º de junho (antes só se sabia o mês), mas bem antes, em 1º de maio, o álbum será lançado digitalmente com o mesmo conteúdo.

Haverá 13 faixas, exatamente o mesmo número do primeiro Distant Worlds: music from Final Fantasy. Até o momento foram confirmadas sete delas. Nenhuma surpresa, mas empolga ver que está ratificada a “Dancing Mad”. Enquanto as demais músicas foram tocadas em concertos lançados em CD em DVD, este arranjo, aquele mesmo adaptado do Fourth Symphonic Game Music Concert, jamais foi lançado oficialmente. Teremos finalmente a versão definitiva porque a gravação é em estúdio. E nesta performance estreia o novo grupo Earthbound Papas, sob a liderança do Nobuo Uematsu no órgão. Não me pergunte o que seja. Acompanhe no final do post a vergonha alheia que é o anúncio. Suspeito que seja uma espécie de The Black Mages com outros integrantes.

Ademais, foram confirmadas as participações do coral Elmhurst College Concert Choir, da harpista Laura Stephenson, do violonista Per Skareng, do organista de tubo Oskar Ekburg e da vocalista Susan Calloway (ainda voltarei a falar dela em outro post), além, como era de conhecimento, da fabulosa Royal Stockholm Philharmonic Orchestra. O álbum traz também a “Fanfare”, que já mostrei. Espero que, diferentemente da performance, o arranjo traga ao menos a música que vem na sequência da fanfarra, não somente os meros segundos iniciais de vitória.

01 “Prelude” (Final Fantasy series)
02 “The Man with the Machine Gun” (Final Fantasy VIII)
03 “Ronfaure” (Final Fantasy XI)
04 “A Place to Call Home ~ Melodies of Life” (Final Fantasy IX)
05 “Zanarkand” (Final Fantasy X)
06 “Dancing Mad” (Final Fantasy VI)
07 “Victory Theme” (Final Fantasy series)

Baseado nos arranjos executados em outras performances do Distant Worlds, acredito que as próximas cinco devem ficar entre as arroladas abaixo – claro, dou como certa a “J-E-N-O-V-A”. Fora essas também não sobram muitos outros segmentos da fase recente de concertos da série, isso de 2002 para cá.

– “Terra’s Theme” (Final Fantasy VI)
– “FFVII Main Theme” (Final Fantasy VII)
– “Suteki Da Ne” (Final Fantasy X)
– “Kiss Me Goodbye” (Final Fantasy XII)
– “Twilight Over Thanalan ~ Beneath Bloody Borders” (FFXIV)

Espero fazer um post sobre a tracklist completa no dia do trabalho.

[via Distant Worlds]

13 Responses to “Track list parcial do Distant Worlds II”


  1. 1 camiqueiroz 26/04/2010 às 9:48 am

    gostei do novo header… =)

  2. 2 Radical Dreamer 27/04/2010 às 2:59 pm

    Apesar do meu respeito pelo Nobuo Uematsu, não consegui não rir com a abertura do vídeo. De qualquer forma, estou curioso para saber o que é esse Earthbound Papas. Já que há a dúvida quanto ao lançamento do quarto álbum do The Black Mages, qualquer coisa no mesmo nível já seria ótimo.

  3. 3 Alexei Barros 27/04/2010 às 3:07 pm

    @ Radical Dreamer

    “Apesar do meu respeito pelo Nobuo Uematsu, não consegui não rir com a abertura do vídeo.”

    Impressiona como o Uematsu não tem a menor vergonha de passar ridículo.

    “Já que há a dúvida quanto ao lançamento do quarto álbum do The Black Mages, qualquer coisa no mesmo nível já seria ótimo.”

    Até me esqueci do próximo álbum do Black Mages. Para falar a verdade, nem aguardo com muita expectativa quando for oficialmente anunciado porque o terceiro não achei grande coisa, e há bandas de hard rock em game music com um trabalho muito mais inspirado, como a fantástica jdk Band atual.

    P.S.: A “Suteki Da Ne” também já foi confirmada com a performance da Susan Calloway. Imagino que seja aquela versão em inglês da apresentação em Chicago.

  4. 4 Lia 30/04/2010 às 8:56 pm

    Hmm, queria saber como a Floor Jansen foi parar num desses concertos (e por que não o faz de novo).

    De vocais, as únicas que não me esvaíram da memória são a Faye Wong e Donna Burke, essa especialmente pelos temas de Crystal Chronicles (o qual a Floor cantou) e God Eater.
    Vamos ver quem é essa dona Calloway no post vindouro =P

    E acho que é coisa de nipônico essa imunidade ao auto-embaraço =)
    Acho uma gracinha eles falando nomes em inglês.

    • 5 Alexei Barros 30/04/2010 às 11:45 pm

      Então, acho que a Floor Jansen só apareceu no Games in Concert porque os organizadores (muito competentes por sinal) fizeram o máximo para trazer os melhores cantores / cantoras locais, no caso os holandeses. Ela foi simplesmente fantástica naquela música do Crystal Chronicles e na “Today” do Burnout Revenge. Até hoje me revolto por saber que a Floor também cantou a “The Best Is Yet to Come” no Games in Concert 3, mas nunca foi mostrada uma gravação da música. O máximo que encontrei foi esta foto. =(

      Acho a “Eyes on Me” apenas OK, e a Donna Burke manda muito bem mesmo. Gostei bastante da performance nela da “Heavens Divide” do Metal Gear Solid Peace Walker.

      Sobre a Calloway, já adianto que tem a ver com o FFXIV… =P

      • 6 Lia 02/05/2010 às 8:35 pm

        Ah não, bem The Best Is Yet To Come? o0 Que zica. Não sabia desa, mas de agora em diante hei de me revoltar com esse ultraje também.
        Você conhece a Floor do GiC ou do After Forever?

        Falar a verdade nem gosto de Eyes On Me, acho que só funciona para a tensão sexual espacial do jogo hehe, mas ficou na cabeça pelos anos.

  5. 7 Alexei Barros 02/05/2010 às 11:34 pm

    “Você conhece a Floor do GiC ou do After Forever?”

    Do Games in Concert mesmo, visto que conheço / gosto de pouca coisa que não esteja relacionada de alguma forma com game music. Do pouco que ouvi fiquei muito impressionado pela versatilidade dela, pois consegue ir do pop para um pouco mais erudito sem esforço. Aliás, a After Forever também participou do Games in Concert 3 para tocar as músicas do Duke Nukem 3D e do Red Alert 3, mas sem a Floor.

    “Falar a verdade nem gosto de Eyes On Me, acho que só funciona para a tensão sexual espacial do jogo hehe, mas ficou na cabeça pelos anos.”

    Fico reconfortado com o comentário, porque acho a música um pouco supervalorizada. =P Há canções pop de game music muito mais memoráveis na minha opinião.

  6. 9 Alexei Barros 03/05/2010 às 8:30 pm

    Muito interessante. Não vou dizer que sou fã número 1 de metal, mas achei as duas músicas muito boas, principalmente da segunda. Tenho certeza que isso se deve pelo vocal potente e ao mesmo tempo sem ser cansativo da Floor Jansen. Se fosse um cara berrando eu certamente detestaria. =P

    • 10 Lia 05/05/2010 às 8:55 pm

      Haha, é, imaginei. Mas como o fundador da banda é um grunhidor, os álbuns tem uma certa abundância de urros, o chamado estilo Bela & a Fera.
      Bom, se me permite empurrar só mais uma música de metal, gostaria de recomendar Nightwish então, cujo fundador não urra e é um fã admito de trilhas sonoras (e Disney =P).
      Em 2004 eles lançaram o primeiro álbum gravado com uma orquestra, nada mais nada menos que a London Philharmonic, e participação do coral The Metro Voices e do músico índigena John Two-Hawks ma épica Creek Mary’s Blood http://www.4shared.com/audio/wHGiRFM6/Nightwish_-_Once_-_05_-_Creek_.htm
      Tem também uma versão instrumental, pra ouvir apenas os belíssimos arranjos http://www.4shared.com/audio/GOi-TlH6/Creek_Marys_Blood__Orchestral_.htm

      • 11 Alexei Barros 06/05/2010 às 12:33 am

        Sensacional! Gostei mais da versão instrumental, como acho que você já imaginava, mas a com vocal também é excelente. Épico é um adjetivo que resume bem a música.

        “…cujo fundador não urra e é um fã admito de trilhas sonoras (e Disney =P).”

        Realmente interessante porque o estilo é bem típico de uma trilha sonora, arriscaria dizer até mais de jogo do que de um filme. Senti um quê de Yasunori Mitsuda, creio que por conta desse músico índigena John Two-Hawks. Coincidentemente, tanto a London Philharmonic como o coral Metro Voices participaram da trilha do Xenosaga.


  1. 1 Distant Worlds II: turnê se rende à magnitude de Final Fantasy XIII « Hadouken Trackback em 29/04/2010 às 1:17 am
  2. 2 A track list final do Distant Worlds II « Hadouken Trackback em 30/04/2010 às 10:30 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: