Chuva de concertos de game music na Alemanha

Por Alexei Barros

Foi publicada a segunda parte da entrevista do Winfried Fechner no SEMO e, olha, são muitas as novidades empolgantes sobre o Symphonic Fantasies, Legends… e agora Odysseys. Está chovendo concertos na Alemanha!

Para não confundir a sua cabeça, vamos por partes:

Symphonic Fantasies: para um concerto que foi transmitido ao vivo em vídeo, o CD parecia natural, sobretudo porque o antecessor Symphonic Shades teve um álbum anunciado antes mesmo da realização do concerto. Passaram-se vários meses e apenas declarações informais dos envolvidos sinalizavam o lançamento. Finalmente o administrador da WDR confirmou que haverá sim o CD do Symphonic Fantasies. Será anunciado em mais detalhes nas próximas semanas. A gravação foi baseada nos arranjos executados ao vivo, e a edição e mixagem realizadas no WDR Studios. Jonne Valtonen deu o aval, bem como os quatro compositores da Square Enix – Yoko Shimomura, Hiroki Kikuta, Yasunori Mitsuda e Nobuo Uematsu –, que ouviram e aprovaram o resultado. Minha única dúvida é se será um CD duplo porque a fanfarra de abertura, as quatro suítes e o bis chegam a quase 82 minutos, no momento em que o limite da mídia, como se sabe, é de 74 minutos. Apesar de volta e meia ouvir a gravação da transmissão do rádio (e continuar lamentando algumas omissões), o CD é muito bem-vindo, como já havia dito no meu relato à distância, para eternizar um dos melhores concertos de games de todos os tempos.

Symphonic Legends: para contextualizar com o que se sabia, trata-se de um concerto em tributo à Nintendo, a acontecer dia 23 de setembro de 2010 com músicas de franquias como Mario, Zelda, Metroid, Donkey Kong e F-Zero. Performance da WDR Radio Orchestra e do coral State Choir Latvija, o mesmo do filme Perfume: The Story of a Murderer, sob a regência do maestro Niklas Willén. Arranjador principal, Jonne Valtonen. As novidades: haverá três arranjadores convidados, sendo dois deles Shiro Hamaguchi e Hayato Matsuo. O terceiro é uma surpresa. Posso acreditar que é o Yuzo Koshiro? Embora os dois jamais tenham relido músicas da Nintendo, são músicos do primeiro escalão. Hamaguchi, insigne pelos arranjos de Final Fantasy, Sakura Wars e Monster Hunter,  havia colaborado com a série alemã Symphonic Game Music Concert com o arranjo exclusivo de The Great Giana Sisters no Third SGMC e a orquestração de Settlers II – The Next Generation no Fifth SGMC. Matsuo não chegou a participar das produções anteriores do Thomas Boecker, e possui um currículo vasto que inclui Final Fantasy XII, NiGHTS e até Orchestral Game Concert 1 e 2. A exemplo do Symphonic Fantasies, Valtonen assinou o segmento de abertura especialmente para a ocasião intitulado “Common 8-bit Hero”, que terá a participação no piano do jovem Benyamin Nuss, aquele mesmo da suíte de Kingdom Hearts no Fantasies. Mantendo a tradição, será gravado um vídeo da fanfarra, agora no Cologne Philharmonic Hall, e publicado no site oficial sem muita demora. E, como de praxe, Rony Barrak cuidará da percussão. Ah, os ingressos já estão esgotados.

Symphonic Odysseys: e não para! Lembra quando disse que a partir de 2011 seriam dois concertos da WDR Radio Orchestra por temporada? O primeiro no ano que vem, no dia 9 de julho, no mesmo Cologne Philharmonic Hall, acontecerá um programa inteiramente dedicado àquele bigodudo  de bandana mais conhecido como Nobuo Uematsu, repetindo o tributo a um compositor, como na ocasião do Symphonic Shades em que Chris Huelsbeck foi homenageado. Não é uma ideia sem precedentes porque aconteceu em 2007 na Itália  o Nobuo Uematsu Show, com músicas de Final Fantasy, Blue Dragon e Lost Odyssey. A diferença é que todos os arranjos serão inéditos e não reprises como aconteceu há três anos em Florença. Adivinha quem é o arranjador principal? Jonne Valtonen. Desejo boa sorte para o finlandês, porque ele terá muito trabalho pela frente. Tudo  me faz lembrar do medley de jogos antigos no Press Start 2008, que teve Alpha, King’s Knight, 3-D WorldRunner, Final Fantasy Legend e Hankuju Hero. Por isso, fico na dúvida que jogos serão escolhidos para o set list, se somente os mais famosos, como Final Fantasy, óbvio, e Lost Odyssey, pelo que o nome sugere, ou os obscuros, a exemplo de Rad Racer, Genesis, Cruise Chaser Blassty, ou ainda os recentes e menos comentados: Sakura Note, Anata wo Yurusanai, Away Shuffle Dungeon… De qualquer forma, na minha opinião, será uma boa oportunidade para enaltecer composições não muito badaladas, mesmo de Final Fantasy, principalmente da fase inicial da série.

[via SEMO]

5 Responses to “Chuva de concertos de game music na Alemanha”


  1. 1 Radical Dreamer 22/03/2010 às 2:28 pm

    Bom, em primeiro lugar eu gostaria de dizer que sinto uma inveja venenosa dos alemães. Em segundo, estou muito feliz por todo o entusiasmo da WDR Orchestra e de seus membros para reconhecer a game music. Já estou ansioso por essa nova fanfarra que terá um piano, só espero que ela não seja genérica que nem a do Symphonic Fantasies. Estava torcendo para o terceiro arranjador ser o Koji Kondo, o que não é impossível, mas a possibilidade de ser o Yuzo Koshiro ou o Takenobu Mitsuyoshi também são grandes, ainda mais porque ambos participaram do Symphonic Shades e o primeiro ainda participou do segundo Merregnon. De qualquer forma, excelente perspectiva para a game music nos próximos anos!

  2. 2 Alexei Barros 22/03/2010 às 4:39 pm

    Eu também! Depois do Japão, a Alemanha está se consagrando como o país dos concertos de game music, com a Suécia logo atrás.

    Sobre a fanfarra do Legends, não sei muito o que esperar, mesmo porque eu havia gostado do tema de abertura do Fantasies. De todo modo, o Thomas Boecker me falou que o vídeo foi gravado hoje e em breve será publicado no YouTube e afins. No Facebook do concerto tem uma foto da performance.

    Em relação ao terceiro arranjador, se fazem surpresa é porque é alguém badalado. Não apostaria no Koji Kondo. Pelo que vi no VGMdb ele fez pouquíssimos arranjos na carreira, quanto mais arranjos orquestrados. Poderia ser o Mahito Yokota, porque ele fez os arranjos de Zelda e Super Mario Galaxy no Press Start, mas eu acho que não é tão conhecido assim entre o grande público, apesar do Super Mario Galaxy.

    Acho pouco provável o Takenobu Mitsuyoshi, um mero palpite. Quem sobra: Yuzo Koshiro. Além do Merregnon Vol. 2, e dos arranjos para a série SGMC (o último deles do New Super Mario Bros.), não se esqueça do arranjo sinfônico “Main Theme (The Legend of Zelda)” para o Super Smash Bros. Brawl. Ou seja, já há um elo entre o Koshiro e a Nintendo. =P


  1. 1 uberVU - social comments Trackback em 23/03/2010 às 11:22 am
  2. 2 Masashi Hamauzu fará arranjo para o Symphonic Legends « Hadouken Trackback em 11/04/2010 às 3:54 pm
  3. 3 Symphonic Odysseys: inaugurada a largada para a grande odisseia « Hadouken Trackback em 01/12/2010 às 10:19 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: