“Super Mario Bros. Medley” – Super Mario Bros. (VGO ~Awakening~)

Por Alexei Barros

Super Mario Bros. é bem manjado, então considere este post um dois em um sobre a Video Game Orchestra. Uma novidade sobre a última apresentação e a outra sobre a próxima.

Nos dias 2 a 4 de abril acontecerá o Anime Boston na respectiva cidade americana. Como em 2009, a VGO mostrará a irreverência no evento em performances de arranjos conhecidos e próprios. Neste ano, porém, um compositor aparecerá por lá, um tal de Nobuo Uematsu. Ainda não se sabe se ele chegará a participar da performance, mas contar com a presença bigoduda fora do Japão não é para qualquer um, ainda mais sendo a VGO um grupo amador.

Você pensará: “grande coisa, o Uematsu aparece em todos os concertos mesmo”. Com certeza. Ele já assistiu três edições da extinta série alemã Symphonic Game Music Concert, a estreia da Eminence no A Night in Fantasia, vários PLAY!, para não dizer do Distant Worlds e do Press Start, que ele participa da produção. Porém, há uma turnê que o Uematsu nunca assistiu, nem mesmo quando esta passou pelo Japão, uma que eu não quero dizer o nome mas é tida como a maior do mundo e geralmente é abreviada para uma sigla. Não chega a ser curioso?

Mas voltemos para a VGO, agora sobre o último concerto do dia 5 de dezembro. Os primeiros vídeos do show ~Awakening~ foram publicados no YouTube, portanto fique atento para a fornada de vídeos promissora pelo que acompanhei na transmissão via rádio.

“Super Mario Bros. Medley” é aquele mesmo arranjo altamente batido do OGC, mas o motivo para publicar a performance são as implementações de baixo e bateria (esta num breve interlúdio apenas), tocados por Jon Kolar e Alvaro Morales, respectivamente. O primeiro instrumento não só confere um peso que inexistia na versão do Nobuo Kurita, como se dá direito a um solo slap na “Underworld” – pode parecer óbvio, mas não é feito com muita frequência desta forma.

“Super Mario Bros. Medley”
“Overworld” ~ “Underwater” ~ “Underworld” ~ “Overworld”

6 Responses to ““Super Mario Bros. Medley” – Super Mario Bros. (VGO ~Awakening~)”


  1. 1 DGC 17/02/2010 às 9:16 am

    Excelente!
    Muito inusitada a parte do Underground theme, adorei.

  2. 2 Geraldo Figueras 17/02/2010 às 12:20 pm

    Já imagino uma conversa de boteco entre o Maestro e o bigode, ralhando tal evento musical com fúria e precisão eheheh

  3. 3 Douglas Oliveira 17/02/2010 às 1:25 pm

    Já ouvi um medley nesses moldes (quantos não devem existir não?) mas achei bacana como nesse, aparentemente (afinal, não tenho um ouvido treinado para afirmar com propriedade), os instrumentos trocam de papéis durante as músicas, cada vez sendo responsáveis por partes diferentes da melodia. E os instrumentos bem “de leves” como o violão em determinado momento, também dão um ar diferente às músicas.

  4. 4 Alexei Barros 18/02/2010 às 5:24 pm

    @ Geraldo

    Hehe, olha não sei porque isso jamais aconteceu, visto que a “OWA” é um dos maiores sucessos do VGL, e é reprisada ad nauseam. Ainda é um mistério para mim o Uematsu comparecer em diversos concertos pelo mundo e estar especialmente ocupado (será que foi esta a desculpa?) exatamente na visita do show ao Japão.

    @ Douglas Oliveira

    Exatamente. Creio que 98% dos arranjos orquestrados do Super Mario Bros. são baseados no medley do Orchestral Game Concert, com algumas adaptações ou pequenas mudanças. É uma versão muito boa, o problema é a quantidade de repetições. As únicas vezes que me recordo em que tentaram algo diferente foi o “Super Mario Bros. Medley” no Press Start 2007 (um segmento no mínimo risível, sem a menor substância) e o “Super Mario Bros. Trio String” da Ensemble Game Classica, que transborda criatividade.

    • 5 Douglas Oliveira 20/02/2010 às 7:25 am

      Pois é, Mestre Alexei. Acho que é preciso muito cuidado ao executar músicas iguais às do Super Mario Bros, que todos conhecem e, embora todos queiram ouvir, é preciso tentar inovar para não cair na mesmice, ainda mais se for para arranjar (não sei se este termo é correto, mas enfim) da mesma maneira que já fizeram em outras apresentações. Dei uma relembrada com os links passados aí e realmente, o trecho no Press Start peca pelo curto tempo, já o “”Super Mario Bros Trio String” explora até os sons do jogo, mostrando que você pode tocar músicas de jogos clássicos sem cair na repetição.

  5. 6 5 estrelas 18/02/2010 às 11:24 pm

    5 estrelas


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: