“Opa-Opa” – Fantasy Zone (Ryoh)

Por Alexei Barros

Qualquer performance amadora com músicas do Hiro daquela época áurea da Sega no final da década de 1980 e começo de 1990 é motivo de alegria. Pois então fique contente porque é de um jogo que não costuma ser muito lembrado pelos fãs que arriscam em reproduzir ao vivo as melodias gamísticas: Fantasy Zone.

Pode parece proposital o sambão dada a época do ano, mas foi uma coincidência porque encontrei o vídeo perdido no Nico Nico Douga esses dias. Nada mais é do que o tema principal “Opa-Opa” tocado em solo de piano de maneira muito condizente – embora tenha ficado com a impressão de que o ritmo poderia ser um pouco mais acelerado. Se bem que antes tocar um pouco mais lento do que rápido e aloprado como fazem tantos por aí.

A performance tem uma peculiaridade que não irei mencionar para não estragar a surpresa – você realmente levará um susto em dado momento. Comparando com a original notará que faz todo o sentido.

6 Responses to ““Opa-Opa” – Fantasy Zone (Ryoh)”


  1. 1 Orakio "O Gagá" Rob 16/02/2010 às 8:22 am

    Ha ha, boa essa :)

    Eu adoro essa música.

  2. 3 Geraldo Figueras 16/02/2010 às 10:48 am

    Hahaha, excelente o detalhe!

    Sobre o tema, não preciso dizer, mas sou fissurado nela. É realmente o destaque em uma trilha espetacular. Hiro é rei.

    Sobre a execução, não me preocupa a velocidade pois é apenas uma escolha. O que machuca é o descompasso mesmo, nosso amigo pianista precisa trabalhar mais com um metrônomo.

  3. 4 Douglas Oliveira 16/02/2010 às 11:59 am

    Tive a chance de jogar no Master System (tinha uns 5 ou 6 anos, então era mais uma tentativa de jogar) mas me lembro da música, bem memorável esta melodia e não me lembro de vê-la com frequência pela internet.

  4. 5 Alexei Barros 16/02/2010 às 7:29 pm

    @ Orakio “O Gagá” Rob / 00Agent / Douglas Oliveira

    É, sabia que vocês iam gostar da música carnavalesca. :D

    @ Geraldo

    “Sobre a execução, não me preocupa a velocidade pois é apenas uma escolha”.

    Tem razão, mas acho há casos em que a velocidade foi tão alterada que a música acabou ficando completamente descaracterizada.

    “O que machuca é o descompasso mesmo, nosso amigo pianista precisa trabalhar mais com um metrônomo”.

    Rá! Eu confesso que alguma coisa me incomodava nesse vídeo, mas na minha ignorância musical não conseguia definir o que era. Muito bem apontado. O descompasso fica ainda mais evidente na versão do tema de chefe do Fantasy Zone que o Ryoh fez. Apesar de ser uma música bem simples e até repetitiva exige uma coordenação entre as duas mãos que ele não mostrou ter, diferentemente da Lydia Hime, por exemplo.


  1. 1 “Mach Rider Medley” – Mach Rider (Ryoh) « Hadouken Trackback em 27/02/2010 às 11:43 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: