“J-E-N-O-V-A” – Final Fantasy VII (Distant Worlds 2009 em Chicago)

Por Alexei Barros

Na companhia de “Dancing Mad”, “J-E-N-O-V-A” foi a votada pelos fãs para integrar o repertório da turnê Distant Worlds, estreando na apresentação em Chicago. Pelo fato de ter sido selecionada em detrimento de outra faixa que poderia ser “Clash on the Big Bridge” (“Force Your Way” e “Seymour Battle” considerava candidatas com potencial menor para vencer), a escolha gerou comentários não muito favoráveis por estas bandas que apontavam a popularidade do Final Fantasy VII como responsável pela decisão, nem tanto pela qualidade da faixa. Desgosto que compartilhei. Entretanto, a inclusão da “Clash on the Big Bridge” na “Fantasy IV (Final Fantasy)” do Symphonic Fantasies atenuou o desprazer, apesar do que, se fosse para escolher obrigatoriamente FFVII, preferiria muito mais a “Those Who Fight”, que, aliás, ficou um assombro nesta mesma suíte.

Não obstante, a música nunca tinha sido arranjada para orquestra anteriormente, e isso representa um renovo salutar, porque sentia falta de releituras inéditas de Final Fantasy, coisa que venho dizendo desde que… desde que o Hadouken começou, em 2006, porque foi neste ano que aconteceu o último concerto da série antes do Distant Worlds, o Voices: music from Final Fantasy.

Posto isso, o resultado me surpreendeu. Arnie Roth me surpreendeu. Porque ele é muito mais maestro do que arranjador. Como diz no vídeo, Eric Roth e o próprio Nobuo Uematsu também tiveram participação na peça. Como traduzir o sintetizador da original para uma orquestra? A introdução é feita no xilofone, e a ênfase do arranjo é na bateria, o que confere um peso inexistente na versão do jogo – mas que ao vivo pode trazer complicações ao engolir o som de instrumentos mais suaves. Não sei na hora. No vídeo, se não está ideal, está bem próximo, isso que é uma gravação amadora. As intervenções do coral são dignas de Shiro Hamaguchi (ou Jonne Valtonen), e enobreceram o segmento, especialmente no desfecho, assim como os solos jazzísticos de trompete ao longo da performance.  Quem sabe o arranjo não fique ainda melhor na gravação do segundo CD, que acontecerá agora em janeiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: