Press Start 2009: a nostalgia em forma de concerto


Por Alexei Barros

Enfim foi revelado em mais detalhes o concerto de games que tenho mais expectativa em 2009. Concerto que não verei e muito provavelmente nem ouvirei. E se escutar deve ser com qualidade inferior. Então por que se empolgar com algo tão distante?

Press Start ~Symphony of Games~ é o pináculo da nostalgia auditiva. Não se restringe somente em reproduzir músicas gravadas em estúdio ao vivo. A maioria dos segmentos é formada por arranjos exclusivos que entrelaçam faixas já orquestradas, como o medley do Super Mario Galaxy em 2008 que envolveu quatro temas, ou que reúnem orquestrações de composições antigas, a exemplo de obras-primas como “Shooting Medley” em 2007, ainda que inegavelmente as transições abruptas venham se tornando uma marca negativa.

O repertório é simplesmente imbatível. E também o mais abrangente de que se tem notícia, com músicas de diversificadas produtoras: Konami (Metal Gear Solid 2, Zone of the Enders: 2nd Runner, Castlevania), Capcom (Ace Attorney, Monster Hunter, Mega Man 2), SEGA (OutRun e Sonic), Namco (Ace Combat Zero), Falcom (Ys), SNK (Samurai Shodown), Sony (LocoRoco, ICO, Shadow of the Colossus), Nintendo (Mario, Zelda, Mother, Fire Emblem, Super Smash Bros. Brawl), Square Enix (Final Fantasy, Chrono, Kingdom Hearts, Romancing SaGa)…

Dito isso, não tenho mais dúvidas de que a série Press Start já superou, pelo menos em variedade, a antológica saga Orchestral Game Concert (1991-1995) pioneira ao reunir jogos de diversas empresas, mas limitado, em sua maioria, a Nintendo (Mario, Zelda, Super Metroid, Donkey Kong Country, Star Fox, Earthbound, Kirby, Stunt Race FX, Sim City), Squaresoft (Final Fantasy, Seiken Densetsu, Chrono Trigger), Enix (Dragon Quest, Paladin’s Quest, Lennus II, EVO: Search for Eden), Koei (Romance of the Tree Kingdoms, Nobunaga’s Ambition, Uncharted Waters) e ASCII (Wizardry). Comparo as duas porque não houve um concerto japonês de várias franquias no interregno entre 1996 e 2005.

Diferentemente do OGC, as apresentações do Press Start não foram publicadas em CD. O motivo mais provável para a inexistência da gravação oficial é o entrave de direitos autorais encabeçado por Square Enix e Nintendo, que não permitem o lançamento de discos com músicas de outras empresas.

O que resta? Os bootlegs. Como já disse, não é apenas ouvir a reprodução de faixas originais com reverberação, mas testemunhar jóias exclusivas que se perderiam no tempo. Exemplo: “Splash Wave” do OutRun orquestrada em 2006. Aliás, o fato de ficar estupefato – ao menos falo por mim – somente ouvindo uma gravação amadora, com toda a limitação de captação de áudio, mostra a genialidade do concerto. Se em 2006 e 2007 (e das duas apresentações, realizadas em Osaka e Yokohama) pudemos conhecer os arranjos por clemência de uma alma caridosa, em 2008 não tivemos a mesma sorte, pelo menos até agora, uma vez que os ingressos acabaram em questão de horas, impossibilitando a presença do bootlegger dos anos passados. Parte da frustração foi minorada pela versão chinesa, que mostrou não só set list diferente, como esteve longe de repetir a primazia nipônica.

Após o extenso introito, vamos finalmente para as informações da quarta edição da série produzida por Nobuo Uematsu, Shogo Sakai, Kazushige Nojima, Masahiro Sakurai e Taizo Takemoto. O Press Start 2009 ~Symphony of Games~ acontecerá no dia 2 de agosto, um domingo, com performance da Tokyo City Philharmonic Orchestra, a mesma do Press Start 2006, no Tokyo Metropolitan Art Space, local onde ocorreu recentemente o Monster Hunter Orchestral – 5th Anniversary Concert. Para evitar que o esgotamento instantâneo de ingressos se repita, serão realizadas duas apresentações nesse mesmo dia, a primeira às 14 horas locais e a outra às 18:30. Há entradas de 5.500 ienes (em torno de 118 reais) e 7.500 ienes (161 reais).

Em vez de revelar segmento por segmento tal qual em 2008, modelo que em muito me agradou, em 2009 já foi anunciada meia-dúzia, permanecendo a dúvida de como serão apregoados os restantes: um por um ou em grupos de seis. Em alguns casos, até mesmo as faixas foram detalhadas. Três estão relacionados com a Nintendo, então suponho que nada mais da produtora deve aparecer, ou seja, não será esse ano que haverá Metroid ou Donkey Kong. Eis as seleções após o Hadouken:

Agradecimentos ao Fabão pela descoberta transmitida pessoalmente e pelos detalhes na tradução.

– Super Mario Bros.: Medley

Super Mario Bros.Não gostei. Com tanta coisa boa ainda não explorada do Super Mario Bros. 2, 3, World, 64 e Sunshine, qual o sentido em tocar SMB 1 de novo? O Press Start 2007 teve “Super Mario Bros. Medley”, mas foi simplório e burocrático, tanto que o segmento de 2009 será totalmente reformulado – soa quase como um pedido de desculpas ao Koji Kondo. Espero que não seja o mastigado “Super Mario Bros.” do OGC1, reprisado por quase todos os concertos pelo mundo. E torço que desta vez tenha a “Castle”, esquecida no medley arranjado há 18 anos por Nobuo Kurita. Na revelação feita pelo maestro Taizo Takemoto, ele elogiou a popularidade inconteste dos temas do jogo, e como as melodias se tornaram obras-primas imortais.

– Persona 4: “Poem for the Souls of Everybody” ~ “Reach Out To The Truth” ~ “A Corner of Memory”

Persona 4Opa! Aqui sim a ousadia do Press Start que estávamos acostumados, atendendo aos pedidos de muitos fãs ano passado, quando aconteceu o show Persona Music Live. No texto, Masahiro Sakurai menciona a popularidade do jogo vendido em 2008 para PlayStation 2 e do álbum Persona 4 Original Soundtrack, que liderou as vendas no Japão na semana de lançamento. O grande desafio será criar a unidade entre a vocal “Poem for the Souls of Everybody” e a pianística “A Corner of Memory” com o explosivo tema de combate “Reach Out To The Truth”, que praticamente obriga a presença de uma banda completa ao lado da orquestra como em 2007. Mas vou dar uma de chato. Mais do que já sou: sentirei a falta da viciante “Pursuing My True Self”.

– Tales of Legendia: “melfes ~ Shining Blue”

Tales of LegendiaAno passado Masahiro Sakurai já havia manifestado o desejo em incluir Suikoden e Tales no set list, e a estreia da série da Namco no Press Start não poderia ser com jogo melhor, que me desculpe o compositor majoritário Motoi Sakutaba. A trilha do Tales of Legendia, assinada por Masaru Shiina, é de uma criatividade sem igual. Interessantemente, foi o próprio Taizo Takemoto que regeu a performance da New Japan Philharmonic da escolhida “melfes ~ Shining Blue”, elogiada segundo ele pelos próprios integrantes da orquestra durante a gravação. Gostei, mas não é a melhor, posto que dividiria entre “Enemy Attack”, “TAO -melfes version-”, “Chasing Shirley” e “Let’s Go”, todas bem complexas e difíceis de serem tocadas ao vivo.

– Rhythm Heaven: “Ninja”

Rhythm HeavenRhythm Heaven é divertido e genial, e explicita toda a minha toupeirice, pois mal consigo passar das primeiras fases do jogo. Portanto, sequer cheguei ao estágio da música que será tocada. De acordo com Shogo Sakai, a performance terá a ajuda de voluntários, embora não tenha entendido como isso deverá acontecer na hora. Mas se alguém errar o ritmo, fique com a certeza de que haverá olhares mal-encarados dos instrumentistas como no jogo.

– Ore no Shikabane o Koete Yuke: “Flower”

 Ore no Shikabane o Koete YukeDepois de obscuridades (para os japoneses) como Popolocrois Story em 2006 e Sakura Wars em 2007, não surpreende tal escolha fora dos padrões. RPG cult do PlayStation lançado somente no Japão, é repleto de concepções ousadas como dito por Masahiro Sakurai, a começar pela capa, conforme me disse o mestre oriental Fernando Mucioli: o designer do jogo, Shoji Masuda, resolveu colocar a foto do filho dele na embalagem. “Flower” é a canção composta e interpretada pela Ryoko Kihara, com passagens no piano e violão espanhol. Mas confesso que não achei a canção nada demais.

– NES Medley

NES MedleyOuviram minhas súplicas. Retorno para o post do “Big Big Nintendo Medley” da Famicom Band: “Sendo fascinado pelos medleys de jogos velhos, vislumbrei a possibilidade de um concerto (a.k.a. Press Start ~Symphony of Games~) fazer o que chamaria de “Nintendo NES Medley”.” Masahiro Sakurai rememorou o lançamento do Famicom em 1983, e manteve em segredo dos jogos que estarão representados na miscelânea. A única informação referente a isso é que serão feitos dois medleys diferentes, um para a primeira e o outro para a segunda apresentação. Difícil será fazer um trabalho mais completo que a Famicom Band. Excitebike, Urban Champion, Clu Clu Land, Mike Tyson’s Punch-Out!!, Duck Hunt, Mach Rider, Balloon Fight, Ice Climber, Kid Icarus e Wrecking Crew são obrigatórios. Viva Hirokazu Tanaka!

[via PRESS START]

Apertando start, select, A, B, X, Y…

Para finalizar, as minhas vontades para os segmentos restantes. A princípio eu faria um textículo para cada segmento, mas além de gigantesco o post ficaria extremamente cansativo. Então limitei a mencionar, aproveitando muitas sugestões da lista do Fabão ano passado.

– 7th Dragon
– Ace Combat 5
– Ace Combat 6
– Bomberman
– Breath of Fire
– Capcom Arcade Medley: Ghosts ‘n’ Goblins, 1942, Commando, Final Fight…
– Castlevania: Symphony of the Night
– Donkey Kong Country
– Donkey Kong Country 2
– Dragon Quest
– Drakengard 2
– Enthusia Professional Racing
– Eternal Sonata
– Etrian Odyssey
– Fatal Fury
– F-Zero
– Front Mission
– Gradius III
– Gran Turismo 4
– Grandia
– Guilty Gear
– Katamari Damacy
– King Colossus
– Kirby
– King of Fighters
– Konami MSX Medley: King’s Valley, Antarctic Adventure, Knightmare, Road Fighter, Yie Ar Kung Fu, Circus Charlie…
– Lunar
– Mario Paint
– Mega Man 3
– Mega Man X
– Metal Gear Solid 3: Snake Eater
– Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots
– Metroid
– Mr. Driller Drill Land
– NiGHTS
– Ogre Battle
– Onimusha
– Onimusha 2
– Okami
– Panzer Dragoon
– Phantasy Star
– Resident Evil 5
– Sega Medley: Alex Kidd, Altered Beast, Castle of Illusion, Golden Axe, Quartet, Sword of Vermilion, Power Drift, Galaxy Force…
– Seiken Densetsu
– Shenmue
– Shining Force
– Sonic the Hedgehog 2
– Soulcalibur IV
– Star Ocean
– Street Fighter II
– Streets of Rage
– Suikoden
– Super Adventure Island
– The Legend of Zelda: Twilight Princess
– The Revenge of Shinobi
– ToeJam & Earl
– Xenogears
– Wangan Midnight
– Valkyrie Profile

9 Responses to “Press Start 2009: a nostalgia em forma de concerto”


  1. 1 Acid 14/05/2009 às 2:45 pm

    ToeJam & Earl? :)
    Não consigo nem imaginar isso sendo tocado por uma orquestra hehehehe mas poeriam tentar. Com direito a vozes e tudo?

  2. 3 Wesley Pires 14/05/2009 às 5:26 pm

    Listinha gigante hein Alexei?!
    Das citadas acima, eu gostaria de ouvir um Medley de Gradius III, Megaman X, DK2, Castlevania SOTN entre outros.
    Eu ficaria surpreso se fizessem sobre Donkey Kong 2, já que ao meu ver é a obra maxima de David Wise na série Donkey Kong, apesar de termos musicas marcantes nos outros, como a da fase “GangPlak Galleon”, onde tu enfrenta o K.Rool.
    Quanto a Gradius III, gostari de ouvir “Fire Scramble” e “Sandstorm”, será que é pedir demais?!

  3. 4 Alexei Barros 14/05/2009 às 10:03 pm

    Totalmente! De DKC acrescentaria à sua relação, “Simian Segue”, tocada no mapa-múndi, e do DKC2 a famigerada “Stickerbrush Symphony (Bramble Blast)”. E do Gradius III, “In the Wind”.

  4. 5 Wesley Pires 15/05/2009 às 12:59 am

    Cra, bem lembrado. Acho que se eu ouvisse Stickerbush Symphony ao vivo eu teria um treco. Falando nisso, tu postou em algum artigo algum concerto ou similar tocando essa musica? Se tiver passa ai, deixe eu desmaiar aqui no meu PC.


  1. 1 Top 5 – Melhores Box Art de todos os tempos « First Stage Trackback em 01/07/2009 às 9:58 pm
  2. 2 Press Start 2009: menos arrojado, mas ainda notável « Hadouken Trackback em 20/08/2009 às 11:38 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: