Echoes of War: a eminência da Blizzard

Por Alexei Barros

Sempre quando tocava Warcraft no Video Games Live queria Shadow of Colossus no lugar. Em vez de StarCraft II, Ace Combat. E, o que pode causar espanto, quando apareceu Diablo III eu almejava Soul Calibur. Ainda não sei direito a razão – cogitei o fato de não conhecer as séries, o que, aliás, gerou uma interessante discussão sobre os diferentes efeitos da música gamística –, mas, em geral, as peças orquestradas dos jogos da Blizzard não me apetecem como as desses três títulos. Fiz a comparação porque são temas sinfônicos semelhantes: suntuosos, grandiosos e, quando tem coral, com letras em latim.

Subjetividades à parte, um dos grandes (e poucos) méritos do VGL, além das colaborações do Richard Jacques, é o de adicionar temas da Blizzard no set list com rapidez impressionante, antes mesmo do lançamento dos games. O VGL é um constante nos eventos da produtora, como no Blizzard Worldwide Invitational, em que foi apresentado pela primeira vez ao mundo o tema do Diablo III. Só que quem gravou a versão do trailer, lançada no Diablo III Overture – Single, foi a australiana Orquestra Sinfônica Eminence… Que, por sua vez, havia debutado o tema de World of Warcraft: Burning Crusade no concerto A Night in Fantasia 2007: Symphonic Games Edition.

Para selar a parceria da Eminence e Blizzard – e aumentar as vantagens em relação ao VGL –, acontece o anúncio do álbum duplo Echoes of War: The Music of Blizzard Entertainment, formado por músicas com arranjos inéditos das franquias Warcraft, StarCraft e Diablo. Escutaria por curiosidade, pois tenho acompanhado com atenção os trabalhos da Eminence. Entre os recentes, as trilhas de Valkyrie Chronicles e Soulcalibur IV – e que música mais fantástica é “Entwined Destiny”

Mas minha expectativa aumentou quando soube que a Eminence convidou dois compositores japoneses que admiro sobremaneira: Kow Otani, o mago por trás das tocantes músicas de Shadow of the Colossus, e o criativo Masaru Shiina, da Namco, autor das espetaculares trilhas de Mr. Driller Drill Land e Tales of Legendia. Não conhece? Escute apenas “Enemy Attack” do RPG. Otani escreveu uma faixa nova intitulada “Children of the Worldstone”, inspirada vagamente no universo de Diablo, e Shiina arranjou “Eradicate and Evolve” (StarCraft).

Embora não seja tão alardeada pelo site oficial, também há o envolvimento em nove músicas de Natsumi Kameoka, principal arranjadora do drammatica -The Very Best of Yoko Shimomura-, responsável pela releitura das duas faixas no Chrono Trigger Orchestra Extra Soundtrack, e ainda co-arranjadora do segmento de Wild Arms com Michiko Naruke no Press Start 2008 ~Symphony of Games~. Um projeto similar, que coloque mentes nipônicas em sintonia com ocidentais, só me recordo no momento do recente (e fabuloso) Symphonic Shades, em que o Yuzo Koshiro e Takenobu Mitsuyoshi releram composições do alemão Chris Huelsbeck.

Dia 1º de novembro sai por US$ 49,95 o Echoes of War: The Music of Blizzard Entertainment Legendary Edition, que além dos dois CDs inclui um DVD bônus, com cenas da gravação das músicas e entrevistas, um livreto de 32 páginas e 9 cards. Em 22 do mesmo mês chega o Echoes of War: The Music of Blizzard Entertainment Standard Edition, com os dois discos por US$ 29,95.

Não deixe de ver o trailer do projeto no site, além de ouvir os samples.

O set list, com as faixas originais que inspiraram as arranjadas:

CD 1

01 “Journey to Kalimdor” (Warcraft III): “Blackrock & Roll” ~ “Doomhammer’s Legacy”
02 “Eternity’s End” (Warcraft III): “Lordaeron Fall”
03 “A Tenuous Pact” (World of Warcraft): “The Shaping of the World” ~ “A Call to Arms” ~ “Intro Movie: Seasons of War” ~ “Legacy” ~ “Echoes of the Past” ~ “War”
04 “Anar’alah Belore” (World of Warcraft: The Burning Crusade): “The Sin’Dorei” ~ “Silvermoon City”
05 “The Betrayer and The Sun King” (World of Warcraft: The Burning Crusade): “Gates_9” ~ “Storm_2” ~ “Arrival_2” ~ “The Sundering” ~ “Flyby” ~ “Sunwell Bombing Run v2”
06 “The Visions of the Lich King Overture” (World of Warcraft: Wrath of the Lich King): “Wrath of the Lich King – Main Title” ~ “Northrend Trailer Music 2”

CD 2

01 “No Matter the Cost” (StarCraft):
“Main Theme” ~ “First Contact” ~ “Terrran 1” ~ “Terran 2” ~ “Terran 3” ~ “Terran Ready Room” ~ “Terran Defeat” ~ “Terran Victory” ~ “The Death of Overmind” ~ “Funeral for a Hero” ~ “Dearest Helena”
02 “En Taro Adun” (StarCraft): “Protoss 1” ~ “Protoss 2” ~ “Protoss 3” ~ “Protoss Ready Room” ~ “Protoss Defeat” ~ “Protoss Victory” ~ “The Ascension”
03 “Eradicate and Evolve” (StarCraft): “Zerg 1” ~ “Zerg 2” ~ “Zerg 3” ~ “Zerg Ready Room” ~ “Zerg Defeat” ~ “Zerg Victory”
04 “Victorious but not unscarred” (StarCraft & StarCraft: Ghost): “Brood War Aria”~ “Ghost Intro MX Stem LoRo”
05 “The Hyperion Overture” (StarCraft II): “SC2 Overture v1” ~ “SC2 Teaser Music”
06 “The Eternal Conflict” (Diablo II, Diablo II: Lord of Destruction): “Tristam” ~ “Rogue” ~ “Baal” ~ “Haals” ~ “Ancients” ~ “Siege” ~ “Ice” ~ “Fortress”
07 “Legacy of Terror” (Diablo III): “Diablo III Overture”
08 “Children of the Worldstone” (Diablo II, Diablo II: Lord of Destruction, Diablo III): “Diablo III Overture” ~ “Tristam”
09 “Last Angel” (faixa bônus)

[via Music4Games]

Anúncios

16 Responses to “Echoes of War: a eminência da Blizzard”


  1. 1 Shishikishi 27/10/2008 às 5:09 pm

    Otani é gênio, procure as músicas que ele fez pro anime Haibane Renmei.

    Tão inspiradas quanto SoTC :D

  2. 2 Alexei Barros 27/10/2008 às 10:37 pm

    Bem lembrado, Shishikishi. Cheguei a escutar parte da trilha do Haibane Renmei há um tempão, e tinha achado excelente, mas acabei não dando a atenção merecida. Pretendo corrigir a lacuna em breve.

    Falando nele, lamento que as músicas do anime Deltora Quest, que o Otani compôs, e também são tocadas pela Orquestra Eminence, não foram lançadas em CD…

  3. 3 Igor 28/10/2008 às 9:11 pm

    Rápido comentário porque estou meio sem tempo: não sou grande conhecedor das séries da Blizzard, só sou fã incondicional de Diablo, e talvez por isso não tenha gostado, à primeira vista, da seleção. Uma música que particularmente acho genial é o tema de Tristram, cidade do Diablo original, deixo aqui uma curiosa interpretação por fans que achei no youtube a uns tempos e a versão original do jogo que uploadei pelo Goear pra ver se compenso as dezenas de músicas que já ouvi por lá heheh:

    http://www.goear.com/listen.php?v=32de93e

    Ah, sim, reitero os dos comentários acima: Otani é FODA.

    :)

  4. 4 Alexei Barros 29/10/2008 às 12:12 am

    Que curioso! Eu desconhecia a música, mas quando li a entrevista no OSV sobre o álbum, e o diretor da Eminence Hiroaki Yura foi perguntado se o violonista (Zane Banks) conseguiria tocar a Tristam, procurei imediatamente a faixa. De fato, ela é genial e foge dos clichês de trilhas sonoras. A performance é impressionante – só imagino o tempo que o cara levou para decorar tudo.

    E quando vejo que a Tristam aparecerá em duas faixas – na abertura “The Eternal Conflict” e a composição do Kow Otani, “Children of the Worldstone”, deve ter ressonâncias do tema como diz o Music 4 Games -, fico ainda mais ansioso.

  5. 5 Igor 29/10/2008 às 7:50 pm

    Engraçado, pelo que eu entendi ai da relação das faixas o tema seria da Tristram de Diablo II, que eu não lembro bem como era. Mas, pensando bem, e vendo a entrevista, deve ser essa mesma, do primeiro jogo.

  6. 6 Magus 24/11/2008 às 5:41 pm

    A música de Tristram de Diablo 2 tem um trecho extra no final. É a única diferença em relação à versão de Diablo 1.

  7. 7 Alexei Barros 24/11/2008 às 5:59 pm

    Valeu pelo esclarecimento, Magus! Não havia notado.

  8. 8 Magus 25/11/2008 às 11:19 am

    Posso postar link para o album aqui?

  9. 9 Zidane Tribal 02/12/2008 às 1:27 am

    muito boa a critica, eu tenho os 2 cds aqui, confesso que o cd 2 não é lá essas coisas, mas o cd 1 c/ as músicas do warcraft ficou muito melhor do que a versão original, os arranjos ganharam mais brilho, os metais marcando forte, o som dos metais marcando forte e os cellos com um tom aveludado e ao mesmo tempo firme, torna o cd 1 grandioso em relação a obra original.

  10. 10 Alexei Barros 02/12/2008 às 8:02 am

    Zidane, conheço superficialmente as músicas da Blizzard, e também fiquei com a impressão de que os arranjos maximizaram a suntuosidade das músicas. No geral, gostei bastante.

    O Masaru Shiina fez as suas típicas experimentações em “Eradicate and Evolve” – me lembrou um pouco a ensandecida “Short Circuit” do Tales of Legendia.

    Gostei da bateria acentuada na “No Matter the Cost”, mas não entendi porque na “A Tenuous Pact” o coral não articula frases. Sem a letra em latim a música perde a imponência.

  11. 11 Magus 01/01/2009 às 7:46 pm

    Já eu gostei mais do CD 2. :P
    Músicas de Warcraft me empolgam do 1 ao 3, principalmente do 2. Tem muita música de WoW lá. :(

    Eu fiquei viciado em No Matter The Cost. Durante dias foi praticamente só o que eu ouvi. O trecho em piano, de Dearest Helena, me deixa em transe. Lembro do DuGalle lendo a mensagem para a mulher antes de morrer na cinematic final de Brood War…

    En Taro Adun foi interessante por mexer justamente com meu lado Protoss. :P Minha raça favorita de Starcraft, e gosto do estilo de música deles.

    Eradicate and Evolve começa meio estranha, mas depois faz se sentir como se estivesse no meio do jogo.

    Vários trechos de músicas memoráveis de Diablo 2x em The Eternal Conflict, especialmente Siege e Tristram. :)

    Gostei de todas as músicas no final das contas. Todas as de jogos que já saíram, exceto WoW, têm lugar especial na minha memória. :D As de SC2 e Diablo 3 agradaram.

  12. 12 Alexei Barros 01/01/2009 às 9:23 pm

    Assino embaixo com as músicas, Magus, apesar de não conhecer os jogos da Blizzard como você. Gostei de todas, mas não nego que fiquei bastante decepcionado com as composições do Kow Otani: “Children of the Worldstone” e “Last Angel”. O vocal da Aika Tsuneoka é muito esquisito… =/

  13. 13 Renato 09/03/2009 às 7:18 am

    Olá, boa matéria, ouvi todas as músicas do Echoes of War e também vi todos os vídeos do DvD.

    Sou suspeito para falar pois eu gosto muito dos jogos da Blizzard, jogo os jogos dela há muito tempo, desde quando ela nem havia se quer lançado a série Warcraft e desde lá fui sempre muito fã.

    Como público alvo das músicas, posso dizer que estou bastante satisfeito com o resultado e fiquei muito impressionado com as músicas compostas por Kow Otani, simplesmente sensacional para o universo de Diablo.

    Acredito que o Otani e a Aika Tsuneoka, apesar de dizerem no documentário que não jogam muitos jogos, capitaram exatamente a essência do Diablo em toda sua história.

    A Aika tem uma voz muito potente que eu gostei muito de ouvir, pois as músicas do echoes of war como um todo não têm canto nenhum e as músicas quebraram o gelo e ficaram muito lindas, especialmente a Last Angel.

    Parabéns a Blizzard por mais este trabalho sensacional.

  14. 14 Alexei Barros 09/03/2009 às 9:14 am

    Fala, Renato!

    Vou te dizer: nesse álbum o mérito foi mais da Orquestra Sinfônica Eminence do que da própria Blizzard. Verdade que as músicas foram compostas pelos músicos da produtora, mas foi o spalla Hiroaki Yura quem teve a ideia do álbum, e chamou todos esses arranjadores, incluindo o Kow Otani, para participar do projeto.

  15. 15 Renato 10/03/2009 às 4:31 pm

    Me expressei mal na ultima frase, parabéns a Eminence e Blizzard.

    Foi um trabalho em conjunto. Como no próprio documentário diz, eu sei que a idéia veio por parte da Eminence (Hiroaki Yura) e toda a produção foi organizada por eles, mas é um trabalho em conjunto, a composição das músicas, acompanhamento do trabalho para ver se nada saia fora de como deveria ser, divulgação de todo o material e o box completo tbm é mérito da Blizzard, dona das franquias, histórias e músicas que inspiraram para a produção desta obra completa.


  1. 1 A Night in Fantasia 2009: o regresso eminente « Hadouken Trackback em 01/10/2009 às 2:54 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: