Anunciado CD do concerto Symphonic Shades

Por Alexei Barros

Chris Huelsbeck é um nome relativamente novo para mim, e percebo a cada dia o sacrilégio que cometo ao não conhecer o seu trabalho. Ainda mais agora, que ele conseguiu o que muitos compositores de game music ocidentais e japoneses nem sonharam: um concerto só dele.

Symphonic Shades – Huelsbeck in Concert acontecerá no dia 23 de agosto em Colônia, na Alemanha, no Funkhaus Wallrafplatz, com uma apresentação às 20h e outra às 23h. Todos os ingressos já foram esgotados. Seguindo uma tradição recente do Video Games Live, PLAY! A Video Game Symphony, Hyper Game Music Event 2007 e Gyakuten Meets Orchestra, a gravação da obra musical será lançada em CD no final de 2008, com a arte da capa rabiscada pelo mangá-ka Hitoshi Ariga.

O set list:

01 – Grand Master Slam (Opening Fanfare)
02 – X-Out (Main Theme)
03 – Jim Power in Mutant Planet (Main Theme)
04 – Tower of Babel
05 – Turrican 3 – Payment Day (Piano Suite)
06 – Gem’X (Main Theme)
07 – Apidya II (Suite)
08 – R-Type (Main Theme)
09 – Licht am Ende des Tunnels (Suite)
10 – The Great Giana Sisters (Suite)
11 – Tunnel B1 (Suite)
12 – Symphonic Shades
13 – Karawane der Elefanten
14 – Renderings: Turrican II – The Final Fight (Main Theme)

Por que ficar atento ao concerto?

1) O Symphonic Shades é produzido por Thomas Boecker, o mesmo da extinta série que abria a Games Convention em Leipzig, Symphonic Game Music Concert, segundo o próprio, inspirada na antológica saga gamística musical Orchestral Game Concert do Koichi Sugiyama. Afirmou em entrevista que a organizadora, Leipziger Messe GmbH, preferiu substituir por um “evento multimídia”… VGL?

2) A execução das músicas será do FILMharmonic Choir Prague, que participou das gravações de trilhas como Halo Wars e Too Human e da WDR Radio Orchestra, a mesma do álbum drammatica -The Very Best of Yoko Shimomura-. De acordo com Boecker, o conjunto se interessa pelas músicas dela. Torço por um concerto só da Yoko Shimomura, você sabe o motivo. No piano, o finlandês Jari Salmela e na percussão, o libanês Rony Barrak;

3) Todos os arranjos, exceto o quinto segmento, já tocado no Fourth Symphonic Game Music Concert, mas foi aperfeiçoado, são inéditos. O tema principal de Jim Power in Mutant Planet recebeu a orquestração de Yuzo Koshiro e a suíte de Apidya II do Takenobu Mitsuyoshi. Huelsbeck deve sentir-se honrado, já que considera a trilha de Actraiser uma das melhores da história e aprecia as músicas de Shenmue. O restante foi arranjado pelo finlandês Jonne Valtonen, dos medleys “Super Mario Bros.” e The Legend of Zelda” do PLAY! e as peças de Secret of Mana e Metal Gear Solid 3: Snake Eater do Fifth Symphonic Game Music Concert.

[via SEMO]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: