Músicas que não podem faltar no VGL – Parte 13

Por Alexei Barros

Não sei se você se deu conta. Ali nas categorias, à direita, uma específica para “Músicas que não podem faltar no VGL”. Não foi por acaso. E eu nem tinha me tocado, a despeito do grande intervalo de tempo entre os posts, que a esquálida série de posts já completou um ano de existência. Para você ver. Olha que nesse meio tempo algumas músicas até já foram inclusas no show, como a suíte do Metroid. Agora eu não vou me conformar se na apresentação de 2008 não houver uma sequer do Super Mario Galaxy. Será que terei que levar tomates esse ano?

O porquê da minha indignação:

1) Tommy Tallarico, evidentemente, gosta de músicas do Mario, haja vista o básico medley orquestrado do SMB, (por sinal, é o mesmo arranjo da “Super Mario Bros.” do Nobuo Kurita feito para o Orchestral Game Concert, o primeiro, que aconteceu em…1991), e as performances virtuosísticas do Martin Leung no piano, como o tema principal e a “Athletic” do Super Mario World.

2) Eu não entendo porque o segmento não é atualizado. No mesmo OGC1 foi executado, também com orquestração do Kurita, a “Super Mario World”, uma releitura sinfônica da “Overworld” do jogo do SNES. Sei lá, podiam tocar para dar uma variada. E como se todos os outros não tivessem músicas boas… Enquanto isso, no Fifth Game Music Concert foi apresentado a “End Credits” do New Super Mario Bros. relida pelo Yuzo Koshiro… Fico até com a impressão de que a função de orquestrador deve estar em extinção atualmente.

3) Aí chegamos ao Super Mario Galaxy. Graças ao Mahito Yokota, as músicas já são naturalmente orquestradas, prontas para serem apresentadas ao vivo. Vinte oito faixas no total. Fora isso, são do Super Mario Galaxy. Super Mario Galaxy!!!

“Egg Planet” (Good Egg Galaxy)

A primeira galáxia a gente nunca esquece. Se você tiver jogado e for ouvi-la sem souber o nome da música, certamente associará ao Super Mario Galaxy. Por quê? Porque sempre a faixa da fase inicial de qualquer jogo do Mario jamais foge de nossas lembranças. Ainda mais quando ela é composta por Koji Kondo (na trilha do SMG, de inéditas, apenas essa e as três versões da valsa do observatório). Cresce aos poucos, com os violinos, vai para a harpa e flauta e nos envolve a cada nota. Kondo sabe o que faz.

“Wind Garden” (Gusty Garden Galaxy)

Mahito Yokota também. Confesso que, quando Kondo disse na série “Iwata Asks” que havia escrito quatro faixas novas e apenas a “Egg Planet” era sabida, achei que a “Wind Garden” fosse dele, quando, na verdade, é do Yokota. Com o tilintar dos metais a peça abre e segue com a ternura dos clarinetes e a participação incisiva dos trompetes. O que colaborou para eu ter suposto que Kondo havia assinado a “Wind Garden”: o vídeo da Orquestra Mario Galaxy da música. Kondo aparece. Yokota não. Curioso.

“Floater Land” (Buoy Base Galaxy)

Como comentei certa vez com Phoenix Prandoni 51, você percebe que a música é boa quando passeia pelos cenários sem destino apenas para escutá-la. É isso que acontecia comigo. Depois de ter coletado todas as estrelas da Buoy Base Galaxy, voltava para lá para apreciá-la. Foge um pouco do Mario habitual, declinando para o pomposo. A batida militar da bateria, os metais, as cordas e os sons eletrônicos dão espaço para o sintetizador brevemente remeter à voz de uma soprano – bem que o trecho poderia ser interpretado por uma cantora mesmo.

“Super Mario Galaxy” (créditos)

Lógico que, se for para incluir Super Mario Galaxy, não vão entrar tantas músicas assim de apenas um jogo – só se for do Halo 3, é claro. A melhor opção para abarcar um bom número de faixas sem tantos segmentos é incluir o tema dos créditos, que nada mais é, assim como aconteceu com o New Super Mario Bros., um medley com várias peças do game. Entram nessa mistura, o tema da tela-título, “Good Egg Galaxy” e outras. Talvez seja a melhor escolha.

13 Responses to “Músicas que não podem faltar no VGL – Parte 13”


  1. 1 geraldofigueras 06/04/2008 às 1:01 pm

    Tu vê só, as valsas e Egg Planet / Good Egg sempre foram as minhas preferidas do jogo, disparadaço. E ai tu me traz essa informação que só elas foram escritas pelo mestre Kondo? Fico feliz com minha coerência musical eheheh

  2. 2 Alexei Barros 06/04/2008 às 1:10 pm

    Exatamente, Geraldo! Das inéditas que o Koji Kondo fez especialmente para o Super Mario Galaxy foram essas, conforme revelam os créditos da OST do jogo. Mas até achei meio picareta ele ter falado que foram quatro, já que três delas são variações de uma mesma composição. Na verdade são duas… Enfim…

  3. 3 Igor 06/04/2008 às 6:30 pm

    Pois é, a trilha do Mario Galaxy é muito foda! Eu colocaria além dessas a Battlerock Galaxy, e, quem sabe a música da batalha contra o Bowser, apesar de não ser muito “Mario”.

  4. 4 Alexei Barros 06/04/2008 às 10:34 pm

    Boas lembranças também, Igor. Vou te falar que quase coloquei a da Battlerock Galaxy, mas acabai nem falando. E esqueci realmente o quão fantástica é a música da batalha do Bowser por conta do coral e tal.

  5. 5 Claudio Prandoni 06/04/2008 às 10:46 pm

    Confesso que gostaria muito também de ouvir no VGL a versão SMG da Athletic. Talvez pelo alto fator nostálgico…

    Mas das novas confesso que sou fã da Wind Garden, ainda que a Good Egg Galaxy seja absolutamente cativante. Não sou tão coerente musicalmente falando como o Geraldo.
    :P

  6. 6 Alexei Barros 07/04/2008 às 12:29 am

    Ah, justiça seja feita, o trabalho do Mahito Yokota ficou excelente, por mais que o Koji Kondo seja o Koji Kondo. Como não existe a OST do Zelda: Twilight Princess não dá para ter certeza absoluta, mas supostamente o Yokota também é o compositor da fantástica “Orchestra Piece #2”, que nem foi inclusa no jogo.

  7. 7 geraldofigueras 07/04/2008 às 1:37 pm

    Sim sim, justiça seja feita. Do jeito que eu falei parece que só as DUAS músicas do Koji Kondo são boas. A trilha inteira é maravilhosa, e já to de olho no disquinho no Ebay ;)

  8. 8 Claudio Prandoni 07/04/2008 às 2:04 pm

    Opa, Geraldo!

    Não esqueça de procurar pela versão Platinum que vem com dois CDs. No Play-Asia tinha ela à venda (já se foram todos os discos voadores…), mas no Ebay deve pintar uma dessas.

  9. 9 Fred 20/12/2009 às 9:13 pm

    Alexei, o Kondo até pode ter sido meio picareta ao falar que foram quatro músicas diferentes, mas no fundo acho as três versões do tema do observatório bem diferentes.

    E engraçado que eu acho as músicas tão diferentes que mesmo a terceira versão sendo a “mais completa” fiquei com um pouco de raiva quando peguei a quinta Grand Star porque preferia a segunda versão. xD
    Então pra mim as melhores músicas do jogo são a “Wind Garden” e “Rosetta’s Comet Observatory 2”.

  10. 10 Alexei Barros 24/12/2009 às 10:47 pm

    @ Fred

    Ah, sim, mas mesmo sendo versões diferentes tratam-se da mesma composição. Quem sou eu para contestar o mestre Kondão. :)

    Sobre a preferência das valsas, ouvi as três agora na sequência, e gostei especialmente da 2 e da 3, com uma leve preferência pela 2, mas não tanta assim. Só que a “Egg Planet” ainda segue como a minha favorita do jogo, mais ainda do que a “Wind Garden”.


  1. 1 Galáxia em áudio e vídeo « Hadouken Trackback em 12/04/2008 às 11:28 pm
  2. 2 Press Start 2008: a confirmação de Super Mario Galaxy « Hadouken Trackback em 23/07/2008 às 3:49 pm
  3. 3 “Rosetta’s Observatory” – Super Mario Galaxy (Vayshen) « Hadouken Trackback em 12/09/2008 às 4:38 pm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: