Músicas que não podem faltar no Rock Band

rockband.jpg

Por Alexei Barros

Antes de mais nada, proponho mudar o nome do blog para Hadouken Prandoni, o que acha? Não vai ter para ninguém no escalpe de 2008…

E antes de tudo, quero agradecer ao pessoal do Nintenerds e a sua Gincana Nérdica que me fez descobrir um serviço de suprema serventia para os meus caspentos posts de game music. O goear é uma espécie de YouTube de MP3. Portanto, sempre que ver um link de uma música e quiser ouvi-la, peço, se estiver a fim, que clique nele e abra uma janela à parte. Assim poderá escutar as faixas que eu comento sem precisar baixar os arquivos. Aos poucos irei fazer isso nos posts passados também (não que você queira ter o martírio de ler novamente a série “Músicas que não podem voltar no VGL”…).

Enfim, se havia um motivo para eu jogar Guitar Hero, que era “Halo Theme MJOLNIR Mix”, agora há uma razão para conferir Rock Band: a canção “Still Alive” do Portal, ainda a ser disponibilizada para download. Alguns já tocaram… Não sei se é por conta do meu insólito (e põe insólito nisso) gosto musical. Não sei. Sei lá. Não vi a menor graça. Mas é game music. E não é por isso que gosto.

Ao que tudo indica, poderá haver a segunda razão para jogar Rock Band. Ou mais cinco. A versão do Wii, que não terá modo online, contará com cinco músicas exclusivas. Qual o sentido se apenas essa edição possuir canções do Bon Jovi? Beatles? Iron Maiden? Offspring? Se serão somente para o console da Nintendo, é muito mais coerente aparecer músicas de jogos da Nintendo, convenhamos. Pensando nisso, o blog MTV Multiplayer já fez uma seleção curiosa. (Valeu, Fabão!)

Então finalmente chegamos às canções que separei. A relação é bem menor que a “Músicas que não podem faltar no Guitar Hero” e serve também como complemento desta. Em tempo, a seleção de faixas não tem ênfase necessariamente em vocal e bateria, que são os atrativos do Rock Band. Agora tem alguns arranjos feitos por fãs também. Não nego que algumas sugestões foram usurpadas do Eric e do Uehara.

“Green Monster” (Gran Turismo 4)

Diga-me: como pude esquecer dela? Masahiro Andoh, o mesmo por trás da “Moon Over the Castle” e do T-Square, a compôs e tocou com músicos ocidentais. Ela já aparecera na OST do primeiro GT, só que a versão do GT4 é monstruosamente melhor. Curta na medida certa, rápida e envolvente. Fica o protesto: Sony, qual é o problema em incluí-la na versão ocidental?

“Dezant” (Lords of Thunder – vertexguy)

Já jogou Lord of Thunder, jogo de tiro especial da Hudson para TurboGrafx-CD e Sega CD que também saiu no Virtual Console? Presumo que não. Já escutou alguma música? Deveria. Não o culpo, a OST nunca foi lançada mesmo… A trilha sonora é um hard rock instrumental fantástico, com riffs empolgantes. Primeiramente eu havia separado a “Dezant” original (ouça-a também), mas aí o Chris Kline, vulgo vertexguy, o sagaz guitarrista que já tocou a “Jungle Jam” (Contra) em apresentações do VGL, fez esse arranjo avassalador. Ainda colocaram no Guitar Hero II:

“Aqual” (Lords of Thunder)

Infelizmente essa o Chris Kline não arranjou – conclamo o baixista Gustavo Oliveira para fazer a sua versão. Começa com um solo de baixo slap e duas guitarras aparecem depois. Para completar, há uma intervenção arrebatadora do baixo no meio da música. Ouvi dizer que a trilha do shooter Ginga Fukei Densetsu Sapphire lembra a do Lords of Thunder, mas não a encontrei. Fica para outro post (outro? Vixe…).

“Boost Up” (Xexex – Konami Shooting Battle Perfect Selection)

Ainda em shooters e outro jogo obscuro: Xexex, do Arcade, que chegou a sair na coletânea Salamander Portable do PSP. Na seleção anterior já havia separado algumas do excepcional guitarrista e baixista Naoto Shibata, que fez os arranjos dos cinco álbuns Battle Perfect Selection. Sinto-me envergonhado de ter esquecido desta. Duas guitarras conversam e no ápice da música elas explodem.

“Crystal Clear” (Xexex – Konami Shooting Battle Perfect Selection II)

Essa eu acho animal também, apesar da bateria sintetizada proeminente – é um instrumento que deve ser de verdade, senão fica muito artificial. Sorte que há as guitarras para demolirem tudo mais uma vez.

“First Attack” (Thunder Cross – Konami Shooting Battle Perfect Selection II)

Já essa do Thunder Cross é a minha preferida. As guitarras estão completamente furiosas, desde o começo impetuoso. Só não sei como faria para tocar as partes do teclado, afinal o Rock Band não tem o instrumento.

“Ripe Seeds” (Castlevania: The Adventure – Dracula Battle Perfect Selection)

Uma música que é pouco lembrada por ser do longínquo Castlevania: The Adventure do Game Boy, mas foi recordada pelo Eric. Um pouco menos irriquieta do que as outras, o que não a deixa menos empolgante.

– “Theme of Snatcher” (Snatcher – Snatcher Battle Perfect Selection)

Além do Castlevania e dos shooters espaciais, o Naoto Shibata também fez um álbum com músicas do Snatcher, o adventure do Hideo Kojima. Eis o melodioso tema do jogo. Por que não fazem logo um Guitar Hero Battle Perfect Selection? Você provavelmente não sabia, mas depois que o Naoto Shibata fez esses CDs ele foi o baixista da…

“Angel Island Zone” (Sonic the Hedgehog 3 – Super Smash Bros. Brawl)

…Crush 40! Nada menos do que a banda a qual o guitarrista é o genial Jun Senoue. Opa! É um das melhores (senão a melhor) do Brawl. Outro fato interessante. O mais provável é que o SSBB fique mesmo sem o lançamento da OST, mas ao menos uma música do jogo, exatamente esta, foi publicada. É a 19ª do álbum True Blue: The Best of Sonic the Hedgehog. E veja só! Colocaram no Guitar Hero! Alguém me empresta a guitarra-controle?

“Live and Learn” (Sonic Adventure 2)

Não consigo pensar em outra coisa quando ouço essa música senão aquele vídeo histórico do Sonic atropelando o Mario do SSBB. De novo Jun Senoue e Crush 40. E tem tudo a ver com o Rock Band, pois tem o vocal do Johnny Gioeli. Se inseriram no Guitar Hero?

“Open Your Heart” (Sonic Adventure)

Novamente Jeun Senoue, Johnny Gioeli, Crush 40 etc. O vocal dessa é um pouco mais pesado, aliás. Ah, como não poderia deixar de ser, Guitar Hero:

“Escape from the City” (Sonic Adventure 2)

Prandoni ficará chateado: curiosamente não colocaram a música da fase de abertura do Sonic Adventure 2 no Guitar Hero. Pelo menos eu não achei no YouTube. Quem sabe no Rock Band…Só que essa música tem dois vocais (Ted Poley e Tony Harnell) e, por enquanto, é impossível fazer um duo no RB. Seja como for, tocar e cantar essa música seria uma boa forma de escapar do stress da cidade (sen…).

“Won’t Stop, Just Go!” (Sonic Adventure 2)

A última de Jun Senoue. Prometo. Embora seja 100% instrumental, combina com Rock Band. A veloz introdução na bateria exigiria agilidade e atenção redobradas. Depois as guitarras dominam a música.

“Let’s Go Away” (Daytona USA)

Acabou do Sonic, mas não terminou da SEGA. Já cansei de falar do Takenobu Mitsuyoshi. Acredito que pior que ele você não vai cantar… E faço questão que seja a versão da H., que só foi apresentada ao vivo e nunca apareceu em um álbum. Ainda. Logo sairá no Hyper Game Music Event 2007 EXTRA The Live Album Vol.1. Se conseguir a gravação ao vivo atualizo o link.

“Street Fighter II Opening Theme” (Street Fighter II – 20th Anniversary A Tribute to Game -Sounds for Music- CD)

Recomendação do Uehara. Você se lembra muito bem: o soco no meio da rua e o prédio com o logo “Street Fighter II”. Também se recorda da música. O arranjo é de Hiroki Otomo, com as guitarras do Daita e Satoshi Kawase.

“Suck a Sage” (Guilty Gear)

Faixa que o Eric comentou que tem cerca de três minutos de duração com guitarras aceleradas da excepcional trilha do Daisuke Ishiwatari. Cadê a versão no Guitar Hero?

“Esaka Forever” (The King of Fighters ’97 – The King of Fighters ’97 Arrange Sound Trax)

Faixa que havia esquecido no post do Guitar Hero e o Uehara me alertou. Pouco se fala dos instrumentistas da Shinsekai Gakkyoku Zatsugidan, mas o guitarrista convidado Jun Kajiwara posso assegurar que atua no cenário J-Fusion na banda do saxofonista Masato Honda (outro que toca em diversos CDs de game music) e também participou do álbum Rockman X Alph-Lyla with Toshiaki Ohtsubo.

Trip! ~Losing Oneself in the Distortion of Time~” – (Chrono Trigger – Journey Through the Brilliant days ~Chrono Trigger Arrange Album~)

Sempre achei os japoneses melhores do que os americanos, sejam músicos profissionais ou amadores. Prova disso é o arranjo guitarrístico do tema de Chrono Trigger da banda japonesa de fãs takrockers!!, melhor que 150% das versões que tem por aí. Aviso: a faixa pode causar ataques cardíacos aos muitos órfãos das viagens temporais do pobre mudo abandonado Crono.

“Maybe I’m a Lion” (Final Fantasy VIII – The Black Mages II: The Skies Above)

Outra música que o Eric recomendou no outro post e vergonhosamente não a inclui. Como ele diz nos comentários, há um solo de guitarra espetacular do Michio Okamiya. Óbvio que está no Guitar Hero Custom.

“Zeromus” (Final Fantasy IV – The Black Mages II: The Skies Above)

Onde eu estava com a cabeça quando não separei alguma do FFIV dos Black Mages? Excelente releitura de Kenichiro Fukui da “The Final Battle”.

“Battle with the four Friends” (Final Fantasy IV – The Black Mages II: The Skies Above)

Arranjo de outro tema de combate, “The Dreadful Fight”, desta vez por Tsuyoshi Sekito. Mas só são essas do FFIV tocadas pelos Black Mages. Onde estão os outras músicas de batalha?

“Red Wings Over Baron” (Final Fantasy IV – Powerglove – Metal Kombat for the Mortal Man)

“Red Wings” ~“Fight 1” ~“The Dreadful Fight” ~ “Into the Darkness” ~ “Fight 2” ~ “Fanfare” ~ “The Final Battle”

Aqui. Talvez cansada de esperar pelos arranjos dos Black Mages, a banda americana de fãs Powerglove fez um medley puxando para o metal não só com todos os temas de combate (incluindo os dois já refeitos pelos BM), como outras – a “Red Wings” no início é infartante.

“Neo EXDEATH” (Final Fantasy V – The Black Mages III: Darkness and Starlight)

E já vou listar uma música do recém-lançado terceiro CD dos The Black Mages. Arranjo de “The Last Battle” do FFV nas mãos do supracitado Okamiya que é um dos poucos realmente memoráveis do álbum.

“Darkness and Starlight” (Final Fantasy VI – The Black Mages III: Darkness and Starlight)

Fecho com a principal música do novo álbum dos Black Mages: “Opera ‘Maria and Draco'” do Final Fantasy VI em versão rock – uma mistura incomum. Além de ser um estilo que absolutamente não costuma aparecer no Rock Band, haveria a necessidade de três microfones para tenor, baixo e mezzo-soprano, o que representaria uma completa fuzarca de sons e vozes caso os jogadores-cantores de karaokê não sejam afinados. Na verdade, precisaria de um quarto microfone para fazer a hedionda narração dessa versão – deixa para lá…

Imagino o que aconteceria em uma overdose de Final Fantasy VI, tocando os 15 minutos da “Darkness and Starlight” e ininterruptamente a “Dancing Mad” e os seus 12 minutos. Quase meia hora depois… Dedos formigantes, gargantas secas, costas doloridas e o Hitzman… Nadando em um mar de lágrimas.

11 Responses to “Músicas que não podem faltar no Rock Band”


  1. 1 Claudio Prandoni 29/03/2008 às 4:23 am

    Pouco, pouco genial vossa seleção, maestro.

    Claro que tenho minhas preferências e você já deve imaginar que recaem sobre as músicas da Crush 40, em especial “Live and Learn” e “Escape from the City” (que tem vocal e eu poderia soltar meu hediondo vozerio).

    Bela lembrança o Lords of Thunder e o “Theme of Snatcher” – que a princípio achei que se tratava de devaneio vosso, mas realmente tem um estilo que se encaixaria bem no Rock Band, principalmente na bateria.

    Outra surpresa: “Red Wings Over Baron”. O arranjo metal caiu bem para a música.

    Se permite a petulância, quero apontar duas omissões. Final Fantasy VII e Mega Man X. Onde estão os temas de batalha e chefe do FF VII e, claro que sim, como não, Chavinho, a “Advent: One-Winged Angel”?

    Do Mega Man X, vai qualquer uma, contanto que seja do remake para PSP.

  2. 2 Claudio Prandoni 29/03/2008 às 4:29 am

    Ow, pouco, pouco animal esse solo da “Neo EXDEATH”. Nem o Quichim faria com perfeição.

  3. 3 Lucas Patricio 29/03/2008 às 7:49 am

    Muito bom, Alexei, muito bom. Meu destaque pra sua lista fica para “Angel Island Zone” , realmente sensacional XD
    Eu colocaria ainda Emoction, de Xenogears. Sim, coisa de fã mesmo…

    Mas Ken Stage e Guile Stage não seriam más idéias tambem…

    Abraços!

  4. 5 Alexei Barros 30/03/2008 às 5:36 pm

    @ Sirangelo

    Poxa, só agora você me avisa? Na verdade, Prandoni descobriu uma ferramenta ainda mais perfeita. Logo, logo implementarei todos os posts com a mudança.

    @ Prandoni e Patrício

    Na verdade, eu que confundi tudo. O ideal seria que o post anterior “Músicas que não podem faltar no Guitar Hero” tivesse apenas faixas guitarrísticas e neste ênfase em bateria e vocal. O problema é que naquele post heróico eu havia esquecido de canções que acabei colocando neste. E lá já tinham algumas com vocal. Ou seja, uma completa barafunda.

    Então como este post é uma espécie de continuação daquele, lembro que lá já foram mencionados os temas do Guile e Ken, assim como o tema de chefe e a “Advent One-Winged Angel” do FFVII e a música da fase de abertura do Mega Man Maverick Hunter X. O tema de batalha do FFVII eu não citei porque ainda aguardo o arranjo dos Black Mages ou, quem sabe, da Powerglove.:P

    Sobre a “Emotions”, não a conhecia e acabei de ouvi-la. Acharia curioso ver uma música celta no Rock Band, mas claro não deixa de ser uma opção interessante. Ela me lembrou muito Chrono Cross, que também tem várias nesse estilão característico do Yasunori Mitsuda.

  5. 6 Fabão 31/03/2008 às 2:31 pm

    Que apropriado! Acabaram de confirmar “Still Alive” para Rock Band disponível para baixar (de graça!) amanhã (dia 17 na PSN):
    http://multiplayerblog.mtv.com/2008/03/31/still-alive-to-rock-band-this-week-free-on-xbox-360-tomorrow/

  6. 7 Alexei Barros 31/03/2008 às 4:25 pm

    Olha só…Eu estava querendo fazer esse post há um tempão…

    Veio na hora certa.:P

  7. 8 Eric 09/04/2008 às 2:04 am

    Meu, é uma honra ser citado aqui tantas vezes. Espero ter contribuído para que mais pessoas conheçam game music e game rock.

    Confesso que ficou difícil criar um post parecido (músicas boas para Guitar Hero) sem repetir algum tema já citado no Hadouken. Mas acho que vão existir umas surpresinhas.

    Dê uma passada lá e dê seus pitacos, Alexei!

    Abraços


  1. 1 Músicas que não podem… God of War? « Hadouken Trackback em 22/05/2008 às 10:32 pm
  2. 2 Press Start 2009: Portal e Okami « Hadouken Trackback em 29/05/2009 às 2:13 pm
  3. 3 Hadoukast #02: Sobre um Top 10 para Wii « Hadouken Trackback em 15/08/2009 às 11:39 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: