Em uma galáxia muito, muito distante

metalstorm.pngPor Alexei Barros

Sou incapaz de contestar a irrefutável genialidade de Shigeru Miyamoto – o que seria uma blasfêmia –, mas ouso dizer que aquela alternância de gravidade nas passagens bidimensionais (pelo menos para baixo e para cima) de Super Mario Galaxy já foi vista em uma galáxia muito, muito distante.

O jogo? Metal Storm, lançado pela Irem para NES em 1990. Conheci por acaso esse título, que me pareceu ter um visual bem avançado para a época. Ao pular para cima, você passa a andar no teto. Confira no vídeo abaixo:

4 Responses to “Em uma galáxia muito, muito distante”


  1. 1 nephesh 01/12/2007 às 7:20 pm

    Bom, Super Paper Mario também tem esses esquemas. Aliás, não conhecia esse Motor Storm, parece ser interessante. Vai que algum dia não saia no VC?

  2. 2 Alexei Barros 01/12/2007 às 7:28 pm

    Puxa, nem sabia que isso tinha também no Super Paper Mario! E também não estranharia se o Thunder Storm saísse no VC mesmo…

  3. 3 Acid 06/12/2007 às 3:58 pm

    Strider pra arcade é anterior a todos eles (1998) e tem exatamente isso.

  4. 4 Alexei Barros 07/12/2007 às 11:51 pm

    Caramba, também não fazia a menor idéia que tinha isso no Strider…Curioso que ele saiu um ano antes (1989) só do Metal Storm…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: