Músicas que não podem faltar no VGL – Parte 10

Por Alexei Barros

Considero a música da abertura do VGL, “Classic Arcade Medley” uma das melhores do show. É perfeita. Ou quase. Ainda faltam melodias de alguns jogos decisivos do fliperama, sem contar, claro, títulos recentes ou que mereceriam uma peça orquestrada exclusiva, como Gradius ou Street Fighter II.

Pac-Man

Onde está o símbolo mais clássico dos videogames? Soube que o Tommy Tallarico sempre quis ter a nostálgica melodia do come-come no medley, mas um aparente imbróglio com a Namco impediu que Pac-Man e outros jogos da produtora, como Soulcalibur, tivessem suas músicas interpretadas no concerto. Agora que Martin Leung adicionou um medley no piano de títulos da Namco, é provável que o entrave tenha se findado. Tomara que um dia a miscelânea seja atualizada com Pac-Man: é totalmente obrigatório incluí-lo.

Rally-X

E se a Namco liberar mesmo, também tem que ter Rally-X, o antológico jogo de corrida / labirinto de 1980. A música é realmente grudenta, pegajosa. Não estranhe se você passar a assobiá-la. No concerto Press Start ~ Symphony of Games~ 2006, chegou a ser tocado o “Namco Arcade Medley”, mas inexplicavelmente este não inclui músicas de Pac-Man e Rally-X.

“Jungle” (Contra)

Enxertar alguma música da série Contra também é uma imposição. Principalmente a clássica faixa da primeira fase do jogo inicial da franquia, que foi apresentada apenas na guitarra pelo instrumentista vertexguy em uma apresentação do VGL em São Francisco. Bem que podia ter uma versão orquestrada também.

“Maximum Power” (After Burner)

Se uma parte do medley já tem OutRun, por que não adicionar também alguma do After Burner, que é de autoria do mesmo compositor, Hiroshi Yamauchi? Escolho a citada acima, mas qualquer uma do jogo de nave ficaria bem orquestrada.

“Burning Building”~“Freeway” (Teenage Mutant Ninja Turtles)

tmntjpg.jpgSe há um título que deveria constar no “Classic Arcade Medley”, mesmo sendo baseado em um desenho animado, é o saudoso Teenage Mutant Ninja Turtles, que tantas fichas (e depois créditos dos cartões) nos fez gastar. Existe um bom motivo para não ter nenhuma música desse beat’ em up da Konami: caso ela fosse tocada, a maioria do público passaria mal com tamanha overdose de nostalgia. Trilha sonora poucas vezes lembrada, infelizmente, mas é inspiradíssima. Se só pudesse escolher uma, ficaria com duas: a da primeira fase, a do prédio incendiado, e a quinta, na autoestrada. Se bem que a música do estágio do esgoto, “Sewers”, também é memorável…

1 Response to “Músicas que não podem faltar no VGL – Parte 10”


  1. 1 Claudio Prandoni 15/09/2007 às 6:27 pm

    Mancada, Alexei.
    Agora vou ter que jogar horas de Tetris pra desgrudar a música do Rally-X da minha cabeça.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: