Músicas que não podem faltar no VGL – Parte 1

Por Alexei Barros

Estou considerando apenas canções que já são originalmente orquestradas nos jogos ou que foram arranjadas em outros concertos. Não vou mencionar nenhuma faixa, por exemplo, de ToeJam & Earl, Street Fighter II, Mega Man X, games que apesar de terem trilhas sensacionais nunca tiveram suas melodias interpretadas por uma orquestra (que eu saiba). Aliás, demorou…

“Theme of Grandia” (Grandia)

Autor das trilhas de Radiata Stories e das séries Grandia e Lunar, Noriyuki Iwadare é um dos grandes compositores de game music, embora não seja reconhecido como deveria. Prova disso é que nunca houve um concerto orquestrado com músicas dele. Passeando em seu site, descobri que seu maior sonho é justamente uma apresentação sinfônica com suas melodias. A bem da verdade, chegou a acontecer o show History of Grandia Live no Square Enix Party 2005, mas era somente uma banda com Iwadare no piano, além de teclado, bateria, baixo, guitarra, violino e a vocalista Kaori Kawasumi. Não havia orquestra.

Escolhi o tema de abertura “Theme of Grandia” por considerar a sua obra-prima. Até tocaram essa nesse show de 2005, além de “Canção do Povo” (Grandia II), “COMBAT 4” (Grandia Xtreme) e “Theme of GRANDIA III” (Grandia III). Os metais são simplesmente fantásticos. Ah, se um dia tocarem em algum concerto não pode faltar baixo, bateria e, principalmente, aquele fantástico – e inesperado – solo de guitarra lá pelo final da música.

“The Unsung War” (Ace Combat 5: The Unsung War)

Quem disse que só Nobuo Uematsu sabe fazer músicas pomposas com coral em latim? Acho que se essa canção fosse feita pelo compositor de Final Fantasy ela seria muito mais popular. Ela é assinada por Keiki Kobayashi, que suponho ser da Namco. Só não confirmei porque é realmente difícil achar informações sobre ele. Nem foto consegui.

Com sete minutos de duração, a faixa é bela, emocionante, pungente, fabulosa. Até pensei que ela nunca havia sido tocada em um concerto (o que seria um pecado), mas para minha alegria há um vídeo dela no A Night in Fantasia 2005, com a interpretação da Orquestra Sinfônica Eminence. Só estranhei que o coro não canta em latim como no jogo, mas apenas faz vocalize, ou seja, sem articular nenhuma palavra. Ainda assim, dá para se emocionar. Kobayashi também chegou a compor uma música no mesmo estilo para Ace Combat 4, mas optei primeiramente pela “The Unsung War” por causa do vídeo. Mas ainda falarei de “Megalith ~ Agnus Dei” mais detalhadamente.

“Moon Over the Castle ~ Orchestral Version” (Gran Turismo 4)

Às vezes me pergunto se sou o único fã das músicas de Gran Turismo. A parte musical do jogo de corrida da Polyphony Digital é absolutamente fantástica, desde as faixas dos menus até as das corridas. Mas a que acho mais sensacional é justamente o tema do jogo que toca desde o primeiro da série e seguiu com diferentes arranjos até GT4 (tomara que a tradição perdure no GTHD e no GT5). Possivelmente poucos saibam que ela fez parte do álbum solo Andy’s do guitarrista japonês Masahiro Andoh, que é o líder da banda de J-Fusion, T-Square.

Acho a “Moon Over the Castle” esplêndida em todas as versões, mas acabei optando pela mais recente. A música começa com um coro visceral, logo em seguida acompanhado por uma cantora típica de ópera. Ela então pára e a canção muda de estilo. Subitamente aparece uma guitarra em um rock empolgante. São dois gêneros musicais em apenas uma canção. Fantástico. Assim como a “The Unsung War”, achei que ela não havia sido tocada em nenhum concerto, mas na verdade ela já foi interpretada no mesmo A Night in Fantasia 2005, que ocorreu na Austrália. Estou caçando o vídeo dessa música (se é que ele existe).

Decidi dividir esse post em vários porque senão demoraria muito tempo para fazer um apenas com todas as músicas ausentes do Video Games Live. O Hadouken está ficando parecido demais com a Continue, com o Claudio e o Gustavo fazendo tudo… Só não está mais porque o Sirangelo ainda não apareceu por aqui. Bom, faltam muitas ainda e as outras partes ainda virão.

6 Responses to “Músicas que não podem faltar no VGL – Parte 1”


  1. 1 Caco 15/02/2007 às 8:39 pm

    Cara, também sou muito fã de todas as versões da Moon over The castle. Essa música é esplêndida, linda, gosto muito da versão do GT2 que começa com o piano. Linda.

    Se você tiver algum vídeo orquestral dessa música, por favor, passa pra mim!

  2. 2 Alexei Barros 19/02/2007 às 1:21 pm

    Caco, sem dúvidas a versão do GT2 também é belíssima.

    Sobre a performance orquestrada, não encontrei nada no Youtube e afins…Vou tentar mandar um e-mail para ver se eles colocam um vídeo na seção Media do site http://www.eminenceonline.com/2006/index.php?display=media.

    De qualquer modo, o único vídeo que consegui baixar foi o da banda do Masahiro Andoh, T-Square, tocando a Moon Over the Castle, mas, claro, sem orquestra.


  1. 1 “Moon Over the Castle” – Gran Turismo (Passion Flower Live) « Hadouken Trackback em 23/01/2008 às 10:51 pm
  2. 2 Músicas que não podem faltar no VGL – Parte 14 « Hadouken Trackback em 12/04/2008 às 2:18 am
  3. 3 O concerto restrito « Hadouken Trackback em 16/09/2008 às 6:44 pm
  4. 4 Echoes of War: a eminência da Blizzard « Hadouken Trackback em 05/11/2009 às 1:21 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: