Um pedaço da velha Rare que vai embora

Por Claudio Prandoni

Essa não posso deixar passar. Acabo de ficar sabendo que os irmãos Chris e Tim Stamper abandonaram a Rare.

Os dois são simplesmente co-fundadores da empresa britânica e as principais mentes responsáveis por tornar a Rare a empresa de respeito que conhecemos.

Eles que tiveram a sacada de usar computadores da Silicon Graphics pra fazer um novo Donkey Kong e convenceram a Nintendo de que isso seria legal.

Eles que deram o ensejo para o pessoal que hoje é o estúdio Free Radical fazerem o glorioso Goldeneye 007 pro N64, paradigma absoluto em termos de FPS para consoles.

Enfim, na minha opinião, a saída dos irmãos é reflexo da fase sombria que a Rare atravessa desde que foi comprada em 2002 pela Microsoft por inimagináveis 377 milhões de dólares (o bastante para pagar o salário do Ronaldinho Gaúcho no Barcelona por doze anos e meio ou então comprar cerca de 200 milhões de barras de chocolate).

De lá pra cá, nenhum jogo realmente inesquecível foi lançado, do naipe de um Goldeneye 007, Conker ou Banjo-Kazooie. Pessoalmente, o melhor título da Rare nos últimos anos é exatamente o remake de Conker’s Bad Fur Day, lançado para o Xbox como Conker: Live & Reloaded, ou algo assim…

Viva Piñata parece ser muito divertido, mas sabemos que a Rare pode fazer melhor. Torço muito para que eles acertem a mão no próximo Banjo-Kazooie, que deve sair pro Xbox 360 neste ou no próximo ano.

Seria triste ver tanto talento desperdiçado.

Aqui embaixo você vê uma foto dos Stamper Bros. Ainda não se sabe pra que estúdio eles migrarão.

2 Responses to “Um pedaço da velha Rare que vai embora”


  1. 1 Gustavo Hitzschky 03/01/2007 às 10:22 pm

    Conker’s Bad Fur Day saiu pro 64 em 2001, bem no finalzinho da vida do console, e é um título que dee ser jogado por todos! Trabalho perfeito da Rare, e eu também espero que próximo Banjo seja tão divertido quanto os outros dois.

    Só quero lembrar que o autor desse post se encontra neste momento em seu lar em São Paulo desfrutando de todas as maravilhas proporcionados por Twilight Princess…de GameCube, que fique bem claro. Pronto, cara, demorou um pouco, mas ei-lo!! (Halo?)

  2. 2 Alexei Barros 05/01/2007 às 12:12 am

    Puxa, realmente lamentável. Creio que minhas esperanças de ver um Donkey Kong de plataforma novo para Nintendo DS acabaram por completo. Vale lembrar que antes dele, várias pessoas importantes também já tinham saído da Rare. Por exemplo, o Martin Hollis, produtor e diretor do GoldenEye 007, fundou o estúdio Zoonami, que até agora não lançou porcaria nenhuma e a galera que criou a Free Radical: David Doak, Karl Hilton, Stephen Ellis e o Graeme Norgate.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr

%d blogueiros gostam disto: