Posts Tagged 'Yoshi’s Island'

“Yoshi Medley” – Yoshi’s Island e Yoshi’s Story (VGO @ Anime Boston)

Por Alexei Barros

Há meses não publicava uma performance da Video Game Orchestra, e faço agora com um vídeo que deixei escapar. Mas antes de comentá-lo, vale falar mais sobre as novidades que aguardam a VGO para 2011.

Além de uma nova apresentação no PAX East, haverá um espetáculo a ser realizado no Boston Symphony Hall no dia 1º de abril – não é mentira. Nos 111 anos da sala de concerto, pela primeira vez serão tocadas músicas de jogos. A orquestra, que era de 40 integrantes, aumentará para 70 instrumentistas, somando aos tradicionais 30 coristas e a banda formada por cinco pessoas. Como convidados, três compositores, sendo dois japoneses e um americano. E o repertório receberá o reforço de músicas de filmes. Para completar, a VGO gravou um CD na Berklee College of Music, com a presença de Wataru Hokoyama (Afrika e Resident Evil 5) e Go Shiina (Tales of Legendia e God Eater). Na expectativa para mais informações.

Enquanto isso não acontece, regresso para o dia 2 de abril de 2010, quando ocorreu o Anime Boston, e a VGO executou um dos seus melhores segmentos, combinando músicas do Yoshi’s Island e Yoshi’s Story. O arranjo da Niki Mariskanish (clarinete) e do Zac Zinger (saxofone soprano) é fenomenal, e olha que se dá ao luxo de ignorar “Athletic”, ou uma das minhas preferidas, “Map BGM”, que, apesar de simples, empolga pela forma com que os instrumentos sintetizados vão se somando.

Meu elogio se deve à perfeição da cadência das músicas e das transições em pouco mais de sete minutos. Dá gosto de ouvir uma versão tão bem feita – pena que o áudio é de uma gravação amadora, como o vídeo não está disponível no canal da VGO. Tranquilamente os violinos tocam a “Yoshi Start Demo”, com a “Yoshi Story” querendo despontar. A “Powerful Infant” é uma preparação para a empolgação que sucede na “Flower Garden”, com metais jazzísticos tocando a melodia. Um espetáculo! Espere então até entrar o solo de guitarra. “Castle & Fortress” aparece na sequência com o rebusque que poucos imaginariam na sintetizada. Uma inesperada interpretação se sucede na guitarra após o solo de bateria, culminando na “Big Boss BGM” (se não estiver enganado). Para fechar, “Yoshi Story” em uma interpretação típica de big band, com direito a um solo de violino. Mesmo com tantos estilos diferentes em um mesmo número, é um arranjo com unidade.

“Yoshi Medley”
“Yoshi Start Demo” (Yoshi’s Island) ~ “Yoshi Story” (Yoshi’s Story) ~ “Powerful Infant” ~ “Flower Garden” ~ “Castle & Fortress” ~ “Big Boss BGM” (Yoshi’s Island) ~ “Yoshi Story” (Yoshi’s Story)

“Mario Piano Solo” – Koji Kondo (VGL 2009 em Tóquio)

Por Alexei Barros

Ainda estou preparando um post sobre a visita do Video Games Live no Japão, mas achei mais apropriado publicar esse vídeo separadamente dada a singularidade. Assim como no show do VGL 2007 na E3, o mago, o mestre, enfim, o mestre dos magos Koji Kondo esteve ao piano para tocar seis músicas do Mario.

A bem da verdade, a execução nem é tão exemplar assim. Que me perdoe o Kondo, ele errou alguns acordes (na parte do Mario 3 principalmente), mas ter o compositor na performance é algo único. Além disso, me agradou muito a seleção – todas essas do vídeo foram escritas pelo próprio. Não sei se você sabia, há muitas outras músicas sensacionais do Mario em toda a série, não apenas no primeiro. Tem até Super Mario Galaxy. Ainda mais incrível, Yoshi’s Island.

No início do vídeo a incidência de luz é tão forte sobre Kondo que ele fica pálido como um fantasma Boo, mas o problema é resolvido quando a câmera focaliza o telão, tornando possível a visualização do teclado do piano.

“Mario Piano Solo”

“Main Theme” (New Super Mario Bros.) ~ “Rosetta’s Observatory 1” (Super Mario Galaxy) ~ “Athletic” (Yoshi’s Island) ~ “Athletic” (Super Mario Bros. 3) ~ “Underworld” (Super Mario Bros.) ~ “Overworld” (Super Mario Bros.)

“Athletic” – Yoshi’s Island (Yuki Matsuri)

Por Alexei Barros

Há poucas semanas o comentarista Geraldo Figueras me confiscou ser fã da trilha do Yoshi’s Island do SNES – ainda estou em dívida com o Yoshi’s Island DS, iniciado, mas ainda não finalizado. Foi só relembrar as músicas para despertar novamente a minha admiração. Como qualquer trabalho do Koji Kondo o nível de qualidade é supremo. É de elogiar a regularidade dele através dos anos, seja em Mario ou Zelda.

Pois bem, prometi para o promotor Geraldo que separaria uma performance no piano, porém não lembrava onde havia assistido. Busquei por outras, e todas horrendas, porque aparentemente são bem complicadas de tocar. Até que finalmente encontrei a que tinha visto, do yukimatsuri, o mesmo dessa obra-prima de OutRun. Nos comentários da página do YouTube, o autor confirma a dificuldade da música, especialmente nas passagens da mão direita, e diz que o ideal seria treiná-la por uma semana, não duas a três horas como fez. Também revelou que cometeu erros com a mão esquerda, que, a meu ver, não prejudicaram o resultado final:


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.546 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: