Archive for the 'PSP' Category

Those crazy freaky Brazilians @ GDC 2010


Por Claudio Prandoni

Pesquei no twitter: lembra dos caras brasileiros que falei outro dia aqui, responsáveis pela produção do Freekscape para PSP?

Pois bem, os diretores do estúdio – Daniel e Winston, da esquerda pra direita – estão lá na GDC, em São Francisco, nos EUA, e foram flagrados no estande da Sony, onde o Freekscape está sendo exibido junto com outros títulos da linha PSP Minis.

Legal, né?

Aliás, jogo rápido: um dos produtores do game, o Flávio Meibach, comentou no post anterior sobre o jogo e confirmou que o Freek rodará também no PlayStation 3 por ser um título da linha PSP Minis.

Diabinho muito louco arma confusões do barulho no game brasileiro Freekscape

Por Claudio Prandoni

O mercado brasileiro de games é muito complicado. Isso em qualquer esfera que você ousar cutucar: imprensa, distribuição, produção…

A lista vai. Ainda assim, mesmo com muita coisa errada por aí e muito, muito longe do ideal, de maneira geral as coisas têm avançado. Há poucos dias tive a chance de visitar e conhecer melhor a galera do estúdio Kidguru, junção dos estúdios Insólita e Abdução.

Atualmente os caras são a única produtora brasileira com licença para desenvolver games para PSP e estão trabalhando duro efetivamente nisso. Mais especificamente, a produtora está nos finalmentes do Freekscape: Escape from Hell, título que integrará a linha PSP Minis, ou seja, disponível apenas para PSP.

Em linhas gerais: é um game de aventura 2,5D, meio à la Pandemonium ou Klonoa, em que os gráficos são tridimensionais, mas a mecânica é o clássico scroll lateral. Para avançar, é necessário utilizar os inimigos, visto que cada um oferece uma habilidade especial. O jogo sai já já nas PSNs da vida e chamo atenção aqui pra ele.

Ali acima com um trailer, aqui abaixo com imagens – incluindo uns wallpapers bacanas – e aqui neste link especificamente a reportagem que fiz mostrando como funciona de forma bem resumida uma produtora de jogos. Ah, e no site oficial tem mais um bocado de coisas, como um tema para o PSP!

Claro, há quem argumente que o resultado é simples demais e coisa e tal, mas acho a iniciativa extremamente digna de aplausos. Trabalhar na área no Brasil não é fácil, ainda mais desenvolvendo para uma das principais plataformas da atualidade e tendo que responder para a Sony sobre a qualidade do seu produto.

Evidentemente os caras não são o único estúdio de alta competência no Brasil, há muitos outros do Oiapoque ao Chuí e coisa e tal. Destaco eles aqui pois foi a galera que tive oportunidade de conhecer recentemente – aliás, valeu!

BONUS ROUND: Sabia que o Freek, personagem principal do game, teve com um de seus principais modeladores 3D o nintenérdico Daniel Oliveira? Se alguém achar feio, puxão de orelha no cara lá!

Console na puberdade: PlayStation comemora aniversário de 15 anos

Por Claudio Prandoni

Hoje é dia de baile de debutante para a Sony: o primeiro PlayStation completa 15 aninhos de existência no Japão. Isso depois de conturbadas idas e vindas com a Nintendo que resultaram até num controle-filhote-híbrido-bastardo.

Lembro que adquiri o console apenas em 1998, graças à minha sede por RPGs que o Nintendo 64 infelizmente não conseguia comprar. Na época já abocanhei a versão do aparelho com o primeiro modelo do DualShock e o maravilhoso Final Fantasy VII. E a partir daí se desfiou uma longa estrada com vários J-RPGs degustados pelas manhãs de sábado e afins.

Para celebrar a data especial, a Sony lançou um site com uma linha do tempo interativa e bacana da família PlayStation. E logo na entrada do site você vê esse logo bacanudo aí acima, que relembra os aparelhos e seus vários periféricos – tem até os patinhos das demos técnicas e a porcaria do Pocket Station, que eu só queria ter para jogar os minigames do Final Fantasy VIII… e nunca joguei!

Kratos em Soulcalibur: Broken Destiny

Por Alexei Barros

Sou um infante dos jogos de luta, ainda mais a série Soulcalibur, e mesmo de God of War eu ainda estou em dívida com o Olimpo, mas vale um post para o vídeo.

E crossovers são sempre sensacionais. Arriscaria dizer que a presença de Kratos no Soulcalibur: Broken Destiny combina muito mais do que Spawn, Heihachi Mishima e Link em Soulcalibur II e Darth Vader e Yoda em Soulcalibur IV. Ou não?

Como não pensaram nisso antes?

E se um dia a guerra dos consoles acabasse?

console3

Por Claudio Prandoni

Teríamos só um tipo de modelo de DS e PSP. Os Xbox 360 não morreriam de 3RL, bastando uma canja de galinha pra curar a ressaca. A Nintendo faria Donkey Kong Country 4. E o Dreamcast continuaria uma lembrança do passado, tadinho.

Ao menos é assim – ou quase – no simpático mundo de algodão doce desenhado pelo usuário Beundertaker dos fóruns do IGN.

Literatura Gamer: Castelo na Neblina Edition

51os8zjkljl__ss400_

Por Claudio Prandoni

Certas obras nos tocam sobremaneira. Tanto que nos incitam a dar vazão a tamanho encantamento por meio de outras obras, diretamente relacionadas ou não ao que nos fascinou.

Hitz exprime esse lirismo por meio de poesias assinadas por personagens secretos e Barros compõe melodias tão escondidas que nem ele mesmo as conhece ainda. Sira, por sua vez, elabora ARGs tão complexos e fantásticos que às vezes até ele mesmo perde a noção de realidade e jogo.

Já eu encontrei hoje um eco distante desse fascínio: um livretinho com a história do Sub-Zero que escrevi à mão há mais de uma década – maio de 1998 para ser preciso. Mas isso é papo para outro post…

Hoje falo aqui de ICO: Castle in the Mist, obra concebida pela escritora japonesa Miyabe Miyuki. Notória por obras de ficção científica e terror, a moça ficou tão perplexa pela obra de Fumito Ueda e Kenji Kaido que decidiu elaborar um lapidado epítome, vulgo um livrão desse tamanho de 537 páginas todo em japonês.

Não é obra oficial, mas tem a aprovação do Team ICO. Narra a aventura de Yorda e Ico pelo castelo, adicionando alguns personagens extras na narrativa e explicações criadas pela própria autora. Curiosamente, muitas se encaixam com Shadow of the Colossus, veja só, talvez atestando assim a personalidade marcante do minimalismo típico do Team ICO.

Hora da mancada: a única tradução existente da obra é para o idioma tailandês…

416px-castleinthemistEnquanto Dr. Mucioli e maestro Santana tem a oportunidade de apreciar a obra no idioma original, podemos nos contentar com o esforçado e devoto resumo detalhado em inglês feito pela usuária Anithin, do
 fórum The Cursed Lands
.

Logo acima, ilustrando a abertura do post, a capa nova criada para o relançamento da publicação no ano passado. Ao lado, a capa original, que por acaso é a mesma das versões européia e japonesa do game de PlayStation 2.

Tipo de artigo que se lançassem por aqui no Brasil – ou até mesmo nos EUA – eu acredito que sequer venderia metade do necessário para justificar o investimento. Mas que eu compraria uns dois, três fácil (sabe como é, alguns para preservar para a posteridade), ah, eu compraria sim.

LittleBigGalaxyMan Powered Up

Por Claudio Prandoni

Recontra-puxa! Eu tinha até esquecido que o Mega Man Powered Up tem um editor de fases. Obviamente a recriação do estágio do Galaxy Man do MM9 não ficou perfeita por conta da ausência de elementos cruciais – tais quais os telepores e aquele inimigo chato que pinça você do chão e te joga nos espetos – mas o esforço é mais do que louvável.

Tem até a musiquinha de tokusatsu!

Para completar, a mesma fase só que no LittleBigPlanet. Novamente e obviamente, as limitações são mais limitadas, só que a inventividade instiga e diverte.

Porém, senti muita falta da música. Demorou para o cara ter composto ela no próprio LBP (tal qual fez com a musiquinha de apresentação de chefe) ou então a Media Molecule lançar um patch com suporte a MP3. Ou até Midi, vá lá.

FF Dissidia PSP-3000 are belong to Japans

081219_ddff09

Por Claudio Prandoni

Final Fantasy Dissidia já está agraciando as mãos de donos de PSP no Japão, mas não tema: logo em breve teremos também esta oportunidade. A Square Enix anunciou lançamento do jogo por aqui no meio de 2009, ou seja, já temos algo mais bacana para fazer hype na próxima temporada.

Para celebrar, imagens da edição super especial do PSP-3000 lançada por lá, temática do game – tem até uma imagem mostrando a tal instalação que o jogo exige para rodar.

Grato, como sempre, ao Fabão pela dica.

O elemento do número 12 em Final Fantasy Dissidia

dissidia-gabranth

Por Claudio Prandoni

O ciclo sem fim está completo. Há pouco comentamos aqui que o iminente Final Fantasy Dissidia de PSP (bem iminente mesmo) tinha fechado a lista de personagens/vilões dos episódios de FF do 1 ao 10. Depois apareceu o tal de Shantotto, figurinha carimbada do FF XI (aquele online que quase ninguém jogou) e aí começou-se a temporada de especulações sobre qual personagem do XII daria as caras e… aí está: Gabranth!

A confirmação veio por meio de um comercial do game divulgado no Japão, do qual você confere uma captura de tela meio tosca logo acima. Fraudulentamente ainda preciso jogar direito o FF XII (e o X, VIII, V, VI, Tactics e tantos outros), mas pelo que li por aí o juíz de armadura se encaixa bem numa categoria de “é tanto bonzinho quanto malvado”, ou seja, deve só aparecer ele mesmo do FF XII.

Ainda boto fé de que a simpática Lighting do FF XIII apareça aqui e, por que não, alguém dos zilhões de spin-offs – meu voto vai para o Ramza, de FF Tactics!

Um grande abraço e um imenso agradecimento ao leitor Rathaelos que deu a dica!

gabranthffxii

Cloud vs Sephiroth – Replay Editor Frenzy Extravaganza Remix

Por Claudio Prandoni

Essa eu não sabia: Final Fantasy Dissidia vai permitir gravar replays de lutas e depois ainda editá-las para mudar ângulos de câmera e até adicionar efeitos especiais firulentos cinematográficos – talvez por isso que ele exija uma instalação no memory stick do PSP.

Acima um exemplo da traquitana em ação naquela já bacanuda luta entre Cloud vs Sephiroth que por aqui apareceu. Uma adição interessante que serviu de desculpa para eu colocar essa luta de novo aqui procurarei explorar assim que conseguir o game.


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.513 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: