Archive for the 'PS2' Category

Console na puberdade: PlayStation comemora aniversário de 15 anos

Por Claudio Prandoni

Hoje é dia de baile de debutante para a Sony: o primeiro PlayStation completa 15 aninhos de existência no Japão. Isso depois de conturbadas idas e vindas com a Nintendo que resultaram até num controle-filhote-híbrido-bastardo.

Lembro que adquiri o console apenas em 1998, graças à minha sede por RPGs que o Nintendo 64 infelizmente não conseguia comprar. Na época já abocanhei a versão do aparelho com o primeiro modelo do DualShock e o maravilhoso Final Fantasy VII. E a partir daí se desfiou uma longa estrada com vários J-RPGs degustados pelas manhãs de sábado e afins.

Para celebrar a data especial, a Sony lançou um site com uma linha do tempo interativa e bacana da família PlayStation. E logo na entrada do site você vê esse logo bacanudo aí acima, que relembra os aparelhos e seus vários periféricos – tem até os patinhos das demos técnicas e a porcaria do Pocket Station, que eu só queria ter para jogar os minigames do Final Fantasy VIII… e nunca joguei!

Preparem-se para o pior: filme de Shadow of the Colossus pode estar a caminho

Por Gustavo Hitzschky79747_shadow_colossus1

Ainda quero acreditar que a informação se trata de uma piada atrasada e de mau gosto de primeiro de abril. Mas, de acordo com o site da Variety, a Sony Pictures está preparando um longa baseado em Shadow of the Colossus. Porém, isso não é o mais assustador.

O filme seria escrito por Justin Marks, o mesmo de Street Fighter: The Legend of Chun-Li, ao passo que a produção ficaria sob a responsabilidade de Kevin Misher (A intérprete). A julgar pela toupeirice do roteirista, dá para ter uma leve ideia de como exterminar uma obra de arte incontestável.

Sinceramente fico até sem forças para comentar um absurdo desses. Repito, me animaria descobrir que tudo não passou de uma brincadeira. Se eu fosse o Team ICO, trataria de sabotar rapidamente essa afronta.

Sony e Nike comemoram os dez anos do PS2 com calçado limitado

ps10_550

Por Claudio Prandoni

E não é que dormi no ponto? Tudo bem a Sony até que também fez o mesmo.

Para comemorar meio que quase tardiamente os dez anos do PlayStation 2, a Sony fez parceria com a Nike (sempre ela) para lançar um par de calçados comemorativos à data. O design é idêntico aos tênis comemorativos do aparelho em si lançados em 2005 – fica apenas uma leve diferença nas cores.

Porém, veja o infortúnio: quando finalmente acertam a mão oficialmente em um calçado gamer a brincadeira é limitada. Infelizmente, apenas 50 pares desta belezinha foram produzidos e alguns até já chegam a preços exorbitantes nos sites de leilão mundo afora – alguns até beirando 20 mil reais!!!

Contemple e ficam aqui os meus muitos e sinceros agradecimentos a todos os grandes amigos e leitores que mandaram a dica deste calçado!

Artwork do dia: Propagandas de mentirinha agora são de Persona 4

p4ad

Por Claudio Prandoni

O Fabão já twittou esta dica, mas não custa reforçar: como comentei no post de publicidades falsas de Mega Man 9, o pessoal do fórum NeoGAF se empolgou e começou a fazer também o mesmo com Persona 4.

Atualmente a onda está em Mirror’s Edge – publico as artes hoje mesmo.

Trick or Hearts? Bonecos de Halloween de Kingdom Hearts 2

Por Claudio Prandoni

Pouco mais de uma semana para o aniversário da bruxa do 71 Halloween. Para celebrar a data, nós aqui não vamos de balas, caramelos e chicletes (apesar de que não seria nada mal), mas chamamos a atenção para uma série de bonecos bem temáticos.

A Square Enix soltou imagens de sua próxima série de action figures da linha Play Arts baseados em Kingdom Hearts 2. São três bonecos: Cloud Strife, Sephiroth e Sora (aqui no caso especificamente com o visual que ele ostenta ao adentrar o estranho mundo de Jack).

Obviamente, o par de antagonistas de FF VII exibe o mesmo visual malvado que possuem no game, incluindo a meia asa de morcego de Cloud e sua Buster Sword envolta em bandagens e o visual bem gótico de Seph.

Apesar de anunciados perto do Halloween, pena que chegam tão depois: apenas em abril de 2009, a tempo da… Páscoa! Ao menos os preços são módicos: Seph e Cloud saem por 28 dólares ao passo que Sora custará 25 doletas.

Mate a saudade de Kingdom Hearts com o trailer de 358/2 para DS

Por Claudio Prandoni

Já estava ficando com saudades da série Kingdom Hearts. Por mais que o meu tempo tenha sido mais do que bem preenchido com tantas outras séries de renome e novatos de competência, permaneceu sempre ali quietinho no canto o vácuo deixado pela franquia.

Ao menos, a longa seca começa a expirar. Logo acima, mais um fruto da TGS 08: um suculento trailer de Kingdom Hearts 358/2 Days, episódio intermediário que sairá exclusivamente para DS em fevereiro do ano que vem no Japão -sabe-se lá quando no ocidente. Curiosidade curiosamente curiosa: a trama tem Roxas como protagonista e se passa entre Kingdom Hearts: Chain of Memories (por sua vez já um capítulo intermediário também) e o rocambolesco, porém magnífico, Kingdom Hearts 2.

Fazia já tanto tempo que estava ausente do batente com minha Keyblade e passando por tantas outras emoções que até me esqueci o quão frustrante e pentelho é o mistério dos enredos do polivalente Tetsuya Nomura: frases de efeito, penteados estilosos e muita, muita omissão de informação, cenas que cortam em momentos decisivos e outras artimanhas meio sujas, mas que cumprem bem a função de instigar.

Sobre o jogo em si, confesso que fiquei absolutamente impressionado com a aparente qualidade exibida. E melhor: tudo isso ainda terá modo multiplayer para quatro pessoax pessoas (perdão, não pude deixar de me contaminar pela fixação que a Organization XIII ostenta pela letra X. Ou seria na verdade verdadeira Organization XIV?

Enquanto aguardo por esse, ao menos em 2 de dezembro já me contento com a versão ocidental refeita 3D bonitona para PlayStation 2 do Chain of Memories – cujo trailer cheio de spoilers você confere após o salto extraterrestrial.

Continue lendo ‘Mate a saudade de Kingdom Hearts com o trailer de 358/2 para DS’

De como afanei ICO

Por Gustavo Hitzschky

Alguns de vocês devem ter lido aqui acerca de meus apelos para conseguir uma cópia original do famigerado e despercebido por muitos, ICO. Como prometido durante o primeiro Hadoukast, conto aqui a história da “aquisição” do jogo.

Engraçado como as coisas funcionam. Acho que foi no dia seguinte ao post, chamei o Fabão no msn para falar sobre um livro de filosofia sobre a série Zelda que sairá mais pro fim do ano nos EUA. Foi então que ele me disse que acabara de ver o meu texto e que tinha encontrado ICO original.

“Mesmo. Sério”, escreveu, para que não restassem dúvidas, pois certamente sabia que eu consideraria aquilo uma piada.

Acontece que o Humberto Martinez, da editora Europa, como o Fabão, resolveu vender alguns de seus games e os levou à redação. O rapaz de cabelos espetados dominou o acervo do brother e arrematou uma série de raridades, entre elas o nosso escasso ICO. Logo depois de fazê-lo e trocar idéia comigo no msn, ele me confessou que tinha até ficado com dó por conta da minha súplica.

Se ainda resta alguma desconfiança sobre a gentebonice do Mestre Santana, fique sossegado: 24 horas depois da compra, o cara teve a insanidade manha de me emprestar o jogo! Pô, e não é qualquer um, é ICO! Agora, me sinto até mal de falar aqui que, infelizmente, perdi a jóia do cara… Nunca mais vou poder olhar para ele. Estou envergonhado com a minha falta de cuidado.

Pelo menos eu pude terminar ICO antes de extraviá-lo. E logo menos pretendo escrever um revu e postá-lo no Hadouken.

Fabão, agradecimentos eternos para Vossa Majestade. Prometo passar o resto da minha vida me penitenciando pela perda irreparável, fruto do meu descuido torpe.

Notas sobre o Team Ico

Por Gustavo Hitzschky

Súplica inicial: preciso de ICO original. De qualquer forma. Por obséquio, alguém conhece alguém?

Não tem jeito, para mim Shadow of the Colossus está no Top 5 dos cinco melhores jogos all time best favorite ever. E o grande Walter Paiva, meu amigo/ex-aluno, me mandou um grato link há alguns dias sobre curiosidades acerca da produção de ICO e o supracitado SofC.

Várias coisas bem bacanas, como artworks, imagens in-game de colossi que foram deixados de fora por conta das limitações do hardware do PS2, e até uma explicação sobre a linguagem criada por Fumito Ueda e Kenji Kaido, e presente nos jogos do Team Ico.

Porém, na minha opinião, nada supera as ligações entre a Bíblia e a história de Shadow of the Colossus. Simplesmente incrível. Até perguntei para o meu avô se ele conhecia as passagens mencionadas. Vão na fé.

Súplica final: ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO ICO. Anyone?

MGS3: SE Frenzy

Por Claudio Prandoni

Geralmente eu fico no frenesi apenas logo após terminar um game (aconteceu com o Twin Snakes, Crisis Core e Justice for All). Todavia, MGS3 era um game que exigia certo tempo de reflexão antes de ser comentado.

Como diz maestro Barros, é um game “denso”. Cheio de referências aos episódios anteriores (ou seriam posteriores?), entremeando-se à História real e refinando de maneira primorosa a fórmula stealth consagrada da série adicionando ainda elementos de sobrevivência.

Tendo em vista que no momento me encontro em ambiente litorâneo e assim desprovido da grotesca lápide, ainda me abstenho de comentar MGS4 – mesmo porque seu eu quisesse não conseguiria, uma vez que o cabeludo Toperão, vulgo Hitz, surrupiou de maneira larápia o jogo do reduto.

Ainda que MGS3 já tenha certa idade nas costas, evitarei aqui spoilers. Assim, prefiro destacar um video absolutamente hilário produzido pela Kojima Productions e mostrado numa conferência (não lembro exatamente qual) que acabou sendo incluído como vídeo secreto no Metal Gear Solid 3: Subsistence.

Em Snake Eraser nosso amigo andrógino Raiden tenta garimpar de volta o posto de personagem principal de MGS eliminando Big Boss Naked Snake durante as operações Virtuous Mission e Snake Eater. Obviamente, ele fracassa miseravelmente, mas quem sabe no MGS5, né? Ah, e o segmento final é absolutamente fantástico para a galera nostálgica retrô (aka. Alexei).

Mas não acaba por aí: depois do salto dimensional discorro acerca de uma teoria minha sobre MGS3. Mas cuidado já que aqui não terei pudor em revelar spoilers.

Continue lendo ‘MGS3: SE Frenzy’

Alex! Kidd! Alex Kidd! Ele voltou! [fanboy mode on]

alexkidd.jpg

Por Claudio Prandoni

O Douglas Vieira alçou a bola e o mestre Alexei arrematou pro gol.

Aliás, o Alexei que me perdoe, mas parte dos confetes e fogos de artifício que compramos para celebrar o lançamento de Super Smash Bros. Brawl terão de ser redirecionados a uma causa nobre: o lançamento de Sega Superstar Tennis.

Não. Não sou Seguista (como o PH) ou tenista (como mestre Hitzman). Mas sou Alexkiddista, ou seja, é praticamente um dever cívico celebrar com toda pompa e circunstância a confirmação de que o legítimo herdeiro ao trono de mascote da Sega voltará à ação. Confirmação via a sempre sagaz Game Informer e o aficionado Sega Nerds.

Tem mais: será a primeira aparição tridimensional do garoto. Será que ele voltará com visual renovado, malandro que nem o Sonic pra bater de frente com ele? Ah, ninguém será páreo para a milenar técnica do Shellcore e a perspicácia telepática de Alex nos jogos de jankenpô.

Quem diria. Em um post anterior comentei (mais por hábito do que verdadeira esperança) que seria mancada se não tivesse o Alex Kidd no jogo. E a Sega não deu mancada. Um fato raro, diga-se de passagem. Parece que ela e o Sonic Team realmente estão achando o caminho de volta à glória.


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.533 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: