Arquivo de abril \16\UTC 2012

Turrican Soundtrack Anthology anunciada; coletânea será financiada via Kickstarter


Por Alexei Barros

Quando Tim Schafer iniciou o seu bem-sucedido projeto de financiamento coletivo via Kickstarter, eu não me dei conta da revolução que ele causou. Pegando carona no adventure ainda sem nome da Double Fine Productions, vários responsáveis por séries cult, mas com nichos consideráveis de fãs órfãos, tiveram a mesma ideia, e devem voltar Shadowrun, Tex Murphy e Leisure Suit Larry. Eu só não esperava que isso pudesse atingir também o mercado de álbuns de game music. E ainda mais de uma série que virei admirador: Turrican.

Recentemente tive a oportunidade de jogar todos os Turricans e, com o perdão do jabá, fiz um texto sobre a série na revista OLD!Gamer #8 que ficou meio grande, com 26 páginas. Já conhecia algumas músicas por meio dos concertos, mas escutá-las e compreendê-las no contexto do jogo é outra história. Nessa brincadeira, eu virei ainda mais fã das trilhas e acabei acrescentando faixas às minhas preferidas de todos os tempos, como a imbatível “Wormland” do Super Turrican 2.

Pois então, o projeto em questão é o Turrican Soundtrack Anthology, que terá pelo menos três CDs. A intenção da antologia é incluir quase todas as músicas da série na coletânea. Além disso, o pacote pretende ter regravações do álbum lançado em 1993, Turrican Original Video Game Soundtrack, que quase alcançou a marca de 10.000 cópias vendidas na época. Uma gravação da “Turrican – Anthology Suite”, a ser apresentada em novembro no Symphonic Game Music Concert 2012, também está nos planos.

O custo disso tudo é de 75.000 dólares, o que não é muito comparado com os projetos de jogos. Sendo assim, o estilo de financiamento é “você não tem nada a perder”. Dependendo do valor que contribuir, evidentemente a sua recompensa será maior como detalhado na página do Kickstarter. E, se a marca não for atingida até 3 de junho de 2012, você recebe o reembolso.

Mal dá para imaginar o que poderá ser feito daqui em diante. Quem sabe até um novo jogo da série…

[ATUALIZAÇÃO] Assista aí embaixo ao vídeo de anúncio. Até o momento, o financiamento está indo em um ritmo excelente e o projeto tem tudo para vingar.

[via Kickstarter]

Symphonic Game Music Concert retorna depois de hiato; Journey e Turrican II: The Final Fight confirmados


Por Alexei Barros

Por melhor que tenham sido os concertos tributo na Alemanha e na Suécia organizados desde 2008, não nego que também gostava muito da série Symphonic Game Music Concert, apesar de acompanhar a distância e por raras gravações amadoras. Organizadas de 2003 a 2007 antes da Games Convention, as apresentações eram bastante ecléticas nas seleções, executando músicas de jogos europeus, americanos e japoneses. Não foram poucos os trabalhos que conheci por meio do set list desses espetáculos, em especial a melódica e majestosa trilha do RTS Anno 1701. Além disso, muitos jogos não se encaixam nesse conceito de tributo a um produtor ou compositor, como, por exemplo, Shadow of the Colossus, tocado em 2006 no Fourth Symphonic Game Music Concert.

O mais legal é que tudo isso vai voltar 16 de novembro. Nesse dia, no mesmo palco do Symphonic Shades, no Funkhaus Wallrafplatz em Colônia, Alemanha, acontecerá o Symphonic Game Music Concert 2012. O time de produção é aquele mesmo competente de sempre: o produtor Thomas Boecker e os arranjadores finlandeses Jonne Valtonen e Roger Wanamo. Os participantes também: WDR Radio Orchestra Cologne e WDR Radio Choir Cologne, com a regência do maestro sueco Niklas Willén. O pianista Benyamin Nuss também está confirmado.

Até o momento, o set list possui dois números. Journey, o jogo vendido na PlayStation Network em março de 2012, já foi adicionado ao programa. A música a ser executada é a sublime “Apotheosis”, uma ótima seleção desta trilha tão climática e atmosférica. A série SGMC manteve a tradição de apresentar todos os anos pelo menos um segmento do compositor alemão Chris Huelsbeck, e neste ano não será diferente, com a “Turrican – Anthology Suite”, em arranjo inédito de Roger Wanamo. A suíte abrange três composições do Turrican II: “The Final Fight” (tela-título), “The Great Bath” (das áreas submersas da fase 2-1) e “Concerto for Lasers and Enemies” (da primeira fase shmup do jogo, a 3-1). Todas já foram arranjadas anteriormente e por isso até desejava a lembrança de outras, como a “Traps” (fase 1-2) e “The Hero” (tela de high score).

De todo modo, essa suíte faz parte de outro projeto relacionado a Turrican que será detalhado no próximo post.

[via Facebook]

Indie grátis da semana: Dungeon.Sec

Por Gustavo Hitzschky

Como não amar um jogo cujo protagonista se traja dos pés à cabeça tal qual o personagem principal de V de Vingança? O pequeno vingador, como diz a descrição dentro do game a qual apenas traduzo a seguir, é um membro anônimo de uma equipe de segurança conhecida como Dungeon.Sec. O objetivo é invadir os calabouços do sistema de um governo corrupto o mais rápido possível e assim acumular pontos.

O que devemos fazer é simplesmente pular entre plataformas que se movem, acionar alavancas para abrir o caminho, coletar a chave que abre a saída da fase e evitar espinhos, uma espécie de lava e água. Achei o jogo relativamente fácil e dá para terminar em cerca de 10, 15 minutos. Ou até menos, caso você não seja tão toupeira quanto eu (o que é altamente provável).

Dungeon.Sec. ficou em quarto lugar no Construct 2 & Win Contest. Vou atrás dos outros jogos que participaram do concurso nos próximos dias.

Dungeon.Sec.

Games in Concert: novo espetáculo brasileiro a caminho

Por Alexei Barros

Enquanto o Brasil não entra na rota das turnês mundiais dos concertos de game music, com a óbvia exceção do Video Games Live, a atual tendência é a proliferação de produções produzidas aqui neste território subdesenvolvido, quem diria. O próximo espetáculo do gênero vai acontecer no dia 22 de abril, no Teatro Municipal de Santo André em Santo André, SP: o Games in Concert – o nome já ajuda bastante, é o mesmo da curta, mas soberba série de concertos na Holanda finalizada em 2008.

Serão duas apresentações, uma às 18h e a outra às 20h30, e o ingresso é de 35 reais – veja outras opções de compra. A performance será da Smash Bros., uma das mais conhecidas bandas nacionais de covers de game music, e da Across Orchestra, formada por seis violinos, três violoncelos, um contrabaixo, dois trompetes, um trombone, duas trompas, duas flautas, um clarinete e um oboé, além de um piano de cauda, este tocado por Marco Aurélio de Almeida. A regência é do maestro Rafael Waisman e a direção geral de Átila Cumagai. Apesar ser a estreia oficial do Games in Concert, não é a primeira vez que esse time se reúne. Em maio de 2011, no AnimABC, a Smash Bros. e a Across Orchestra (então Across Platinum Orchestra) executaram o piloto do Games in Concert. Ainda em dezembro do ano passado, a Across Orchestra também se juntou à banda Kazoku NiBan no Animes in Concert, voltado para músicas de animes.

O repertório do Games in Concert promete ser bastante diversificado. Entre os medalhões, haverá Super Mario World, Sonic the Hedgehog, Tetris, The Legend of Zelda, Kingdom Hearts e Castlevania II: Simon’s Quest. Escolhas menos comuns? Super Mario Galaxy, Super Smash Bros. Melee, Super Smash Bros. Brawl, Portal e Pokémon Red & Blue. Seleções completamente inusitadas? Tem também, que, a meu ver, são The House of the Dead, GoldenEye 007 e Mortal Kombat. Mas você não viu nada perto do medley de músicas no piano tocado pelo Marco Aurélio. É um pouco disso tudo, com Sunset Riders, Top Gear, Mega Man X, Chrono Trigger, Power Rangers e até Goof Troop.

Se você não mora nas adjacências de Santo André, não desanime: a ideia é levar o espetáculo para outros estados no futuro.

Entre no site oficial para mais informações, assista ao vídeo do Making of abaixo e também não deixe de conferir a entrevista que o produtor Átila Cumagai concedeu ao Arena.

[via release]

Indie grátis da semana: Russian Subway Dogs

Por Gustavo Hitzschky

A exemplo do que faz o blog IndieGames.com, o qual serve como referência para mim, toda semana vou postar aqui um jogo indie grátis. Na verdade, eles postam games gratuitos praticamente todos os dias, mas meu acúmulo de funções no blog e o gerenciamento de minhas redes sociais me impedem de escrever aqui com mais assiduidade. Peço desculpas. Enfim, vamos estrear com o bobo, porém honrado, Russian Subway Dogs.

O site em que se pode baixar o game diz: “Experimente a vida de um cachorro de rua do metrô russo que vasculha por comida nesse simulador realista”. Fanfarronices à parte, basicamente o que você precisa fazer é latir atrás dos passageiros que saem do metrô para que eles derrubem o pão que estão comendo. Assim, a sua energia, que constantemente vai diminuindo, é aumentada.

Há alguns lances interessantes. Se puder pegar a comida no ar, melhor para você, pois assm você conquista mais pontos. É preciso tomar cuidado com os outros cães esfomeados que também vão tentar roubar o lanche alheio. Se você latir atrás de um homem que porta uma garrafa de vodka, essa bebida divina voa, se transforma num molotov e explode ao cair – se conseguir matar cachorros e homens dessa forma, mais pontos para você.

Russian Subway Dogs


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.534 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: