Guilty Gear x BlazBlue Music Live 2011: a sinfonia das guitarras de Daisuke Ishiwatari


Por Alexei Barros

Atualmente, mais animadora do que a quantidade de espetáculos de game music no Japão é a variedade. The Black Mages, quando existia, jdk Band, [H.], e ultimamente os shows de Persona já nos acostumamos por conta da regularidade e frequência de apresentações. Se 2011 começou auspicioso com o inesperado Nintendo Game Music Live, ficou melhor com o Guilty Gear x BlazBlue Music Live 2011. Isso que ainda estamos em janeiro!

Foi no Club Citta em Kawasaki, dia 22 deste mês, e pareceu interessante pelas impressões dos relatos dos sites nipônicos. Com casa lotada, o evento que teve como anfitriã a Tomomi Isomura, seiyuu da lutadora Makoto Nanaya de BlazBlue: Continuum Shift, contou com uma portentosa banda com três guitarristas – fundamental para reproduzir o hard rock melódico de múltiplas camadas das composições de Daisuke Ishiwatari. De nome só conhecia o Atsushi Hasegawa, baixista que acompanha o Motoi Sakuraba nos shows de rock progressivo de Star Ocean e Valkyrie Profile e tocou na BlazBlue -Calamity Trigger- Original Soundtrack. À moda da atual jdk Band, houve um violino, tocado pela Ayumu Koshikawa o que cria sempre um efeito fabuloso ao se mesclar com o som das guitarras pesadas. Nenhum deles fez parte da A.S.H., o grupo do Guilty Gear XX Sound Alive, registro do show lançado em 1993. Os instrumentistas, a saber:

Guitarra: Toshihiro Kajihara
Guitarra: RYO
Guitarra: Ryuta Tsubokawa
Teclado: YUHKI
Baixo: Atsushi Hasegawa
Violino:  Ayumu Koshikawa
Bateria: KENKEN

Foram executadas no total 17 faixas eleitas pelo público, sendo 11 de BlazBlue e seis de Guilty Gear. Por isso, já imagino que os fãs inveterados vão se desapontar com o set list que privilegia as novidades. Do que escutei, gostei por favorecer as músicas instrumentais. Pontos altos: “Rebellion” (BlazBlue) “noontide” (Guilty Gear XX), “Lust SIN” (BlazBlue) e “Holy Orders III(Be Just or Be Dead)”, arranjo com violino da “Holy Orders (Be Just or Be Dead)” feita para o Guilty Gear 2: Overture. O set list detalhado está no fim do post.

Teve poucas cantadas. Kanako Kondou, trajada com um quase cosplay da personagem Noel Vermillion interpretou duas canções que eram dela nas versões originais: “Stardust memory ~The Promised Place~” e “Love so Blue ~Blue Heartbeats~”. O mesmo Tsuyoshi Koyama fez com a “Gale” do BlazBlue: Continuum Shift (preferiria muito mais a “Gale – Bang’s Theme Song” instrumental do Calamity Trigger). Ele ainda fez um cover  da “Bang The Nail With Your Hammer!”, cantada no jogo pelo Hironobu Kageyama. Não está claro, ou ao menos não consegui encontrar a informação, quem cantou a “Condemnation Wings”, originalmente com a voz da Asami Imai. Para fechar a conta de cantadas, a Sachi Kitazawa fez o solo lírico da “Awakening The Chaos”. No intervalo entre os dois atos, a Tomomi Isomura intermediou um bate-papo com Kondou, Koyama, Daisuke Ishiwatari (foto acima), compositor de todas as músicas, e ainda Mori Toshimichi, produtor e um dos designers de personagens de BlazBlue. O tema central da conversa foi as trilhas sonoras evidentemente.

Como de praxe, na esperança de um DVD. Nada foi dito sobre o lançamento, mas não vejo por que não.

Set list:

01 – “Continuum Shift” (tema de abertura do BlazBlue: Continuum Shift)
02 – “Rebellion” (tema do Ragna do BlazBlue: Calamity Trigger)
03 – “Gluttony Fang” (tema do Hazama do BlazBlue: Continuum Shift)
04 – “noontide” (tema da batalha Sol VS Ky do Guilty Gear XX)
05 – “Suck a Sage” (tema do Chipp do Guilty Gear XX)
06 – “Rubble Song” (tema de encerramento do BlazBlue: Continuum Shift)
07 – “Stardust memory ~The Promised Place~” (image song da Caixa de Música do BlazBlue: Continuum Shift): Kanako Kondou
08 – “Love so Blue ~Blue Heartbeats~” (canção do Noel Vermillion do BlazBlue: Calamity Trigger versão para X360 e PS3): Kanako Kondou
09 –  “Gale” (canção do Bang Shishigami do BlazBlue: Continuum Shift): Tsuyoshi Koyama
10 – “Bang The Nail With Your Hammer!” (tema da Fu-Rin-Ka-Zan BlazBlue: Calamity Trigger versão para X360 e PS3): Tsuyoshi Koyama

<Bate-papo>

11 – “Still in the Dark” (tema da batalha Zato vs Millia do Guilty Gear X)
12 – “Lust SIN” (tema do Jin do BlazBlue: Calamity Trigger)
13 – “Get Down To Business” (tema do Order Sol do Guilty Gear XX Slash)
14 – “Condemnation Wings” (tema da Tsubaki Yayoi do BlazBlue: Continuum Shift): ?
15 – “Holy Orders III(Be Just or Be Dead)” (tema do Ky do Guilty Gear 2: Overture)

<Bis>

16 – “Awakening The Chaos” (tema do ν-13-・Λ-11 do BlazBlue: Calamity Trigger): Sachi Kitazawa
17 – “The Cat Attached to Rust” (tema de encerramento do Guilty Gear Isuka)


Guitarristicamente agradecido ao Fabão pelos links dos reports.

[via Famitsu, Gamez IT Media, 4Gamer.net, Dengeki Online e Yahoo! Japan]

About these ads

10 Responses to “Guilty Gear x BlazBlue Music Live 2011: a sinfonia das guitarras de Daisuke Ishiwatari”


  1. 1 victor 25/01/2011 às 9:20 pm

    Só ouvindo mesmo pra saber o resultado do show,mas,algumas ali valem e muito a pena,porem faltaram muitas outras,que poderiam substituir outras ali…foi uma merda ficarem de fora

  2. 2 leonardo 25/01/2011 às 11:26 pm

    alguem aí ja conferiu videos??

  3. 3 Alexei Barros 25/01/2011 às 11:38 pm

    @ victor

    Realmente. Com tanta coisa boa…

    Culpa de quem votou… :P

    @ leonardo

    Salvo raras exceções, como o Nintendo Game Music Live, eles não costumam compartilhar vídeos oficiais assim tão próximo do acontecimento do evento. Não esperaria por gravações amadoras no YouTube, já que os japoneses respeitam as solicitações de não registrar as apresentações.

    Reforçando a minha impressão, eu apostaria no lançamento do DVD. Ou pelo menos CD. São duas séries da mesma produtora e do mesmo compositor. Não tem erro.

  4. 4 Jejé 26/01/2011 às 9:16 pm

    Que coisa mais linda de se ver!
    Achei sensacional saber da existência desse show. Adoro muitas das composições do Daisuke Ishiwatari feitas para estes dois jogos. Só acho que faltou o próprio Hironobu Kageyama aí. Ele pra mim é um ícone, e incrementa muito bem o tema cantado do BlazBlue: Calamity Trigger, “Bang The Nail With Your Hammer!”.
    Será que há chances de lançarem um CD em estúdio com as músicas deste show? ♥

    • 5 Alexei Barros 26/01/2011 às 10:03 pm

      Muito bem apontado, Jejé. Eu ia comentar que o Hironobu Kageyama está muito mais relacionado a trilhas de animes e tokusatsus até que fui ver no Wikipedia a lista de músicas para jogos que ele cantou… um monte! Só de adaptações de Dragon Ball é uma grandeza.

      Imagino que a data não bateu com a agenda dele. Poxa vida, se o Kageyama já veio até ao Brasil. :P

      Ah, para não esquecer da impagável “Can You Become Rent-a-Hero for Mankind’s Sake?” do Rent A Hero com o Takenobu Mitsuyoshi.^^

      Daria 99% de chance para o lançamento do CD. Como disse ao leonardo, todas as composições são do mesmo autor e as duas séries são da mesma produtora.

  5. 6 Wesley Pires 13/06/2011 às 11:25 pm

    Tinha que ter comentado bem antes, porem tinha que ouvir primeiro o danado do album, não é mesmo? E realmente fiquei surpreso com tamanha qualidade e fidelidade com as musicas roginais, tanto nos acordes das guitarras quanto no teclado e violino, tão rpesentes nas musicas. E ouso repetir (assim como repeti no Bit Studio 24 lançado recentemente comigo. Fica o jabá) que a musica tema da Tsubaki Yayoi ficou pesada e harmoniosa, mesmo tendo o violino como lead instrument.
    Dificil ter albuns tão bem arranjados com musicas tão complexas, o album está de parabens.
    PS: Mestre Alexei, eu e uns colegas do @MeiaLuaX estavamso comentando sobre a trilha do Crisis Core, e queria perguntar se a trilha dele ou de outro spin-off final fantasiano ja foi orquestrado tambem. Se nao souber, tranquilo =)

    • 7 Alexei Barros 13/06/2011 às 11:33 pm

      E acredita que acabei me esquecendo de ouvir o álbum? :S

      Pelo zapeada que dei, fiquei com essa mesma sensação da fidelidade na execução das músicas complexas, e isso se deve sem dúvidas aos três guitarristas, o que não é tão comum em shows com músicas de games.

      No aguardo pelo Bit Studio 24.^^

      Sobre o lance do Crisis Core, a dúvida é se alguma música foi arranjada para ser tocada em algum concerto? Se for isso jamais e, sinceramente, acho pouco provável que isso aconteça como a trilha é baseada toda no FFVII, daí preferem pegar muito mais a origem das músicas. Ou tem alguma composição nova que você acha que deveria ser orquestrada?

  6. 8 Ozzie 17/12/2011 às 10:30 pm

    Poxa, será que ninguém tem esse DVD para compartilhar na rede?? Estou louco atras desse download já a um bom tempo…


  1. 1 Tweets that mention Guilty Gear x BlazBlue Music Live 2011: a sinfonia das guitarras de Daisuke Ishiwatari « Hadouken -- Topsy.com Trackback em 25/01/2011 às 8:40 pm
  2. 2 Guilty Gear X BlazBlue Music Live 2011- Awakening the Chaos -Bits4life- bits4life Trackback em 22/11/2011 às 6:04 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.533 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: