Arquivo de novembro \20\UTC 2009

Video Games Live: a renascença de Assassin’s Creed II


Por Alexei Barros

Nem sei se compensa continuar falando do VGL depois de tudo o que comentei nos últimos posts, mas de qualquer forma foi confirmado mais um segmento novo. É referente ao recém-lançado Assassin’s Creed II, cuja estreia acontecerá na apresentação em Paris, a acontecer amanhã, dia 21 de novembro. A série só havia sido representada anteriormente no Games in Concert 2 (2007), com a música “The Chosen” do primeiro Assassin’s Creed, tocada em uma performance altamente ousada e inusitada da banda Intwine e do rapper Brainpower (ambos da Holanda como o concerto) na companhia da Metropole Orchestra.

Tem dois fatos curiosos. O primeiro é que o jogo não fazia parte da promessa de dez segmentos inéditos para 2010 – aliás, ainda estou para ver Shenmue, Monkey Island, Super Smash Bros., entre outros; pensa que eu esqueci? –, apesar de já mencionado em fóruns do VGL. O outro é que o Assassin’s Creed II não consta na lista de franquias apresentadas no site oficial. Apenas esqueceram de atualizar você rebaterá. Acontece que nessa mesma relação há Gears of War, Portal, Earthworm Jim e Donkey Kong (segmento interativo), que jamais foram executados.

Depois das últimas novidades japonesas, volta uma adição à moda antiga de um jogo ocidental. A trilha é assinada pelo dinamarquês Jesper Kyd, da série Hitman, e foi gravada no Capitol Records Studio A em Hollywood, utilizando somente um pequeno grupo de 30 cordas e  coral de 13 vozes. Considerando o diminuto tamanho padrão das orquestras utilizadas no VGL, a escolha foi perfeita, pois deverão ser 30 instrumentistas interpretando um número feito para 30 musicistas, não 30 tentando fazer o som de 80 como acontece em outros segmentos.

[via Music 4 Games, Scoring Sessions]

Artwork do dia: Sylvia Christel(?) e No More Heroes em alta definição

Por Claudio Prandoni

Arte da galera sempre competente (e geralmente NSFW) do site The Mecha Fetus Visual Blog. Lá eles nem explicitam se é mesmo a musa Sylvia “Scarlett Johansson” Christel. Mas parece.

E o carinha com cara de interrogação e gravata ao lado me lembra o Henry, irmão do Travis Touchdown.

Aliás, a Famitsu soltou a lenda: parece que vai sair um No More Heroes para Xbox 360 e PlayStation 3, como o truta Suda51 já vinha desejando há um tempo.

Ao que indica, será um jogo novo com o subtítulo Heroes Paradise. Fico com receio e explico: de alguma maneira me evoca a possibilidade de ser um jogo de batalhas online, malucas e coisa e tal por Santa Destroy.

Vejo o potencial do conceito, mas minha aversão total a online me impede de me animar tresloucadamente já, como geralmente acontece com qualquer coisa relacionada à série. Aguardemos por novas informações e, quem sabe, a derrocada de minha teoria.

It’s a-me, Ezio!

Por Claudio Prandoni

Final de ano, pilha de responsabilidades, avalanche de jogos, panetone, luzes de natal e o simpático calor do verão.

Junto com tudo isso, vai findando a lista de games mais esperados por estes Toperas que vos escrevem. De minha parte, hoje saiu o penúltimo game mais hypado, vulgo Assassin’s Creed II. O outro é o tal do Final Fantasy Crystal Chronicles: Crystal Bearers, que já saiu no Japão e só dia 26 de dezembro dá as caras aqui no ocidente.

Não bastasse toda a expectativa que eu já estava pela nova produção da Ubisoft, os caras ainda dão um jeitinho sutil de embarcar na fama e glória do Super Mario – que mal está de ego inflado também pelo New Super Mario Bros. Wii.

Em certo ponto da jornada, o herói Ezio reencontra com o tio, que protagoniza a hilária cena do vídeo logo acima.

Penso eu na origem da homenagem: o tio Super Mario está por aí há tanto tempo – míseros 25 anos – que muito provavelmente os game designers de hoje em dia são a molecada que lá atrás já curtia os games do encanador.

Homenagem sutil, mas de coração. Curti.

Concerto ~Awakening~ da Video Game Orchestra será transmitido ao vivo via rádio

Video Game Orchestra ~Awakening~
Por Alexei Barros

Gravações oficiais em CD ou DVD dos concertos de games têm sido escassas, mas não tenho muito o que reclamar das transmissões de rádio, como a série holandesa Games in Concert, o Symphonic Shades (o primeiro ao vivo) e o Symphonic Fantasies (também em vídeo).

A exemplo de iniciativas como essas, a pró-amadora Video Game Orchestra também terá a apresentação em Boston, EUA, do dia 5 de dezembro, ~Awakening~, veiculada ao vivo no rádio, na estação Berklee Internet Radio Network, no canal BIRN 2. Eu achando que teria que esperar alguns meses para as gravações pipocarem no YouTube, quando todo o espetáculo poderá ser apreciado no exato momento em que estiver acontecendo a partir das 23h30 no Brasil (19h30 locais), conforme não me deixa enganar o 24 Time Zones.

Eis o link da transmissão: BIRN.

“The Next Door” – Street Fighter IV (EXILE Live Tour 2009 “The Monster”)

Por Alexei Barros

Já faz tempo que os videogames se tornaram antes um negócio do que qualquer coisa, e muitas produtoras não têm feito o menor esforço para esconder isso ao utilizar artistas de estilo sem muita relação com as franquias, descaracterizando as séries sem o menor pudor. Não é mesmo, Square Enix?

A Capcom também não deixou por menos na trilha de Street Fighter IV, e escalou o grupo vocal EXILE, que cantou o tema de abertura “The Next Door”. A canção fez parte da mais recente turnê e foi registrada no DVD EXILE Live Tour 2009 “The Monster”, lançado há pouco, no dia 28 de outubro de 2009. Se a canção sozinha não tinha cara de Street Fighter, no show ficou ainda mais difícil estabelecer a relação. Em meio à pirotecnia de fogos e luzes, os integrantes do conjunto interpretam o tema à la Backstreet Boys paramentados com armaduras e espadas. Comparado com a original, esta versão foi estendida e apresenta um final prolongado.

Que saudade da abertura do Street Fighter II…

Canção-tema da versão ocidental de Final Fantasy XIII será música licenciada

Por Alexei Barros

Longe de achar a “Kimi ga iru kara” memorável – ainda mais comparando com faixas promissoras da trilha do Final Fantasy XIII como “Battle Theme” e, quem diria, “Chocobo Theme” – , fiquei estarrecido com a revelação feita no vídeo que confirmou a data do lançamento ocidental (EUA e Europa): 9 de março de 2010 (82 dias depois da edição japonesa, a localização mais rápida da série entre os episódios numerados, conforme o Fabão comentou no Twitter).

Leona Lewis - EchoEm vez de traduzida, a composição do Masashi Hamauzu cantada pela Sayuri Sugawara será substituída na versão ocidental pela “My Hands”. Assinada pela dupla Ina Wroldsen e Arnthor Birgisson, é a sexta faixa do álbum Echo, o segundo da carreira da cantora inglesa Leona Lewis lançado dia 9 de novembro de 2009. Ou seja, vão trocar uma música original, feita para o jogo, com a letra escrita para a história do jogo, por uma canção pronta, sem qualquer relação com a trama, para ser tocada na rádio. Qual o sentido disso?

Fico pensando: a canção-tema originalmente seria composta pelo Nobuo Uematsu, que acabou deixando a missão para o próprio Hamauzu porque ele já estava muito atarefado com a trilha de Final Fantasy XIV. Será que se a música fosse do Uematsu, a Square Enix faria essa alteração torpe? Eu duvido.

Hadouken Friday II’ Hyper Drawing: leitor anima outra sexta-feira com mais wallpapers do Hadouken

papel de parede juri hadouken by vinicius de moura para site 1280P1024

Por Claudio Prandoni

Veja só você que ligeireza do leitor-artista Vinicius de Moura. Depois da primeira leva de wallpapers de personagens da série Street Fighter à moda IV, o rapaz agora nos brinda com uma segunda fornada que já conta até com a sul coreana Juri.

De guarnição, as moças Crimson Viper, Chun-Li e Ken como suposto rei da mulherada – tudo em resolução 1280×1024.


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.536 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: