Arquivo de maio \31\UTC 2009

Batpost #07: o que tem o Joker, o Coringa, o Palhaço

Por Claudio Prandoni

Você já deve ter visto aqui que tive a chance de jogar um bom bocado do novo jogo do Morcegão e que curti imensamente. E por acá e neste cantinho também você já sacou que estou em um bat-frenesi pelo Batman: Arkham Asylum.

Depois desse trailer bacanudo aí acima então as expectativas são das mais melhores de boas. Não basta o jogo ser ótimo: ainda vai dar para jogar com ele, o Joker, o Coringa, o Palhaço. Dublagem do eterno Jedi retornável, Mark Hamill, e armas exclusivas como aquelas dentaduras teco-teco (talvez até o “lico de cair o …”, ah, você sabe) .

E tudo isso só no PlayStation 3 – nessas horas faz valer o peso todo de ter carregado a hedionda lápide.

Ainda acho que no final vai ser um lance meio Darth Vader/Yoda em SoulCalibur IV e depois o Coringão sai como personagem extra para comprar para o Xbox 360 via Xbox Live.

“Metal Gear Solid 3” – Metal Gear Solid 3: Snake Eater (VGO @ Berklee Performance Center)

Por Alexei Barros

Havia postado antes a performance do mesmo medley do Metal Gear Solid 3 tocado pela Video Game Orchestra, mas o vídeo a seguir é melhor em todos os aspectos, principalmente pela gravação decente.

Continuo achando a segunda transição áspera demais, só que a performance da “Snake Eater” é o que mais sobressai. Aliás, melhor seria se tocassem apenas a canção à la James Bond em vez de enfiá-la no meio da “Metal Gear Solid” Main Theme (Metal Gear Solid 3 version).

Guitarra e bateria sensacionais. Conforme escutava, fiquei impressionado com a performance vocal, afinal estava muito boa para ser de uma amadora. Que amadora que nada. Quem interpreta a “Snake Eater” neste vídeo é a harario, cantora japonesa que tem acompanhado o compositor Norihiko Hibino em muitos dos trabalhos, como no álbum solo AKASHI.

- “Metal Gear Solid 3”
“Metal Gear Solid” Main Theme (Metal Gear Solid 3 version) ~ “Snake Eater” ~ “Metal Gear Solid” Main Theme (Metal Gear Solid 3 version)

“Theme of Laura” – Silent Hill 2 (VGO @ Berklee Performance Center)

Por Alexei Barros

Mais uma confissão: passei bem longe da série Silent Hill, lapso que não impediu de admirar a versatilidade de Akira Yamaoka, uma vez compositor, hoje compositor e produtor. Jamais lembrada nos concertos japoneses, a música “Theme of Laura” é constante no repertório da turnê do PLAY! A Video Game Symphony, e mais fantástico: em muitas das apresentações o próprio Akira Yamaoka tocou guitarra.

Sendo então bastante conhecida, ao menos para quem acompanha o PLAY!, não faria sentido colocar um vídeo da Video Game Orchestra pela redundância redundante. Mas não se engane. A performance da VGO se aproxima mais da original no momento em que a introdução é tocada no violão por Brian McCoy e não na guitarra como no PLAY!, e em certos momentos da música há duas guitarras, uma tocada pelo Shota Nakama e a outra pelo mencionado Brian McCoy. Para completar, no final é emendada a “Theme of Laura (Reprise)”, que é diferente da anterior, com piano e cordas (no original ouve-se somente um violoncelo) em andamento muito mais lento que na versão do jogo.

Se quiser comparar, veja a “Theme of Laura” tocada no PLAY! A Video Game Symphony em Estocolmo, na Suécia, em 2007, com a supracitada atuação do compositor da música, Akira Yamaoka.

[ATUALIZAÇÃO] Apenas um adendo. Como bem me lembrou o produtor Thomas Boecker, antes de fazer parte do set list do PLAY! A Video Game Symphony, a “Theme of Laura” estreou no concerto alemão Third Symphonic Game Music Concert (2005), com participação da banda de rock da República Tcheca, -123min.

“Theme of Laura” ~ “Theme of Laura (Reprise)”

“Haze” – Haze (Games in Concert 3)

Por Alexei Barros

Como admirador do estúdio Free Radical, eu lamentei bastante o fracasso do Haze, que praticamente selou a quase falência da desenvolvedora, caso não fosse a aquisição da Crytek, alterando o nome para Crytek UK. Mesmo o FPS sendo severamente criticado, ainda cogito raptá-lo do reduto claudicante porque confio no talento dos envolvidos.

A trilha musical de Haze é assinada pelo britânico Graeme Norgate, compositor de jogos da Rare como Killer Instinct, GoldenEye 007 e Perfect Dark, e depois na Free Radical cuidou da trilogia TimeSplitters. No Haze, as faixas seguem uma vertente mais pomposa, essência captada pela performance da Metropole Orchestra no Games in Concert 3, unindo a imponente “Main Theme” à “March of the Rebels”, que me lembra bastante a inesquecível “Returning to Paris” do Medal of Honor: Underground por conta dos violinos irrequietos.

Na versão ao vivo, na primeira, o trompete e todos os metais estão magníficos e o solo de violão é feito de maneira satisfatória na guitarra. Na outra, como sempre, baixo e bateria fantásticos, imitando a batida eletrônica. Cordas nervosas, passagem no piano, metais com pique militar e mais um solo de guitarra, este inexistente na original. Primeira e talvez a única vez em que Haze será tocado ao vivo.

- “Haze”
“Main Theme” ~ “March of the Rebels”

“Baba Yetu” – Sid Meier’s Civilization IV (Games in Concert 3)

Por Alexei Barros

Milagrosamente o site do concerto holandês Games in Concert 3 trouxe novos vídeos, e claro que os registros são em qualidade profissional. Ainda não foram publicadas as performances que mais estava maluco para ver (Super Mario Galaxy, Metal Gear Solid, Portal, Mafia, Hitman: Blood Money…), mas é alguma coisa.

A canção “Baba Yetu”, uma das mais atípicas peças de game music, é composição do norte-americano Christopher Tin para os menus do Sid Meier’s Civilization IV. A sonoridade africana se dá por conta da percussão e do dialeto suaíli cantado pelo grupo Stanford Talisman. Inegavelmente, a música ficou ainda mais popular graças ao Video Games Live com o “Civilization IV Medley”, que também inclui a “Opening Movie Music”.

A versão da Orquestra Metropole, em contrapartida, possui metais mais acentuados que a original e a implementação de baixo e bateria, dois instrumentos antes inexistentes na música do jogo. Essa interpretação, como não poderia deixar de ser por conta das minhas preferências, me agradou bem mais. Lembro que a música já havia sido tocada no Games in Concert (2006) e entrou de surpresa no ano passado, com o solo vocal de Daan Verlaan.

Novo trailer de No More Heroes 2. Ponto.

Por Claudio Prandoni

Provavelmente será exibido depois na E3, na conferência da Ubisoft e tal.

Eu tinha tanta coisa separada pra falar aqui, mas vou embora…

O nível de perplexidade – e fanboyzice – me impede de elaborar com consciência e sensatez.

Será que o “luchador” é o Goichi Suda?

LittleICOPlanet

littlebigteaser

Por Claudio Prandoni

Sackico e Sackyorda. Em imagem oficial da Media Molecule. E a E3 logo aí na esquina.

Pacote de fases baseadas no ICO? Tem que ser verdade!


RSS

Twitter

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.546 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: