Arquivo de fevereiro \28\UTC 2009

Making of – ou quase – de Mega Man 9

Por Claudio Prandoni

Meio que sem querer querendo, hoje é praticamente um dia temático de vídeos de Mega Man 9.

Depois de aprender a fazer o Blue Bomber em versão Mii, sente na cadeira, relaxe, pegue um suco de maracujá e veja como que o herói se preparou para retornar à labuta pixelada em Mega Man 9.

Piadas previsíveis, mas sempre engraçadas, com espetos e a reação do meninão biônico a Splash Woman, a primeira chefe mulher feminina de toda a história da série.

Aliás, uma tirinha do Brawl in the Family aludindo a essa questão também.

weakness

Artwork do dia: Melecas inteligentes nas publicidades falsas de World of Goo

pbalfredoo

Por Claudio Prandoni

No novo episódio das propagandas de mentirinha do NeoGAF: World of Goo! Uma turma muito louca de melequinhas do barulho prontas para tirar você do sério.

Sério. Uma das séries menos inspiradas, ainda que pontuada por exemplos geniais. Poucos exemplares também, a próxima fornada deve ser mais produtiva. Por que?

No próximo episódio: LitteBigPlanet!

I Can haz Mega Man Mii, plz?

Por Claudio Prandoni

Ficadica: blog da Capcom partilha link pra vídeo de moleque que ensina a fazer um Mega Man X duca no seu Mii Channel.

Agora é só esperar o DLC de Mega Buster e partir para um beisebol muito louco com uma turma do barulho no Wii Sports!

RIZ-ZOAWD: o retorno triunfal de Michiko Naruke

Michiko Naruke, com o compositor Hitoshi Sakimoto à esquerda e o produtor Tetsuya Okubo à direita
Por Alexei Barros

Embora eu e mais ninguém no Hadouken tenha citado o simpático RPG RIZ-ZOAWD, torço bastante pela localização norte-americana. Baseada na história de O Mágico de Oz – perceba que o nome  é um anagrama –, foi lançado no Japão no Natal do ano passado para DS, e junto veio um CD promocional com parte da trilha sonora. A OST completa saiu há poucos dias, precisamente 25 de fevereiro.

O que mais chama a atenção é a inédita parceria da Michiko Naruke com o Hitoshi Sakimoto – posteriormente Masaharu Iwata e Kimihiro Abe, ambos do estúdio Basiscape, se juntaram à dupla. Melhor ainda, o retorno da Naruke à composição, algo que não acontecia desde Wild Arms 4 (2006). Depois do período improdutivo, fez três arranjos em Super Smash Bros. Brawl e co-arranjou com a Natsumi Kameoka o medley de Wild Arms e Wild Arms: 2nd Ignition para o Press Start 2008.

Para RIZ-ZOAWD, Naruke compôs apenas três músicas, sendo os temas de abertura e encerramento cantados pela Kaori Asoh (Wild Arms 2nd Ignition) e uma versão instrumental da faixa do preâmbulo. Peço toda a atenção para a fantasticamente ensolarada “RIZ-ZOAWD!” – isso que J-Pop nem está entre os meus estilos favoritos. As intervenções da guitarra são extasiantes.

- “RIZ-ZOAWD!”
“If You Follow the Brick Road ~RIZ-ZOAWD!Arrange~”
“Our House on a Ridge”

“Visari’s Lament” – Killzone 2 (Settings – Orchestral Game Music)

Por Alexei Barros

Agora que Prandoni está em meio à segunda zona de matança, sinto-me na obrigação de colocar a segunda e última música do Killzone 2 tocada no concerto sueco Settings – Orchestral Game Music. Também foi executada uma faixa do primeiro Killzone, mas assim como as performances do Suikoden, Xenosaga, Commodore 64, Shadow of the Colossus e tantos outras nessa ocasião, não existe registro em vídeo – me dói o coração saber disso.

“Visari’s Lament”, tal qual a “Birth of War” faz parte da première mundial do FPS da Guerrilla. Imponente, a peça traz alternâncias de momentos pomposos da orquestra e do coral. O solo de violoncelo em 2:55 tem um quê de BioShock.

LittleBigContra by NeoGAF

Por Claudio Prandoni

E eu achava que o pessoal do NeoGAF só sabia desenhar e fazer montagens. Bom, de certa maneira não deixa de ser um trabalho que consiste basicamente em montar esse aí do vídeo.

Sete membros do fórum se uniram para recriar as oito fases do primeiro Contra – aquele super impossível de Nintendinho 8-bits – no LittleBigPlanet. Convenhamos, por mais que as fases mostradas inspiradas em outros jogos e mostradas até então sejam bacanas, fica patente uma certa tosqueira; são resultados desengonçados.

Aqui não. Com LittleBigContra a comunidade de editores de fase de LBP dá level up e alcança um novo patamar. Como o vídeo mostra, as fases não apenas funcionam bem na física de LBP, como também ficaram linda e, aparentemente, muito desafiantes – tal qual o jogo original.

Rá, e veja só: o resultado só ficou tão bom graças aos pacotes de conteúdo licenciado de Metal Gear Solid 4 (a arma Paintinator) e Street Fighter (os cabelos de Ryu e Guile). De verdade, parabéns aos caras. Logo menos tentarei procurar lá para baixar no jogo…

Agora só falta adicionarem suporte a MP3 nas fases para o Alexei também jogar e não reclamar da ausência da trilha sonora original!

Para comer com lamen: saquê de Yakuza 3

Por Claudio Prandoni

ryu_booze_1Ontem foi dia de conferir por aqui nossas impressões sobre a demo de Yakuza 3, então nada melhor do que comemorar o belo jogo que a Sega está fazendo para o PS3!

Se for menino, traga para a festa o macarrão que já mostramos aqui, temático do jogo. Caso seja guria o seu departamento é o das bebidas em nossa celebração, então por que não trazer uma garrafa de saquê oficial do jogo?

Duas qualidades distintas, preço de cerca de 35 reais por cada uma – só lá no Nihongo, claro. Maluquices do produtor de bronze…

Mais duas músicas de 7th Dragon

7th Dragon
Por Alexei Barros

Perto do lançamento japonês do RPG 7th Dragon, que acontece em 5 de março, o site oficial liberou duas novas faixas do Yuzo Koshirão nas versões que escutaremos no jogo mesmo, não os chiptunes. “No.21” traz a melodia entoada pelo que parece uma caixa de música, com as cordas em segundo plano, combinação que me lembra Professor Layton. “No.30”, por sua vez, é mais animada e, como denuncia a tag, provavelmente ilustrará a exploração em uma cidade. Até imagino o arranjo sinfônico.

- “No.21”download
“No.30”download

Brinquedo aleatório #03: Soopa Maria Sato

6258-soopa-maria-sato-promo

Por Claudio Prandoni

Lembra quando falamos aqui de um brinquedo que é um fliperama em miniatura?

Pois bem, o joguete tinha uma característica peculiar que, obviamente, só funcionaria em uma dimensão alternativa pop cultural como o Japão: algumas unidades vinha com uma moeda especial.

Tal moeda, por sua vez, dava direito ao dono de comprar – isso mesmo, o direito de comprar – a boneca/boneco/bizarrice Soopa Maria Sato, uma bonequinha de vinil que é basicamente uma menina com roupa de Fire Mario e rabo de guaxinim.

2008122f132f562fe0118156_2201191São apenas 25 peças e cada uma vendida originalmente por 90 dólares, valor muito provavelmente já zilhoduplicado no mercado de figuras raras para colecionadores.

E não é só isso. Alguns ainda mais sortudos poderiam ter a chance de conseguir a permissão para gastar dinheiro e comprar a versão especial Warhol, basicamente o mesmo brinquedo, mas com outra paleta de cores – ou coisa assim. Só 12 dessas existem no mundo!

6275-main

Capcom nos obriga a aprender japonês: edição especial e demo online de Gyakuten Kenji

thumb_kenji03

Por Claudio Prandoni

thumb_kenji02Todo jogo bom que se preze hoje em dia ganha edição especial. E, mesmo antes de ser lançado, nós já sabemos que Gyakuten Kenji será um jogo bom. Digo mais, excelente, não é colegas de júri virtual?

Para acalmar os ânimos dos graduados Geraldão e Alexei – quiçá até do calouro Hitz – a confirmação visual e de conteúdo: GK terá edição especial. Vendida apenas no loja online e-Capcom, oficial da empresa e tal, mas vá lá.

TAKE THAT!
– CD com trailers promocionais
– CD com trilha sonora orquestrada (já imagino alguém empolgado com este aqui…)
– Panfleto de programação da orquestra
– Cards promocionais
– Estojo pra guardar os cards
 
gkdemo_flashAh, e tem mais, muito mais! Seguindo o exemplo do antepassado (ou seria sucessor?) Apollo Justice, GK ganhou uma demo online em Flash.

Pena que está tudo em japonês, mas já dá para sentir um gostinho da nova jogabilidade, gráficos e, claro, trilha sonora.

Espero que o mesmo aconteça no ocidente – e logo!

Juridicamente grato a Dr. Fernando Mucioli Mitsurugi pela tradução dos conteúdos dessa belezinha aí acima e uma outra dica: aparentemente, GK se passa entre Justice for All e Trials and Tribulations, respectivamente o segundo e terceiro episódios da trilogia Phoenix, e mostraria Edgeworth logo que volta do mochilão – ou coisa assim – pela Europa.


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.534 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: