Arquivo de outubro \31\UTC 2008

Fliperaminha

Por Claudio Prandoni

Na era da Web e dos games 2.0, nada mais metalinguístico do que um brinquedo para você criar seu próprio videogame – ou coisa assim.

O Soopa Coin-Up Bros. é um pequeno gabinete estilizado de Arcade feito de vinil. Custa 30 dólares e vem com uma série de adesivos para você colar e enfeitar, sendo ainda que é possível desenhar com caneta e lápis colorido no joguete. Tudo para você dar vazão ao Miyamoto miniatura que mora apertado em sua cuca.

Tem uma meninada maluca que faz milagres com o modelo. Eu sou mais modesto e criei um jogo de luta para o diminuto fliperama. Trata-se na verdade de um crossover entre heróis de uma produtora de games (a qual batizei Capcom) e personagens de um estúdio que faz desenhos japoneses (o qual a muito custo criei a alcunha Tatsunoko e adotei como símbolo um cavalo-marinho).

São batalhas entre duplas e tal. Talvez até depois eu invente uma versão para videogames caseiros…

Tênis do GTA IV

Por Claudio Prandoni

Do extremamente bonzinho Zelda para o politicamente incorreto e criminoso GTA IV. A fauna do reino dos calçados gamers é algo realmente impressionante, eclético e variado.

No post de hoje, este belo tênis personalizado importado direto de Liberty City e seus troféus criado pelo usuário [SEANYA], dos fóruns do site NikeSB (sigla malandra para Nike Skateboarding).

Muito obrigado à menina guerrilheira Carla Rodrigues pela dica – e um “salve, irmão” para o mano Patrício que chegou atrasado, mas também indicou o calçado.

Artwork do dia: Faith & Faith

Por Claudio Prandoni

Acabo de voltar do aperitivo da borda do espelho e me sinto completamente tragado, impressionado – achei a palavra – arrebatado. Faith só pode ser uma prima distante da loira Samus Aran.

É impressionante como a fluidez de movimentos é natural e prazerosa e a visão em primeira pessoa só contribue para tornar toda a experiência ainda mais impactante. Enfim, discorro em detalhes depois. Por ora, deixo aqui essa imagem: Faith e Faith.

Uma delas é falsa, a outra verdadeira. Você sabe diferenciar?

Respostas e explicações além da imaginação depois do salto transdimensiotemporal.

Continue lendo ‘Artwork do dia: Faith & Faith’

Sapatos de Zelda

Por Claudio Prandoni

Creio que o futuro da categoria Calçados está salva: os espécimes têm sido vistos com relativa freqüência.

O mote deste post é dica do gamer inveterado e comentarista Mauri Link. Feitos à mão, o par de sapatilhas tênis exibe duas cenas de mapa do primeirão The Legend of Zelda, lançado em 1996 1986 para Nintendinho 8-bits. Além disso, as laterais são adornadas com três corações (tal qual a barra inicial de energia de Link) e a Triforce desenhada em cada calcanhar.

O item estava à venda no Etsy, um site de vendas, mas infelizmente(?) já se encontra esgotado.

Wild Little Sisters: BioShock 2

Por André Sirangelo

Talvez eu esteja assinando os feeds errados, talvez eu esteja meio alienado — o fato é que eu não vi muito falatório por aí a respeito do fantástico teaser trailer de BioShock 2: Sea Of Dreams, que confirma e dá até nome para a sequência de um dos melhores (e mais vendidos) jogos do ano passado. Só descobri que essa maravilha existia e veio de brinde no demo de BioShock para PS3 graças ao Prandoni. A duração é bem pequena, mas o filmete sugere uma coisa beeeem interessante sobre o próximo jogo da série. Uma não, várias. O mistério é ainda maior pelo fato de a 2K ter comentado que BioShock 2 será uma continuação e uma prequel ao mesmo tempo. Não sei se é boato, mas seria totalmente animal ter narrativas em diferentes épocas.

BS2 está previsto para o último trimestre do ano que vem. Ken Levine (supostamente) está no comando. Levanta mão quem acha que vai rolar adiamento. o/

Levanta a mão quem acha que o adiamento vai ser para o jogo sair junto com BioShock – O Filme, porcaria em potencial dirigida por Gore ‘Piratas do Caribe’ Verbinski. o/

* * *

Eu tenho um problema. Eu nunca canso de ver de novo o trailer de BioShock exibido na X06. Sério, isso merecia um Oscar. Se rolasse um Hadoukast sobre os 5 melhores trailers da história, esse seria o meu escolhido como #1.

* * *

Já que o assunto é BioShock, também curto o inusitado remix Wild Little Sisters, criado pelo Moby com o Oscar The Punk para o CD promocional que veio na edição limitada do jogo para Xbox. Já ouviu?

Muitíssimo mais tributo a Street Fighter

Por Claudio Prandoni

Em época de eleições, período de recontagem de imagens e artworks perdidas aqui no blog. Graças à perene sagacidade de nosso comentarista Platy, trazemos aqui mais sete oito artes do livro Street Fighter Tribute, que alçam nosso coleção para um total de 139 140 imagens de um total de 163 (alguns cálculos meus estavam errados e corrigi agora).

[EDIT] Vacilo mega master turbo deluxe: como Platy bem me lembrou, esqueci de colocar justamente a imagem que fiz propaganda aqui.

Para compensar a mancada e fazer as pazes com o desenho, coloco ele bonitão e em evidência aí embaixo.

blanka_and_dhalsim_by_gh_graphics

“Castlevania Suite” – PLAY! A Video Game Symphony

Por Alexei Barros

Por mais que Castlevania seja uma das mais populares entre os apreciadores de game music, foi injustamente negligenciada na série japonesa Orchestral Game Concert (1991-1995), apesar da existência do álbum Perfect Selection Dracula ~New Classic~ (1992), que trazia arranjos orquestrados. A saga vampiresca veio estrear em concertos no Video Games Live em 2005, recebendo posteriormente a roupagem guitarrística “Castlevania Rock” que está registrada no CD. A primeira aparição em uma apresentação nipônica ocorreu no Press Start 2007 ~ Symphony of Games~, em que foi tocada a melhor representação sonora da franquia, “Castlevania Medley”.

O PLAY! Video Game Symphony também tem o seu medley – a mim, melhor que o do VGL, mas não tão espetacular quanto o Press Start. Melhor porque abrange uma música sombria embalada pela batida da bateria do nefasto Curse of Darkness composta pela ilustríssima Michiru Yamane. E fica o protesto: deveriam incluir as faixas de autoria do Yuzo Koshiro para o Portrait of Ruin – “Invitation of a Crazed Moon”, “DESTROYER”“The Gears Go Awry”, “Dance of Sadness” e “Banquet of Madness”. Uma suíte com as cinco ficaria fabulosa.

Segue a performance, aproveitando o embalo do advento do Order of Ecclesia:

- “Castlevania Suite”
“Vampire Killer” ~ “Wicked Child” (Castlevania) ~ “A Toccata into Blood Soaked Darkness” (Castlevania: Curse of Darkness)

Hoje é dia de demonstração do Mirror’s Edge

Por Claudio Prandoni

Veja só, caro amigo leitor: procurava eu o motivo que fosse para atormentá-lo atiçá-lo novamente sobre Mirror’s Edge, game de ação em primeira pessoa da Electronic Arts que, na minha toperística opinião, tem tudo para ser um dos melhores games de 2008 – considerando, por ora, apenas a premissa, claro.

Buscava eu por um vídeo ou imagem bacana e dou de cara com o excerto acima: um trailer especificamente específico para a demonstração jogável, que sai hoje para baixar nas redes Xbox Live e PlayStation Network – creio que a de PC também, mas não consegui apurar com 100% de certeza.

De noite quebro minha cara ou não na versão de PS3.

Trevas e luz contam historinha em novo trailer de Prince of Persia

Por Claudio Prandoni

Dou aqui continuidade à vigília ao iminente novo capítulo de Prince of Pesia. Desta vez, nada de papo furado cabeça. O novo trailer se dá ao trabalho de explicar um pouco o enredo e pano de fundo histórico da empreitada – assim como definir melhor a importância da mocinha mágica Elika e seu rústico companheiro nababesco principesco.

Aliás, aproveitando o ensejo e o tempo que você, amigo leitor, piedosamente carinhosamente me concede para falar aqui sobre a tentadora edição especial do jogo – sobre a qual ainda não dissertei. Em manobra inusitada, a edição especial será vendida unicamente em pré-venda e online – tal qual a Edição Galáctica de Spore, que no final já está populando várias prateleiras de lojas, fazer o que…

Tem mais: pelo que apurei só a loja gringa GameStop terá tal regalo e eles são cheios de burocracias com o Brasil, exigindo cópias via fax de cartões de crédito que eles não recebem e coisa e tal.

Enfim, chega de choro: além de ter uma capa bonitona, evidenciando a garra mágica que o principesco usará, a versão fresca virá também com os seguintes quitutes:

- CD com trilha sonora
– Caixa especial
– Artbook digital (logo menos não tarda a aparecer por aqui, pode ter ceteza)
– Mini guia de estratégia da Prima Guides
– Vídeo de making of do jogo

Um detalhe curiosamente curioso: a edição limitada ainda trará uma tal skin clássica para o príncipe. Seria visual do PoP original? Sands of Time? Por mim teria os dois!

Yie Ar Kung-Fu ~ Spelunker ~ Dig Dug (violino)

Por Alexei Barros

Distante dos clichês das performances amadoras (você sabe, Mario, Zelda, Final Fantasy…), uma dupla de violinistas que desconheço nome e procedência tocou músicas de três jogos que fizeram parte da minha infância (Spelunker menos), mas percebo que não são tão populares por aqui. E detalhe que quem fez a trilha do Yi Ar Kung-Fu foi a Miki Higashino, a mesma do Gradius.


RSS

Twitter

Procura-se

Categorias

Arquivos

Parceiros

bannerlateral_sfwebsite bannerlateral_gamehall bannerlateral_cej bannerlateral_girlsofwar bannerlateral_gamerbr bannerlateral_consolesonoro bannerlateral_zeebobrasil bannerlateral_snk-neofighters brawlalliance_banner_copy
hadoukeninenglish hadoukenenespanol hadoukenenfrancais hadoukeninitaliano hadoukenindeutscher hadoukenjapones

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.534 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: